A Queda da Bastilha

Derrubada da prisão realizada pelo povo francês

A Queda da Bastilha, também conhecida como a Tomada da Bastilha, foi a vitória do povo francês, em 14 de julho de 1789, diante da derrubada da grande prisão que existia na França.

A derrubada da prisão significou o triunfo do povo francês em relação ao absolutismo que ainda prevalecia na justiça francesa. Ter conseguido abater esse cárcere fez com que a população chegasse a um grande momento em sua história.

Esse período foi tão marcante para os franceses que até hoje eles comemoram o 14 de julho, sendo a data feriado em todo o país.

No momento, a sociedade estava composta por três Estados diferentes e os burgueses, junto com o povo, estavam localizados no último. Mesmo possuindo certo poder econômico, estavam totalmente fora da expressão política e não possuíam privilégios, como os pertencentes aos dois primeiros. 

A Queda da Bastilha

A bastilha, localizada em Paris, capital da França, era uma fortaleza e começou a ser construída no ano de 1370, na monarquia de Carlos V e sua conclusão foi em 1382. Era considerada um símbolo do antigo regime e sua tomada pelo povo parisiense fez com que uma revolução se espalhasse dentro daquele corpo social.

No século XV, a fortaleza foi modificada e se tornou uma prisão, onde eram guardados todos aqueles que iam de contra o Estado, tudo o que era proposto por ele, ou que simplesmente representasse uma ameaça para tal.

Nas décadas de 1770 e 1780, a sociedade francesa enfrentava uma grande crise, o que colaborou para que acontecesse a Queda da Bastilha.

Nessa época, a França possuía uma monarquia absolutista, na qual o monarca ou o rei tinha todo o poder. O governante, Luís XVI, era o que detinha todo o poder que existia naquela sociedade.

Cada vez mais as revoltas populares aumentavam no país e esse alastramento fez com que ocorressem muitas transformações sociais e políticas, um exemplo foi a queda do antigo regime.

A Bastilha

A bastilha, inicialmente chamada de Bastião de Saint-Antoine, foi construída em 1930 pelo monarca Carlos V da França e estava inserida no contexto da Guerra dos Cem Anos. Ela deveria fazer a proteção da entrada do bairro Santo Antônio, que se encontrava na capital francesa.

Depois de um tempo, já no século XV, deixou de ser uma fortaleza e se tornou uma grande prisão, onde eram colocados os intelectuais e nobres que discordavam, iam contra ou apresentavam algum tipo de ameaça para os políticos daquele lugar.

Antes de acontecer a Queda da Bastilha, alguns famosos e políticos foram presos no local, dentre eles:

  • Bassompierre: foi preso em 25 de Fevereiro de 1631 por conta de conspiração e prisão na bastilha.
  • Foucquet: nobre francês, foi preso por Luís XVI, em 1631, devido ao seu modo extravagante e estilo de vida pomposo.
  • Eustache Dauger: era o famoso homem da máscara de ferro e foi colocado na bastilha em 1669. Sua identidade sempre foi oculta e até hoje  é um mistério, pois desde sempre foi obrigado a utilizar a máscara no rosto.
  • Voltaire: foi um ferrenho defensor da reforma social e por diversas vezes atacou tanto a Igreja católica, quanto a política absolutista. Os seus pensamentos e ideais políticos fizeram com que fosse preso na bastilha.
  • Latude: famoso escritor francês, ficou por um longe período confinado na bastilha, fez várias passagens por ela, sempre achava um jeito de escapar, mas por vezes era captura e recolocado na prisão.

Motivos para a queda da bastilha

Dentre as causas que levaram ao acontecimento, as razões socioeconômicas estão totalmente implícitas nas raízes da questão. Existiam ainda problemas enfrentados pela França, que se deu por conta da participação do país na guerra pela  Independência dos Estados Unidos.

A revolta já estava presente até mesmo nos campos. Descontentes com tudo o que estavam enfrentando, fizeram com que a revolta aumentasse. Diante de todos esses fatores, a população francesa não conseguiu conter as insatisfações e então invadiu a bastilha. 

Consequências da Queda da Bastilha

População francesa lutando contra o absolutismo e ocasionando a Queda da Bastilha.
Povo francês ocasionando a Queda da Bastilha. (Foto: Wikipédia)

Depois que o terceiro Estado conseguiu mostrar a sua força, as mudanças começaram a acontecer na sociedade francesa: a burguesia e parte do primeiro Estado começaram a buscar alianças com o povo visando o seu apoio.

Em 1789, os Estados alinhados começaram a exigir a publicação de uma constituição, e essa além de limitar o poder de todos os monarcas, faria com que acabasse o absolutismo no país.

Posteriormente, com a revolução já radicalizada, ela passou por um grande momento de repressão, que também ficou conhecido como Período do Terror.

Os três Estados

Na época em que ocorreu a Queda da Bastilha, a sociedade francesa estava dividida em três grupos grandes, que eram mais conhecidos como Estados.

O primeiro Estado era representado pelo clero e todos aqueles que tinham alguma ligação com a Igreja. Cerca de 100 mil pessoas faziam parte e dentre eles estavam os padres, bispos, etcTodos os presentes estavam divididos em alto e baixo clero. Na parte alta encontravam-se os bispos, abades e cônicos, e na parte baixa estavam os sacerdotes pobres.

No segundo Estado estava a nobreza. Cerca de 400 mil pessoas integravam essa categoria e, assim como o clero, tinham vários privilégios, além de viverem nas custas do Estado e dos seus feudos. Estavam presentes o rei, sua família e os importantes que visitavam o seu palácio.

Na época existiam três tipos de nobreza: cortesão, os que moravam no palácio de Versalhes, provincial, que eram os ricos que moravam no interior, e a nobreza de Toga, que eram aquelas pessoas que compravam títulos de nobreza, cargos políticos e administrativos.

No terceiro Estado estava a população em geral, cerca de 95% do todo que constituía aquela sociedade, aproximadamente 22 milhões de pessoas responsáveis por sustentar o reino francês. Eles conseguiam obter poderes econômicos através do comércio e indústria e não possuíam direitos políticos, ascensão social e liberdade econômica.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Vinicius. A Queda da Bastilha; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/a-queda-da-bastilha >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 15:55.

Copiar referência

Outros Artigos de História

Ciclo do Pau-Brasil

O Ciclo do Pau-Brasil foi um período histórico da nação […]

Ciclo do ouro, um dos ciclos importantes do Brasil.

Ciclo do Ouro

O Ciclo do Ouro também era chamado de “ciclo da […]

Um dos ciclos econômicos do Brasil, foi o ciclo do café.

Ciclo do Café

O Ciclo do Café foi a atividade econômica mais importante […]

Ciclo do Algodão no Brasil

O Ciclo do Algodão no Brasil aconteceu entre a segunda […]