Agricultura Orgânica

Confira a definição e as características desse formato de produção

A agricultura orgânica é um termo que foi elaborado pelo agrônomo e botânico Sir. Albert Howard. Ele é considerado o pai da agricultura orgânica, após ter feito diversas críticas, entre os anos de 1925 e 1930, acerca do modelo de gestão da agricultura da época, que degradava o meio ambiente, com utilização de agrotóxicos, entre outras coisas.

A produção orgânica é definida como sendo um processo que possui o comprometimento com a qualidade dos alimentos, com o intuito de garantir mais saúde para as pessoas, através do uso de tecnologias apropriadas à realidade do local de produção.

A definição comum de agricultura orgânica é aquela capaz de produzir produtos sem agrotóxicos sintéticos, fertilizante mineral solúvel. Esse tipo de produção possui alguns princípios que são:

  • Reciclagem de nutrientes
  • Equilíbrio Ecológico
  • Teoria da Trofobiose
  • Diversificação

Os objetivos da agricultura orgânica são promover uma sustentabilidade econômica e ecológica, maximizando os benefícios sociais, minimizando a utilização de energia não-renovável, além de empregar, sempre que possível, métodos culturais, biológicos e mecânicos em sua produção.

Agricultura orgânica
A agricultura orgânica, na maioria das vezes, é produzida por pequenos e médios agricultores. (Foto: Wikipedia)

Característica da agricultura orgânica

Sempre com o foco na sustentabilidade, o método de produção orgânica requer a manutenção e a restauração da biodiversidade. Além disso, são benefícios proporcionados pela agricultura orgânica:

  • Conservação e fertilidade dos tipos de solo, garantindo o equilíbrio ambiental;
  • Diminuição dos impactos da contaminação no meio ambiente;
  • Otimização no uso de recursos naturais;
  • Valorização dos alimentos produzidos organicamente;
  • Ausência do uso de agrotóxicos.

Apesar de ser um modelo aparentemente favorável para a sociedade, ele oferece vantagens e desvantagens.

Vantagens

  • Preservação dos recursos naturais;
  • Produção de alimentos saudáveis e de maior qualidade;
  • Sustentabilidade e baixo impacto ambiental;
  • Manutenção da biodiversidade;
  • Uso de adubos naturais (compostagem, minhocultura, etc.);
  • Solo saudável e rico em nutrientes;
  • Utilização de energias renováveis.

Desvantagens

  • A quantidade da produção é menor do que a agricultura tradicional;
  • Impacto ambiental com o uso de pesticidas e agrotóxicos de origem orgânica;
  • Os produtos possuem um valor mais alto que o outros tipos produzidos pela agricultura convencional.

Agricultura convencional X Agricultura orgânica

A agricultura convencional é a base de todas as grandes culturas. Ela é composta por práticas que possibilitam uma agricultura em larga escala, de alta produção, que atende principalmente a indústria. No geral, quando se fala em agricultura tradicional, refere-se a grandes áreas dedicadas a monocultura.

Nessas grandes propriedades, os defensivos químicos são utilizados no controle de pragas, bem como para garantir a alta produtividade da lavoura. Geralmente são utilizados produtos extremamente tóxicos, que muitas vezes não são aplicados de maneira correta.

Os agrotóxicos comprometem a qualidade dos alimentos produzidos, a vida dos trabalhadores que atuam nessas grandes produções, o meio ambiente e a saúde de milhares de consumidores que utilizam esses produtos como base da sua alimentação.

O uso indiscriminado desses produtos químicos na lavoura provoca contaminação do solo, das águas, dos lenções freáticos e rios.

Passando para a agricultura orgânica, é possível visualizar um cenário completamente deferente do descrito anteriormente. Os produtos orgânicos nascem a partir do esforço de proprietários rurais de pequeno e médio porte, que tomam como base o respeito a natureza, visando uma produção consciente e natural. Toda a ação feita na lavoura é feita com produtos e técnicas naturais.

Os produtos possuem uma resistência muito maior, além de possuírem um sabor mais acentuado.

Para definir melhor a diferença entre ambas as formas de produção, confira a tabela abaixo com as principais características das duas formas agrícola.

Características Convencional Orgânica
Preparo de solo Aração e gradagens (movimentação de solo é grande e intensiva – exceção para o plantio direto) Solo tratado como um organismo vivo. Busca-se menor revolvimento do solo.
Adubação Uso de doses elevadas de adubos químicos altamente solúveis Uso de adubos orgânicos
Controle de pragas e doenças Uso de produtos químicos (inseticidas e fungicidas) À base de medidas preventivas e produtos naturais
Controle de ervas O mato é considerado uma erva daninha. Uso de controle químico com herbicidas, na maioria dos casos O mato é considerado um aliado. O controle é preventivo, manual e mecânico
Sintomas ao Meio Ambiente Poluição das águas e degradação do solo (elementos químicos residuais) Preservação do solo e das fontes de água

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Campinas, durante a década de 1990, o Brasil cresceu cerca de 50% na produção de produtos orgânicos. Atualmente, o país é o segundo maior produtor do mundo, com cerca de 70% da sua produção voltada para o mercado exterior.

Além disso, agricultura orgânica é usada como principal forma de produção em aproximadamente 120 países do mundo.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

BARBOSA, Elson. Agricultura Orgânica; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/agricultura-organica >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 21:12.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]