Animais da Amazônia

Fauna com média de 2,5 milhões de espécies

A diversidade dos animais da Amazônia é muito ampla. Nesse grande ecossistema rico em pluralidade, estão desde os insetos por toda floresta até as lindas borboletas, os roedores, os quadrúpedes, os que se rastejam, etc.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, os rios que integram a Floresta Amazônica concentram 85% das espécies de peixes da América do Sul. Em números esse valor chega a 3 mil espécies. 

Dentre os animais da Amazônia, os insetos compõem a maior parte da fauna. Eles são milhões entre formigas, besouros, vespas e mariposas. Ao contrário do que acontece no espaço urbano, onde esses animais são exterminados por causarem incomodo, na floresta exercem grande papel na polinização das plantas.

Animais da Amazônia

Como já dito, os animais da Amazônia somam uma grande variedade. Segue a lista dos mais populares, com descrição e orientação sobre qual grupo pertencem no reino animal.

Anfíbios

Os anfíbios são animais que flutuam sobre a água e terra. São vertebrados e a maior característica é a umidade da pele. Estão entre os anfíbios os sapos, rãs e pererecas. 

O sapo-venoso-amazônico, diferente da maioria dos sapos, tem aspecto metálico, cor amarelada que pode variar também para o laranja e o vermelho. O animal é venenoso e esse veneno costumava ser usado por tribos em suas flechas para atingir os adversários.

Esse pequeno animal da Amazônia, de 4cm, vive entre folhas e galhos caídos no chão e precisam estar em locais úmidos.

Aves 

Animais vertebrados, ovíparos, com bico, leves e sem dentes. Têm asas porém nem todos voam e possuem penas pelo corpo. Fazem parte desse grupo os pássaros, tucanos, papagaios, araras, mutúm e soco.

Uma verdadeira obra de arte da natureza, O tucano-de-papo-branco produz um dos cantos mais conhecidos da Floresta Amazônica, com som parecido com latidos de um cachorro. Esse animal da Amazônia mede 58 centímetros e pode pesar até 700 gramas.

Mamíferos 

Os mamíferos são divididos em aquáticos e não aquáticos. Os terrestres possuem pelos no corpo e a maior característica desse grupo é a alimentação a base de leite. Estão entre os mamíferos da Amazônia: onça pintada, macacos, anta, lobo guará, veado, capivara, lontra e tatu.

De acordo com pesquisas, o macaco prego está classificado entre os mais inteligentes do mundo. O animal consegue manusear pedaços de madeira, objetos e descascar frutas. Ele vive em uma região da floresta com bastante palmeiras.

Macaco prego é um dos animais da Amazônia
Macaco prego na floresta. (Foto: Wikipédia)

Répteis

Esses animais geralmente têm pele com textura grossa e temperatura do corpo instável. Podem ser terrestres e aquáticos. Assim como as aves, são ovíparos.  Constituem esse grupo os jacarés, tartarugas e cobras, como a cascavel, a jararaca e a sucuri.

A tartaruga-da-Amazônia, por exemplo, é um dos maiores entre sua espécie, mede aproximadamente 90 cm. Ela vive nas proximidades do rio Amazonas e contribui diretamente para culinária local. A carne e os ovos compõem alguns pratos locais.

Peixes

Animais aquáticos com corpo composto por nadadeiras e coberto com escamas, são ovíparos e muito ágeis. Geralmente andam em cardumes. Fazem parte: peixe-boi, pirarucu, pintado, traíra, pacu, corvina, cavala, lambari e dourado

O peixe-boi, encontrado em todos os rios da Floresta Amazônica, vive exclusivamente em água doce. É o menor de sua espécie, chegando a medir 3 metros de comprimento. A maior característica desse animal é sua natureza solitária, pois raramente é visto em dupla ou em bandos.

Floresta Amazônica

Rica em diversidade, a Floresta Amazônica é considerada a maior do mundo. Ela fica localizada no norte da América do Sul e cobre os estados do Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia, Pará e Roraima. Muito extensa, as terras chegam também em pequena parte no Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

Por causa de sua extensão e importância, afinal corresponde a 53% das florestas tropicais que ainda existem, atrai olhares de todo o mundo e é tema de discussão entre alguns países. A sua conservação é um assunto que preocupa diversas lideranças pelo mundo.

Com 5.500.000 km² em hectares, a vegetação da Floresta Amazônica é dividida em:

Mata de várzea: com solo fértil e fixada em áreas mais rasas, esta localidade costuma ser inundada de acordo com as variações dos rios. O solo é propício a fertilidade justamente por causa dos sedimentos que são doados do rio para a terra. Algumas espécies da várzea são: andiroba, jatobá, seringueira e samaúma.

Mata de igapó: Fixada numa camada ainda mais baixa de solo, essa área sempre fica alagada. As espécies do igapó são plantas capazes de se adequar para sobreviver a umidade. Tipos:  vitória-régia, buritis, orquídeas e bromélias.

Mata de terra firme: Essas plantas são as mais comuns. Ficam localizadas no alto e, por isso, não estão expostas a inundações. A vegetação típica é a maior e mais alta, a exemplo da castanheira.

Além da diversidade em vegetação, a Floresta Amazônica engloba:

  • Quase 1.500 espécies de aves
  • Média de 3.000 espécies de peixes
  • Levantamento de 30.000 espécies de plantas
  • 1.800 espécies de borboletas
  • 427 espécies de anfíbios
  • 378 espécies de répteis
  • Mais de 2.500 espécies de abelhas
  • 311 espécies de mamíferos

Com variações de outras florestas e muitas características próprias, a fauna amazônica é riquíssima e diversa.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Luna, Fernanda. Animais da Amazônia; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/animais-da-amazonia >. Acesso em 18 de novembro de 2019 às 16:29.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

O corpo humano possui muitos pontos com cartilagem.

Cartilagem

A Cartilagem também chamada de tecido cartilaginoso, é um tecido […]

A carta da Terra tem o objetivo de socorrer e salvar o planeta Terra.

Carta da Terra

A Carta da Terra é um documento de declaração dos […]

Pseudoceros Dimidiatus é um dos platelmintos.

Platelmintos

Os Platelmintos são animais invertebrados, que possuem o corpo achatado […]

O canibalismo acontecia com mais frequência na antiguidade.

Canibalismo

O Canibalismo é um tipo de relação ecológica que são […]