Anatomia Humana

Conheça mais sobre Anatomia, termos científicos e suas características

A Anatomia Humana é a área da biologia que estuda a estrutura e organização dos seres multicelulares. Essa ciência é dividida em anatomia macroscópica e anatomia microscópica.

A anatomia humana macroscópica, também chamada de topográfica, estuda as estruturas que podem ser vistas a olho nu. A anatomia humana microscópica, como o nome já diz, necessita de recursos visuais (aparelho).

O corpo humano é um conjunto de órgãos que trabalham de forma interligada, sem parar. Dividido em sistemas, a anatomia consegue identificar através do código genético, além de fatores como tempo e ambiente, possíveis alterações nas células que podem ocorrer em doenças e alterações tanto em crianças como adultos.

História da Anatomia Humana

O estudo acerca da anatomia humana é datado desde 500 A.C, na cidade de Alcméon, sul da Itália. Lá se realizava a técnica da dissecação em animais, forma rudimentar da época para promover dados mais assertivos da ciência humana.

Embora tenha tido avanço nos estudos da análise do corpo humano no século II a.c, no ano de 150 a.c, a ciência foi proibida de ser realizada por fatores éticos e, principalmente religiosos, que não aceitavam esse tipo de pesquisa.

Ainda assim as dissecações da anatomia humana foram feitas ao longo do período antigo, vindo a ser exposto em ilustrações primitivas e pouco realistas no século quinze. Um dos grandes artistas renomados do Renascimento, Leonardo da Vinci, também contribuiu com seus desenhos sobre o corpo humano elaborados durante 15 anos.

Demorou algum tempo até que os estudos feitos da anatomia humana se consolidassem. Falta de dados específicos, informações desencontradas além de divergência de opiniões dificultaram os diagnósticos em relação à ciência.

Foi por volta do século XVIII que aconteceram surpreendentes descobertas no ramo da anatomia e da fisiologia humana. Cientista da época, Francis Glisson, mostrou em detalhes os órgãos do fígado, estômago e o intestino. Além dele, outros nomes revelavam os avanços da anatomia humana:

  • Thomas Wharton
  • Niels Steenson
  • Gasparo Aselli
  • Robert Hook
  • Richard Lower
  • John Mayow
  • Thomas Willis
  • Berengario da Carpi
  • Bartolomeu Eustáquio
  • William Harvey

Com o progresso da tecnologia, o que antes era observado apenas a olho nu, hoje, dispõe de dispositivos inovadores. Aparelhos como ultrassom, raio x, ressonância magnética, cintilografia têm a função de mapear e investigar a anatomia humana.

Divisões da Anatomia Humana

Como falado acima a anatomia pode ser macroscópica (estudo dos sistemas capazes de ver a olho nu, com ou sem recursos tecnológicos) ou microscópica (através de microscópio).

Por ser uma ciência especializada, existem médicos que estudam determinadas regiões da estrutura física interna e externa do ser humano. Seria limitado o profissional de medicina cuidar de forma genérica de todos os nossos órgãos, por isso são especializados em cada parte como, por exemplo, neurologista, cardiologista, ortopedista, dermatologista, dentre outras.

Para entender melhor a anatomia humana, o estudo divide, ainda, em planos anatômicos e eixos anatômicos. 

Posição Anatômica

Para prevenir o uso de termos errôneos na ciência da anatomia humana, os especialistas adotaram uma posição de referência padrão. Isso pode ser explicado pela forma de andar, postura ou mesmo a relação entre uma e outra área do corpo.

O ser humano deve estar ereto (ortostática), em pé, com os membros superiores estendidos ao lado do tronco e as palmas das mãos voltadas para a frente. Cabeça e pés também apontados para frente e o olhar para o horizonte.

Posição da anatomia humana
Corpo humano na referência de posição anatômica. (Foto: Wikipedia)

Planos Anatômicos

É como o corpo está disposto no plano espacial. Ele pode ser cortado de diferentes formas e assim ser denominado de:

  • Plano frontal: quando o corpo está na vertical, dividido pela metade, perpassando pela sutura coronal do crânio.
  • Plano Sagital: corta o corpo perpendicular na parte direita e esquerda, cruzando a sutura do crânio, próximo da testa. O corte feito perfeitamente no meio do corpo é chamado plano mediano.
  • Plano Transversal: também chamado de plano horizontal. Nele, o corte é feito de forma horizontal. O corpo fica dividido em partes superior e inferior.

Além desses, temos os planos tangenciais:

  • Plano Superior: é o corte que está por cima da cabeça.
  • Plano Inferior: é o que se situa por baixo dos pés.
  • Plano Anterior: corte que passa pela frente do corpo.
  • Plano Posterior: corte atrás das costas.
  • Planos Laterais: são duas paredes laterais, que limitam os membros (superiores e inferiores), do lado direito e esquerdo.

Eixos da anatomia humana

Diferente dos planos anatômicos que estudam os cortes parados, diz-se que eixos anatômicos são os movimentos do corpo humano.

Nesse caso, os eixos são linhas imaginárias fixas que cortam os planos do corpo verticalmente para propor movimentação.

Vale salientar que o estudo é feito de acordo com planos e eixos que permitam graus de movimentos amplos, tendo como base o ombro, por exemplo. São eles:

  • Eixo Látero-Lateral:  posiciona-se o corpo de forma vertical e estende-se o braço para frente com o olhar no horizonte. Esse eixo também pode ser chamado de eixo transversal ou horizontal. Tem-se movimentos de flexão e extensão nesse método. 
  • Eixo Ântero-Posterior: é uma linha imaginária que corta o corpo no sentido anterior para o posterior, ou seja, da frente do corpo para as costas ou o inverso.
  • Adução: é quando o corpo está reto de forma vertical. 
  • Abdução: é quando o corpo está reto de forma vertical elevando o braço de frente para trás do corpo. 
  • Eixo crânio-caudal: é um eixo imaginário que utiliza a articulação superior, a região de cima até o plano inferior, a região de baixo. Neste plano você tem movimentos rotacionais do corpo. Quando se diz cranial e caudal, o caudal quer dizer somente inferior (próximo dos pés).
Eixos da anatomia humana
Eixos anatômicos do corpo humano cortados pelas linhas imaginárias.(Foto: Google)

Dica para estudar em casa

Posicione o corpo em pé e veja quais articulações do corpo conseguem se movimentar em diferentes eixos. Um exemplo: fique de pé, movimente os ombros, que por sua vez é uma articulação triplanar – consegue rotacionar nos três eixos anatômicos. Faça o teste com outras articulações e veja qual delas possui movimentos de um, dois ou três planos. Veja como será mais fácil ainda entender o estudo da anatomia do corpo.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

MENDES, Maria. Anatomia Humana; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/anatomia-humana >. Acesso em 06 de dezembro de 2019 às 19:02.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

O carvão mineral é uma fonte de energia não renovável.

Carvão Mineral

O Carvão Mineral é um tipo de combustível fóssil e […]

O corpo humano possui muitos pontos com cartilagem.

Cartilagem

A Cartilagem também chamada de tecido cartilaginoso, é um tecido […]

A carta da Terra tem o objetivo de socorrer e salvar o planeta Terra.

Carta da Terra

A Carta da Terra é um documento de declaração dos […]

Pseudoceros Dimidiatus é um dos platelmintos.

Platelmintos

Os Platelmintos são animais invertebrados, que possuem o corpo achatado […]