Adjetivos Biformes

Adjetivos que possuem duas formas distintas

Adjetivos biformes são aqueles que qualificam o substantivo levando em consideração o gênero empregado na palavra.

Os adjetivos, de forma geral, possuem algumas diferenças de acordo com o gênero, número e grau. Nesse tipo de flexão, como o adjetivo está ligado ao substantivo, o modo de formar os adjetivos femininos será igual ao de gerar os substantivos desse mesmo gênero.

Adjetivos biformes é um assunto dos livros de língua portuguesa.
Adjetivos biformes são os que possuem flexão, a depender do gênero. (Foto: Pixabay)

A maioria dos adjetivos estão condicionados à forma biforme, pois todos eles conseguem se apresentar de um jeito quando se trata da classificação do masculino e de uma outra, quando está ligado ao feminino.

Acompanhe os exemplos:

  • sermão bonito – fala bonita
  • texto proveitoso – tarde proveitosa
  • escrito pequeno – papelada pequena

É possível perceber, portanto, que os adjetivos biformes estão condicionados a assumirem o gênero que o substantivo está representando, e isso implica afirmar que do modo como os adjetivos femininos são formados, os substantivos também serão.

Regras gerais dos adjetivos biformes

Para serem caracterizados como adjetivos biformes, a palavra precisa possuir algumas particularidades e seguir determinadas normas básicas.

Acompanhe abaixo alguns exemplos de como acontecem as flexões nos adjetivos:

Acrescenta-se a vogal “a” nos adjetivos que possuem a terminação “u”, “ês” e “or”.

Exemplos:

  • condutor – condutora
  • cru – crua
  • freguês – freguesa
  • traidor – traidora
  • nu – nua
  • polonês – Polonesa
  • amador – amadora     

 Quando os adjetivos possuírem a terminação “o”, eles são substituídos pela vogal “a”.

Exemplos:

  • famoso – famosa
  • rápido – rápida
  • criativo – criativa
  • cheio – cheia
  • alto – alta
  • gostoso – gostosa

Os adjetivos que são terminados em “ão”, devem ter o final da palavra substituído por “ã”, “ona” e algumas outras poucas vezes por “oa”.

Exemplos:

  • cristão – cristã
  • brigão – brigona
  • beirão – beiroa
  • sabichão – sabichona
  • chorão – chorona
  • são – sã

Nos que possuem as terminações em “eu” e “éu”, tem a mudança feita por “eia” e “oa”.

Exemplos:

  • plebeu – plebeia
  • tabaréu – tabaroa
  • ateu – ateia 
  • europeu – europeia

Existem os adjetivos compostos que possuem sua formação através de dois adjetivos, mas somente a última palavra sofre a flexão.

Exemplos:

  • azul-claro – azul-clara
  • afro-americano – afro-americana

Existem alguns adjetivos biformes que não se enquadram em nenhuma regra já pré-estabelecida. Isso acontece pelo fato delas possuírem algumas formas já próprias e consistentes.

Exemplos:

  • mau – má
  • judeu – judia

É necessário ter atenção e perceber que existem algumas exceções que acontecem nessas regras e se aplicam a algumas outras palavras:

Nos adjetivos que possuem a terminação “dor” e “tor”, ocorre a mudança de sílabas para “triz”.

Exemplos:

  • motor – motriz
  • gerador – geratriz

Existem algumas palavras que possuem a sua terminação em “or” e que não possui nenhuma variação.

Exemplos:

  • anterior, posterior, inferior, superior, multicolor, incolor, melhor, pior, maior e menor.

A palavra “hindu”, que é um adjetivo terminado em “u”, não possui nenhum tipo de flexão.

Assim como o exemplo acima, o adjetivo “cortês”, que tem sua terminação em “ês”, não possui variação.

Abaixo, mais exemplos de adjetivos biformes e suas aplicações dentro de frases:

  • Esse inhame está cru. – Essa comida está crua.
  • O garoto do lado é um chorão. – A garota de rosa é uma chorona.
  • Por tudo que já viveu, ele afirma ser ateu. – Ela desistiu e diz ser ateia.
  • Ele deseja ser cantor de rap. – Desde criança ela sonha em ser cantora.
  • Ele está são. – Ela não faria isso em consciência.
  • Marcos é um amigo muito querido. – Juliana é a mais querida da família.
  • Clara é  muito indelicada. – Antônio é muito indelicado.
  • Antônio é baixo. – Clara é baixa.

Adjetivos biformes x Adjetivos uniformes

Os adjetivos uniformes têm a definição oposta a dos adjetivos biformes. Os uniformes correspondem àquelas palavras que não possuem flexão quanto ao gênero, ou seja, ela é a mesma tanto no masculino quanto no feminino.

Comumente os adjetivos uniformes têm suas terminações em “e”, “z”, “m” e “l”.

Exemplos:

  • Mulher gentil. – Homem gentil.
  • Aquela garota é muito inteligente. – O rapaz de azul é o mais inteligente.
  • Marcos é muito feliz. – Joana é a mais feliz da sala.
  • O livro daquele escrito é ruim. – Aquela escritora é ruim.
  • A filha dele é alegre. – O filho de João é alegre.

Quando se trata dos adjetivos femininos compostos, o modo correto de aplicação é que a primeira palavra esteja no masculino e a segunda se apresente no feminino.

Adiante encontram-se alguns exemplos:

  • mulher luso-brasileira
  • intervenção médico-cirúrgica
  • cidadã hispano-lusitana

Dentro desses exemplos de palavras compostas, existe uma palavra que é exceção:

  • Garota surda-muda

Nas duas palavras que a constitui, ela se encontra no gênero feminino, sem ocorrer nenhuma flexão.

Outras flexões dos adjetivos

Como visto acima, os adjetivos biformes são as palavras que sofrem alteração a depender do gênero do substantivo, mas existem outros dois tipos flexões: número e grau.

Quando a flexão está relacionada com os números, os adjetivos podem ficar no singular ou no plural.

Exemplos:

  • azul – azuis
  • bonito – bonitos
  • luz – luzes
  • viagem – viagens
  • cidadão – cidadãos
  • cor – cores
  • boneca – bonecas

Já os adjetivos que são flexionados quanto ao grau, podem ser classificados como comparativos ou superlativos.

Exemplos:

  • Carlos é tão carinhoso quanto a mãe. (comparativo)
  • Essa roupa é novíssima. (superlativo)
  • Karina é demasiadamente atenciosa. (superlativo)
  • Esse sapato foi caríssimo. (superlativo)

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Vinicius. Adjetivos Biformes; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/adjetivos-biformes >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 20:54.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]