A importância da água

Recurso necessário para a vida humana

A importância da água abrange tanto a disponibilidade desse recurso no Planeta Terra, quanto a forma como é distribuída e utilizada pela população. A água é um elemento fundamental para a sobrevivência de animais e vegetais, sendo o principal meio de vida dessas espécies.

No entanto, infelizmente, algumas pessoas ainda não se deram conta da importância da água. Talvez por estarem habituadas com a presença abundante desse recurso, muitas continuam poluindo os rios e destruindo as nascentes e esquecendo o quanto a água é essencial para a vida de todos.

Além de estar presente na formação do planeta e do corpo humano, é o principal elemento da produção de bens de consumo, uma vez que é usada tanto na produção agrícola quanto na produção industrial.

A importância da água para os seres humanos

No corpo humano, a água representa entre 60% e 70% do peso total. Ela é o principal componente das células, sendo as células dos músculos e das vísceras as que mais acumulam água.

Ela está relacionada com praticamente todas as funções exercidas pelo corpo, o que comprova a importância da água para a manutenção da vida. Ela realiza o transporte de substâncias (oxigênio, nutrientes e sais minerais) para as células e é responsável por quase todas as reações que acontecem no meio aquoso.

Um exemplo disso é a digestão, no qual a água faz parte de substâncias importantes, como é o caso do suco gástrico. Ela está presente nos fluidos das articulações para proteger os ossos do atrito e também no líquido amniótico, ajudando a proteger o feto de impactos externos ao longo da gestação.

Mesmo diante de tantas funções, o corpo humano não tem capacidade de estocar água e, por isso, esse líquido tão precioso precisa ser reposto através da hidratação. Para o bom funcionamento do organismo, os médicos recomendam que um indivíduo consuma entre dois e três litros de água por dia.

Depois que os nutrientes são absorvidos pelas células, a água ajuda a eliminar as substâncias tóxicas, desnecessárias ao corpo, por meio da urina.

A importância da água para o meio ambiente

De acordo com os estudos, cerca de 70% da superfície do planeta Terra é constituída por água. Desse percentual, o maior volume corresponde a água salgada e apenas 2,5% a doce. Além disso, cerca de 98 % dessa pequena porcentagem de água doce estão armazenados na forma de água subterrânea, como é o caso dos aquíferos.

Deste modo, é possível afirmar que a quantidade de água disponível para consumo é mínima diante da quantidade existente em todo o planeta. No meio ambiente, a água da chuva ajuda a equilibrar a vida da fauna e da flora.

A água alimenta o caule de plantas e árvores, além de servir para encher as represas, açudes, rios e lagos, que é de onde a água doce é retirada para hidratar os humanos e animais.

Antes de ser consumida pelos humanos, a água que vem dos rios e lagos fica armazenada em reservatórios de distribuição, onde passa por um tratamento específico para depois ser enviada aos grandes tanques e caixas d’água de casas e edifícios.

Água doce.
Estação de tratamento de água. (Foto: Flickr)

Uso da água no desenvolvimento econômico

A importância da água não se reflete apenas nos benefícios que ela traz para o corpo e ambiente, mas também no seu uso como importante elemento do desenvolvimento agrícola e industrial.

Na indústria é necessária para a fabricação de diversos produtos. Em alguns casos, inclusive, o seu uso chega ultrapassar a quantidade de volume produzido. Nesse setor está presente da produção até a limpeza das máquinas e ambiente.

Já na parte agrícola pode representar até 90% da composição física das plantas. Nos períodos de crescimento, a falta desse recurso pode causar um grande prejuízo com a destruição de lavouras e ecossistemas devidamente implantados.

Preservação da água

De toda a água própria para consumo, cerca de 10% é utilizada para o abastecimento do público, 23 % vai para as indústrias e a maior parte, aproximadamente 67% , vai para a produção agrícola.

Após o uso da água potável, o correto seria ela seguir para a rede de captação de esgotos para ser tratada e depois retornar para a natureza, entretanto, isso não é o que acontece em grande parte do mundo.

No Brasil, por exemplo, esse tipo de reaproveitamento não representa nem 40% das atitudes ambientais exercidas pelo país. Assim, grande porcentagem da água usada retorna ao ambiente e é despejada de forma irregular nos rios e mares.

Além disso, é importante alertar que alguns rios da região Amazônica e do Pantanal, como o rio Madeira e o rio Cuiabá, já apresentam contaminação por minérios provenientes de garimpo clandestino, a exemplo de mercúrio e metal, e também pelo uso incorreto de agrotóxicos nos campos de lavoura.

Para mudar essa situação, pequenas atitudes podem ajudar a reduzir os níveis de contaminação da nossa sagrada água. Entre elas:

  • Evitar jogar lixo nos mares e rios, recolhendo os resíduos quando for a praia;
  • Tentar usar sabões e detergentes biodegradáveis, que não poluem os rios;
  • Jamais despeje o óleo usado nas pias, pois um litro de óleo é capaz de contaminar 1 milhão de litros de água;
  • Evitar banhos demorados;
  • Evitar lavar carros com a mangueira aberta por muito tempo.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

MENDONÇA, Camila. A importância da água; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/a-importancia-da-agua >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 13:03.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Celoma

O Celoma tem origem do latim “cele” que significa “cavidade”. […]

Cavalo Marinho

O Cavalo Marinho é da espécie do Hippocampus, um gênero […]

Cavalo

O Cavalo é um animal mamífero que pertence a um […]

Caule

O Caule é o órgão que conduz as seivas das […]