Agentes do relevo

Responsáveis por moldar as formas ou tipos de superfícies

Os agentes do relevo são ações que determinam e moldam os diferentes tipos de superfície do planeta Terra. O relevo é formado por ações da natureza que são classificadas de forças endógenas, as formadoras; e forças exógenas, as modeladoras.

O relevo é a camada sólida da Terra, a parte superficial da litosfera. Nessa camada as mudanças geológicas podem ser vistas mais nitidamente, sendo também o local onde habitam os seres humanos e grande parte dos animais terrestres.

Podemos classificar o relevo como um grupo de formas físicas que constituem a superfície da Terra.

Tipos de agentes do relevo

Os agentes do relevo podem ser classificados de duas formas:

Agentes Internos

Os agentes internos também são classificados de agentes endógenos. Esse processo estrutural atua de dentro para fora da Terra: tectonismo – movimentação das placas tectônicas – vulcanismo – erupções vulcânicas – e abalos sísmicos – terremotos.

Agentes Externos

Os agentes externos também são classificados de agentes exógenos. Esse processo estrutural ocorre externamente, alterando a paisagem.  A ação dos seres humanos, dos ventos, das chuvas, das águas – rios, mares, oceanos – da neve, das geleiras e da temperatura são alguns exemplos de agentes do relevo externo.

Principais tipos de relevo

Conheça a seguir os principais tipos de relevo existentes no planeta.

Planícies

Na maioria das vezes, as planícies possuem paisagens planas, pouco acidentadas e situadas em locais com baixa altitude, sendo normalmente localizadas próximas ao nível do mar.

Uma planície pode ser classificada em três tipos:

Aluviais: nesse tipo os sedimentos são levados pelos rios, dando origem à planície aluvial ou fluvial;

Costeiras: os sedimentos são carregados por águas marinhas, dando origem à planície costeira ou marinha;

Lacustres: é formada quando ocorre soterramento de um lago.

Planaltos

Relativamente planas, os planaltos ficam situados em locais de altitude elevada. Normalmente ficam localizadas acima do nível do mar e são limitados em um dos lados por uma superfície rebaixada.

Os planaltos são classificados de acordo com a sua formação rochosa. Conheça a seguir:

Planaltos sedimentares: constituídos por rochas sedimentares, o que provocou a elevação das regiões de bacias sedimentares por causa dos agentes do relevo endógenos. O tectonismo é um exemplo.

Planaltos cristalinos: constituído por rochas ígneas intrusivas e metamórficas, são formados pelo desgaste de montanhas por meio de agentes do relevo exógenos. São exemplos: ação da água e dos ventos.

Planaltos basálticos: constituídos por rochas ígneas extrusivas, são gerados pelas erupções vulcânicas e consequente solidificação do magma na superfície.

Montanhas

As montanhas são um dos tipos de relevo marcados pela grande altitude. Possuem encostas íngremes, paisagens acidentadas e, na maioria das vezes, têm vales profundos, localizando-se normalmente em áreas de grande atividade tectônica e vulcânica.

As montanhas foram formadas ao longo de milhões de anos e são criadas de duas formas: através do movimento de placas tectônicas ou por meio do vulcanismo. Nesse caso, são classificadas de montanhas vulcânicas.

Maiores montanhas do mundo:

  • Monte Everest – Ásia – 8.848 m
  • Aconcágua – América do Sul – 6.960 m
  • Kilimanjaro – África – 5.892 m

Depressões

As depressões são caracterizadas por estarem rebaixadas em relação às áreas que as limitam, podendo ser encontradas em regiões abaixo do nível do mar.

Mesmo com a superfície plana, apresentam irregularidades, sendo bastante acidentadas e com inclinações. Esse tipo de paisagem é moldada através dos agentes do relevo.

As depressões são classificadas de acordo com sua localização:

Periféricas: estão localizadas em regiões de contato entre bacias sedimentares e núcleos cristalinos. A maioria  possue formato alongado. Exemplo: Depressão Periférica Paulista, no estado de São Paulo.

Marginais: ficam em áreas de origem sedimentar. Exemplo: Depressão Sul-Amazônica.

Interplanálticas: ficam localizadas em altitudes mais baixas que os planaltos que estão ao seu redor. Exemplo: Depressão Sertaneja e do São Francisco.

Entendendo alguns agentes do relevo

Conheça alguns detalhes de dois agentes do relevo interno:

Vulcanismo

No vulcanismo os materiais do interior da Terra conseguem alcançar a superfície. Esses materiais chegam à superfície através de uma abertura por onde ocorre a erupção vulcânica.

O relevo formado pelo vulcanismo é marcado por não ter relação com a estrutura do terreno onde se situa e por se constituir rapidamente.

O Círculo de Fogo do Pacífico, que vai desde o Alasca até o Chile e da costa oriental da Ásia até a Nova Zelândia, é uma das regiões do planeta com maior concentração de vulcões.

Vulcão é um dos agentes do relevo
Vulcão Kilauea. (Foto: Pixabay)

Tectonismo

O tectonismo é o mais lento dos agentes do elevo interno. Ele é o que promove as maiores modificações na paisagem. Esse agente do relevo aparece através de pressões vindas do interior do planeta. As pressões interferem na superfície do planeta no sentido vertical e no sentido horizontal.

As pressões verticais são chamadas de falhas ou fraturas. As falhas são provocadas quando as rochas recebem uma força maior que sua resistência, causando o desnivelamento do solo, com elevações e rebaixamentos.

Já as pressões horizontais são chamadas de dobras. Esse movimento ocorre lentamente e acontece com rochas sedimentares, normalmente menos resistentes.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Agentes do relevo; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/agentes-do-relevo >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 17:51.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As águas do mar de Bering são extremamentes geladas.

Mar de Bering

O Mar de Bering tem um formato triangular e fica […]

Capitalismo Informacional

O Capitalismo Informacional teve o seu conceito apresentado na obra […]

O canal do Panamá liga o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico.

Canal do Panamá

O Canal do Panamá situado no Panamá, país mais meridional […]

O canal de Suez é uma importante hidrovia para a região do Egito.

Canal de Suez

O Canal de Suez é uma via navegável, artificial e […]