Adjetivos

Palavras que caracterizam um substantivo

Adjetivos são palavras responsáveis por caracterizar um outro termo como substantivos, pronomes, etc.

Eles geralmente atribuem qualidade, característica, aspecto ou estado. Sempre estarão acompanhados de uma outra palavra, pois, se estiverem sozinhos mudarão de classe de acordo com as regras da gramática.

Eles pertencem, na morfologia, à classe de palavras variáveis.  Mesclam de acordo com o gênero (masculino e feminino) e com o número (singular ou plural). Além disso, os adjetivos também se modificam conforme o grau: normal, comparativo e superlativo.

Tipos

Adjetivo simples

São simples quando formados por apenas um radical. Veja abaixo nos exemplos:

  • A pera é verde.
  • A menina é muito charmosa.
  • Meu pai está triste.
  • O pássaro é lindo.
  • Ela é atraente.
  • A mãe é inteligente.

Adjetivo composto

São compostos por mais de um radical. Confira nos exemplos:

  • Minha mãe é franco-brasileira.
  • Meu pai é afro-brasileiro.
  • Minha irmã é anglo-americana.
  • Meu tio é anglo-saxônico.
  • Que rapaz mal-educado!

Adjetivo primitivo

Quando o adjetivo é primitivo significa que ele não sofreu derivação alguma. Inclusive, os adjetivos derivados provém deles. Por exemplo:

  • A bolsa é azul.
  • Você é uma menina muito notável.

Adjetivo derivado

São formados a partir de outros radicais, isto é, são palavras que derivam de substantivos ou verbos. Confira nos exemplos:

  • A bolsa possui um tom azulado. (deriva de “azul”)
  • Você é uma menina notabilíssima. (deriva de “notável”)

Outros exemplos: alegremente (“alegre”), puramente (“puro”), amável (“amar”), infeliz (“feliz”), etc.

Adjetivo explicativo

Expressam características específicas do próprio ser. Veja:

  • Fogo quente.
  • Mar salgado.
  • Céu Azul.
  • Faca Afiada.
  • Neve Fria.

Adjetivo restritivo

É o contrário do explicativo, pois refere-se a características que não são próprias do ser, tornando-o único no grupo de referência. Confira:

  • Mulher brasileira.
  • Colher prateada.
  • Cantora paulista.
  • Criança inteligente.

De acordo com a flexão, os adjetivos se dividem em:

Gênero

Quanto ao gênero, eles podem ser uniformes e biformes. O primeiro refere-se a uma única forma para concordar tanto com o gênero masculino, quanto para o gênero feminino. Geralmente os adjetivos terminados em ‘e’, ‘z’, ‘m’ e ‘l’ são uniformes. Observe nos exemplos abaixo:

  • O homem é feliz.
  • A mulher é feliz.
  • Helena é uma menina feliz.
  • Paulo é um menino feliz.
  • A blusa é azul.
  • O casaco é azul.

Já o gênero biforme flexiona para concordar com o gênero que o qualifica, por apresentar duas formas distintas para o masculino e para o feminino. Veja:

  • O homem é bonito.
  • A mulher é bonita.
  • Maria é uma mulher divertida.
  • Paulo é um homem divertido.
  • A blusa é branca.
  • O casaco é branco.
Adjetivos
Os adjetivos são palavras variáveis que têm como função caracterizar os substantivos. (Foto: Shutterstock)

Número

Os adjetivos podem variar conforme o número, sinalizando singular ou plural.

A mesma regra para formar o plural dos adjetivos simples serve para a formação do plural dos substantivos: é acrescentar a letra ‘s’ ao final da palavra.

  • A banana madura.
  • As bananas maduras.
  • O homem chateado.
  • Os homens chateados.

A regra de formação do plural dos adjetivos compostos diz que somente o último termo varia em número, passando para o plural. Normalmente, esses elementos são ligados por hífen. Observe:

  • Meu primo é afro-brasileiro.
  • Minhas primas são afro-brasileiras.
  • Este estudante é mal-educado!
  • Estes estudantes são mal-educados!

Atenção para uma regra importante: o adjetivo composto é mantido em sua forma padrão quando formado por um substantivo no último elemento. Entenda:

  • O teto é amarelo-canário.
  • Os tetos são amarelo-canário.
  • O tecido é vermelho-sangue.
  • Os tecidos são vermelho-sangue.

Grau dos adjetivos

Em relação ao grau, os adjetivos podem ser: normal, comparativo ou superlativo. Ele indica as diferentes intensidades que o adjetivo pode atribuir a um substantivo.

Veja a diferença entre eles nos exemplos abaixo:

  • Grau Normal: Maria é inteligente.
  • Grau Comparativo de Igualdade: Ela é tão inteligente quanto ele.
  • Grau Comparativo de Superioridade: Ela é mais inteligente que ele.
  • Grau Comparativo de Inferioridade: Ele é menos inteligente que ela.
  • Grau Superlativo Relativo de Superioridade: Ela é a mais responsável das filhas.
  • Grau Superlativo Relativo de Inferioridade: Ela é a menos responsável das filhas.
  • Grau Superlativo Absoluto Analítico: Ela é muito inteligente.
  • Grau Superlativo Absoluto Sintético: Ela é inteligentíssima.

Adjetivos Pátrios

Também chamados de gentílicos, eles são utilizados para caracterizar pessoas ou coisas conforme suas origens. Eles estão diretamente ligados a nacionalidade (qual país se vive), e a naturalidade (qual cidade natal). Confira:

  • cearense;
  • paulista;
  • pernambucano;
  • baiano;
  • alemão;
  • russo;
  • francês;
  • americano;
  • nipo-brasileiro;
  • luso-brasileiro.

Ficou com alguma dúvida? Acessa o vídeo abaixo:

Locução Adjetiva

A locução adjetiva é o conjunto de duas ou mais palavras que aparecem no lugar de um adjetivo. A locução adjetiva, aparece, em geral, acompanhada por uma preposição (de, em, com, sem, etc).

  • Amor de mãe (amor materno)
  • Vento de outono (vento frio)
  • De criança (infantil)
  • De gelo (era glacial)
  • De terra (terrestre)
  • Sem escrúpulos (inescrupuloso)
  • Aves da noite (aves noturnas)
  • De ano (anual)
  • Evolução do homem (evolução humana)

Pronome adjetivo

São aqueles em que o pronome passa a assumir a função de adjetivo. Eles acompanham os substantivos e podem modificá-los. Assim como os substantivos, eles também variam em gênero e número. Exemplos:

  • Meu amigo é um companheiro de todas as horas, mas parece que o seu não é.
  • Este filme é muito bom.
  • Meu pai chegou hoje da Europa.
  • Suas dúvidas serão respondidas pela professora.
  • Aquelas estudantes passaram no exame com distinção.

Adjetivos adverbializados

São adjetivos que assumem o valor de advérbio e, por isso, são invariáveis. Eles substituem os advérbios terminados com o sufixo “mente” de forma que produzem um discurso mais rápido e enfático. Observe abaixo nos exemplos:

  • Terminou rápido a tarefa (Terminou rapidamente a tarefa).
  • Pedro foi direto ao diretor para conversar. (Pedro foi diretamente ao diretor para conversar).
  • Marcos foi devagar ao dentista. (Marcos foi vagarosamente ao dentista).

Exemplos de música que contém adjetivos

No último verso da música “Velha Infância”, da banda Tribalistas, os autores usam a expressão “velha infância” para caracterizar um período vivido quando criança.

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância

Em ‘Todo amor que houver nessa vida” do cantor e compositor Cazuza, o autor atribui ao amor a característica de ser tranquilo.

Eu quero a sorte de um amor tranquilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

MENDES, Maria. Adjetivos; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/adjetivos >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 01:18.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]