Anabolismo e Catabolismo

Processos bioquímicos do corpo humano

Anabolismo e catabolismo são reações bioquímicas que acontecem no corpo humano. Elas fazem parte do metabolismo e têm funções opostas.

Basicamente, o anabolismo é o processo construtivo do tecido muscular, enquanto o catabolismo configura-se como a quebra de moléculas no intuito de fornecer energia para o corpo.

As funções são desencadeadas de acordo com exercícios físicos, períodos de sono, alimentação, entre outros fatores. Anabolismo e catabolismo não são processos unicamente humanos, sendo visto nos animais e até na fotossíntese das plantas.

O metabolismo

Antes de entender as definições de anabolismo e catabolismo, vamos entender um termo que define boa parte da regulação do corpo humano: o metabolismo. Recebe o nome de metabolismo toda reação bioquímica que ocorre no corpo humano e nas células que o compõe. A termo deriva do grego metabolismos, que quer dizer “mudança”.

O termo metabolismo celular é designado para o conjunto de reações químicas nos quais acontecem as sínteses, ou seja, o processo de obtenção de substâncias pelas células e a degradação ou separação dos nutrientes. Esses processos são responsáveis pelo crescimento e reprodução das células.

O metabolismo pode ser dividido em dois grupos, que são chamados de anabolismo (reações anabólicas) e catabolismo (reações de síntese). Vamos ver um pouco como acontecem os processos de anabolismo e catabolismo e para que servem.

Anabolismo

O processo de anabolismo pode ser entendido como a fase metabólica da reconstrução do tecido muscular. Por conta disso, essa etapa também pode ser chamada de metabolismo construtivo conversão de moléculas simples em outras mais complexas.

No ser humano pode ser visto, principalmente, quando há a prática de exercícios físicos ou ingestão de alimentos ricos em proteínas. Em plantas, a fotossíntese é um exemplo de quando pode ocorrer o anabolismo.

Na prática de exercícios, a fase anabólica é extremamente importante para a reconstrução do tecido danificado. É ainda nessa fase que acontece o ganho de massa muscular ou massa magra.

O anabolismo é ainda o processo responsável por transformar as proteínas que são consumidas em aminoácidos. A prática de exercícios faz com que esse processo gere crescimento do tecido muscular.

Além da alimentação e dos exercícios, o anabolismo pode ser estimulado por outros fatores, como o sono regular. O processo de anabolismo envolve vários tipos de hormônios. Alguns deles são o estrogênio, a insulina, o hormônio do crescimento, os esteroides e a testosterona.

Pessoa praticando exercício físico, o que pode gerar anabolismo e catabolismo.
Anabolismo e catabolismo são processos químicos do corpo humano. (Foto: Pixabay)

Catabolismo

O catabolismo, também chamado de metacatabolismo, é o procedimento metabólico no qual acontece a degradação de moléculas com a intenção de obter energia. Essa etapa decompõe as moléculas mais complexas e forma moléculas mais simples.

O processo de catabolismo como liberador de energia é de extrema importância para o corpo humano. Ele ajuda em questões como o controle dos batimentos cardíacos e equilíbrio da temperatura do corpo.

No processo de digestão, o catabolismo ajuda na divisão dos componentes ingeridos, ajudando na obtenção das proteínas pelo corpo.

O catabolismo não é bom para o ganho de massa muscular, por conta disso, o processo é evitado por pessoas que praticam atividades físicas e que têm a intenção de ter ganhos de massa.

Alguns dos fatores que podem resultar no processo são: consumo de bebidas alcoólicas, sonos irregulares, prática de atividades físicas desgastantes e longas e alimentação inadequada. O catabolismo envolve alguns hormônios, como o cortisol, a adrenalina, a citosina e o glucagon.

Anabolismo e catabolismo

Os dois processos, anabolismo e catabolismo, fazem parte do metabolismo do corpo humano. Podem ser vistos ainda na vida animal e até na fotossíntese das plantas.

Como já dito, define-se como anabolismo o consumo de energia, enquanto o catabolismo é a produção dessa mesma energia.  

Uma outra forma de diferenciar os processos de anabolismo e catabolismo é a seguinte: o primeiro é visto como uma fase do metabolismo construtiva, já o segundo como uma fase destrutiva.

No decorrer dos exercícios físicos, o anabolismo tende a aumentar a massa muscular ou massa magra. Os exercícios que têm essa função são chamados de anaeróbicos.

Já os exercícios físicos que fazem o catabolismo provocam a queima de gorduras e calorias. Isso faz com que seja gerado energia para o corpo. Os exercícios que têm a intenção de ativar o catabolismo são chamados de aeróbicos.

A melhor fase para o anabolismo acontecer são os períodos de sono, principalmente os regulares. Por outro lado, o catabolismo é melhor ativado em atividades físicas, as atividades aeróbicas.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Fernandes, Ruan. Anabolismo e Catabolismo; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/anabolismo-e-catabolismo >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 22:13.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Celoma

O Celoma tem origem do latim “cele” que significa “cavidade”. […]

Cavalo Marinho

O Cavalo Marinho é da espécie do Hippocampus, um gênero […]

Cavalo

O Cavalo é um animal mamífero que pertence a um […]

Caule

O Caule é o órgão que conduz as seivas das […]