Amazônia

Maior floresta tropical do planeta

A Amazônia é um dos principais biomas do mundo, sendo o maior do Brasil. Em termos numéricos, ocupa mais de 6 milhões de Km² e engloba nove países da América do Sul. Entre eles estão a Bolívia, a Venezuela e a Colômbia.

Um terço de toda madeira do mundo vem da Amazônia. Além disso, dos 100 mil tipos de plantas que crescem todos os anos nos países do sul, 30 mil estão nesse território. As fontes de borracha, castanha e minério também fazem parte desse universo verde.

Como ela é a maior floresta tropical do mundo, as formas de conservação e preservação da cultura local são temas de inúmeras discussões e acordos internacionais, principalmente no quesito de regularização do clima global.

Vegetação

Apesar dos solos da Floresta Amazônica serem considerados inférteis, a sua vegetação é composta por árvores de grande porte e densas. Isso acontece porque o adubo orgânico produzido pela decomposição das plantas, animais e frutas é rico em nutrientes e rapidamente absorvidos pelas raízes. 

Mesmo com toda essa biodiversidade, ela é basicamente dividida em 3 tipos: matas de igapó, as de terra firme e de várzea.

As matas de igapó ficam inundadas pelas constantes chuvas e por estarem em áreas mais baixas, com isso a vegetação precisa ser resistente à umidade. As bromélias e orquídeas são exemplos de plantas presentes nessa mata.

Vegetação da Amazônia
Vitórias-régias, outro tipo de planta das matas de igapó (Foto: Wikipédia)

As de terra firme são aquelas que estão próximas aos rios, mas não sofrem inundações. As árvores são de grande porte e servem de matéria- prima para o extrativismo, sendo as principais espécies a castanheira e o guaraná.

Já as matas de várzea também são encontradas perto de rios, mas sofrem inundações periódicas. Os solos são os mais férteis, pois no ciclo de cheias as águas dos rios deixam resíduos. A seringueira, o jatobá e a andiroba pertencem a esse tipo de cobertura vegetal.

Clima                                                             

A proximidade com a linha do Equador influencia diretamente no clima da região. O bioma da Amazônia apresenta clima equatorial (elevadas temperaturas e umidade do ar). 

Esta zona recebe forte incidência de raios solares, por isso o clima é quente e úmido. As estações do ano não são bem definidas, pois as temperaturas são elevadas durante praticamente todo os meses, fora a quantidade de evaporação, o que resulta no aumento da umidade do ar.  

No período de verão, as temperaturas chegam a alcançar 35°C durante o dia.  Já no inverno, 18°C à noite. A umidade do ar passa dos 80% e os índices de chuva são eminentes.

Hidrografia

O Rio Amazonas, o maior do mundo no quesito volume de água e extensão, nasce no Peru – Cordilheira dos Andes – e percorre até o Oceano Atlântico, junto ao rio Tocantins.  

Esse rio possui cerca de 1100 afluentes, construindo a maior bacia hidrográfica do mundo, a amazônica.  Estende-se por vários estados brasileiros, como Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Pará, Amapá e Mato Grosso. 

Um dos grandes diferenciais do rio Amazonas é a presença de afluentes nos seus dois lados. Na margem direita os mais conhecidos são o Tapajós e Xingu. Já na esquerda o Negro e Solimões, que percorrem 6 km lado a lado antes de se misturarem.

Relevo

O relevo da Amazônia é composto por planícies que sofrem inundações, planaltos ao leste e depressões em maior parte da região. As altitudes não passam de 200 metros, exceto o Pico da Neblina, o ponto mais alto do Brasil.

O relevo amazônico é dividido das seguintes formas:

  • Planalto da Amazônia Oriental
  • Planaltos residuais Norte Amazônicos
  • Depressão da Amazônia Ocidental
  • Depressão Marginal Norte Amazônica
  • Depressão Marginal Sul Amazônica
  • Planície do Rio Amazonas

Fauna

A Amazônia é tida como o maior polo de biodiversidade do planeta, abrigando inúmeras espécies de animais e plantas (800 mil a 30 milhões), sendo que muitas ainda não foram descobertas.

O Rio Amazonas, por exemplo, possui o maior peixe de água doce do mundo, o pirarucu. Essa espécie chega a pesar 200 quilos e 3 metros de comprimento.  O número de aves (tucanos, araras, garças, entre outras) catalogadas até hoje é de aproximadamente 1.200. 

Além desses, 420 espécies de mamíferos habitam toda a região. A expansão do agronegócio tem colocado em risco a reprodução das onças-pintadas, peixes-bois e tamanduás. 

Apesar dos muitos problemas ambientais enfrentados pela Amazônia, ela ainda consegue ser habitat de variados seres:

  • Ariranha
  • Boto cor-de-rosa
  • Cachorro-vinagre
  • Enguias
  • Gato-maracajá
  • Porco-do-mato
  • Piranha
  • Jacaretinga
  • Jararaca-cinza
  • Jacaré-açu
  • Macaco-aranha-de-cara-branca
  • Sucuri
  • Suçuarana
  • Surucucu 

Curiosidades

  • Cientistas afirmam que menos de 0,5% das plantas amazônicas foram estudadas, principalmente na parte medicinal.
  • O Rio Amazonas oferece quase um quinto de água doce para os oceanos do mundo.
  • Uma árvore amazônica de 10 metros pode transmitir para a atmosfera 300 litros de água em forma de vapor por dia, mais que o dobro da água utilizada por um homem diariamente.
  • Estima-se que 65% da Amazônia corre o risco de se converter em savanas durante os próximos 50 anos.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

SANTOS, Thamires. Amazônia; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/amazonia >. Acesso em 18 de novembro de 2019 às 18:22.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]