Art Déco

Estilo de arte surgido em 1910

A art déco é um termo francês (abreviação de arts décoratifs que significa artes decorativas) que define um estilo artístico, decorativo, funcional e arquitetônico que surgiu no início do ano de 1910, na Europa, antes da Primeira Guerra Mundial. Teve o seu auge nos anos 1920.

É facilmente associado a áreas como a moda, design, cinema, desenho industrial, cenografia, arquitetura de interiores, artes gráficas, arquitetura e urbanismo, paisagismo, caricatura, entre outros, já que tem a vida cotidiana como principal expressão.

Se tornou um modismo internacional quando foi apresentado como uma forma de arte através da Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais Modernas que aconteceu no ano de 1925, em Paris.  

Entre as suas principais características estão: traços sintético, simetria, linhas simples e formas geométricas, presença da representação da mulher e dos animais, além da forte influência do modernismo, futurismo, cubismo e construtivismo.

La Samaritaine loja francesa modelo de art déco
“La Samaritaine” foi um loja de departamento localizada em Paris na França, considerada um bom exemplo de art déco.  (Foto: Wikipedia)

Origem

A art déco teve o seu pico de popularidade na Europa, no período conhecido como “Felizes Anos Vinte”, representando a elegância, o luxo, a exuberância e a extravagância, pela presença do marfim, bronze, prata, laca, mármore e jade nas peças. Nesta fase, ficou conhecida por ser uma arte voltada a classes burguesas.

Tornou-se ainda mais conhecida no mundo após a Exposição de Art Déco no Metropolitan Museum, que aconteceu no ano de 1934, em Nova York. É importante destacar que a art déco não é considerado um movimento artístico, já que não apresentava raízes filosóficas ou políticas, era meramente decorativo e funcional.

Foi logo após a exposição em Nova York que a arte passou a ser mais popular, dialogando mais com os indivíduos de classes mais baixas, usando materiais passíveis de serem produzidos em massa e invadindo a vida cotidiana.

A art déco também carrega influências da art nouveau, outro estilo artístico que nasceu na Europa, mais precisamente na França.

Principais características

  • Estilo luxuoso;
  • Uso de formas geométricas, simétricas ou estilizadas;
  • Uso de influências exóticas;
  • Linhas retas e circulares;
  • Design abstrato;
  • Estilo “clean”;
  • Influência do abstrato;
  • Representação da mulher e de animais.

Principais artistas da art déco

Nomes como Emil Nolde e Ernst Ludwig Kirchner (ambos pintores alemães) se destacam no cenário da art déco. Confira na lista abaixo mais alguns nomes de artistas desse estilo:  

  • Ernst Ludwig Kirchner, pintor alemão (1880-1938);
  • Fritz Bleyl, designer alemão (1880-1966);
  • Joost Schmidt, designer gráfico alemão (1883-1948);
  • Karl Schmidt-Rottluff,  pintor e gráfico alemão (1884-1976);
  • László Moholy-Nagy, designer e pintor húngaro (1895-1946);
  • Maurice Ascalon, designer industrial israelense (1913-2003);
  • Max Pechstein, pintor e artista gráfico alemão (1881-1955);
  • Otto Mueller, pintor e gravurista alemão (1874-1930);
  • Paul Poiret, designer francês (1879-1944);
  • René Lalique, designer e escultor francês (1860-1945);
  • Sonia Delaunay, estilista, pintora e designer russo-francesa (1885-1979);
  • Walter Gropius, arquiteto alemão (1883-1969);
  • William Van Alen, arquiteto norte-americano (1883-1954).

Principais obras

  • Grand Rex (cinema do ano de 1932);
  • Dançarina e Gazelas (escultura do ano de 1916);
  • Velocidade do Escultor Americano (escultura do ano de 1922);
  • Prometheus (escultura do ano de 1937);
  • Detalhe do Tempo (pintura do ano de 1941);
  • Estação Ferroviária do Cais do Sodré (monumento do ano de 1895);
  • Torre do Relógio da Estação Central do Brasil (monumento do ano de 1943);

Confira no vídeo abaixo mais informações a respeito da art déco:

A art déco no Brasil

A arquitetura art déco surgiu no Brasil no ano de 1930 e permaneceu até o ano de 1940. Victor Brecheret (1894-1955) se destaca como um dos principais escultores desse estilo, sendo “Daisy” e “Luta da Onça” suas principais obras. O pintor Vicente do Rego Monteiro também se destacou nesse momento.

São Paulo e Goiânia são algumas das cidades que mais concentram as obras desse estilo. O Rio de Janeiro abriga cerca de 400 imóveis, sendo a capital da América Latina com mais obras da art déco.

Entre as obras da cidade se destaca: o Cristo Redentor, Edifício A Noite, Cine Roxy, Torre do Relógio da Estação Central do Brasil.

Confira abaixo alguma das principais obras da art déco brasileiras:

  • Biblioteca Mário de Andrade (São Paulo);
  • Estação Rodoviária (Goiânia);
  • Elevador Lacerda (Salvador);
  • Estádio Pacaembu (São Paulo);
  • Coreto da Praça Cívica (Goiânia);
  • Monumento às Bandeiras (São Paulo).
Elevador Lacerda é um exemplo de art déco
O Elevador Lacerda fica localizado em Salvador, Bahia. É um dos principais pontos turísticos da cidade e é um das principais monumentos da art déco no Brasil.  (Foto: Flickr)

A art nouveau

art nouveau foi um estilo artístico que surgiu entre os anos de 1890 e 1920. Assim como a art déco, teve início na França, se popularizou em alguns países pela Europa, depois ganhou projeção no resto do mundo. “Art Nouveau” significa “Arte Nova” em francês.

Esse estilo se manifestou em diferentes países, de formas diversas e, por isso, carrega variações no nome. Se manifestou em obras arquitetônicas, em móveis, cerâmica, pinturas, quadros, entre outros itens, com inspirações nas formas da natureza. No seu auge foi chamada de “Belle Époque”.

Também é conhecida como “Jugendstil”, expressão alemã para “estilo da juventude e foi marcado pelo uso do cimento, madeira, ferro e principalmente o vidro. No Brasil, chegou no final do século XIX, destacando o Colégio Santa Inês, o Castelinho da Brigadeiro, a Casa Vilino Silveira e o Relógio da Glória como principais obras.

Entre as principais características estão: a oposição ao romantismo, o subjetivismo, o simbolismo, valorização de linhas assimétricas, linhas sinuosas, presença da figura da mulher, cores frias, valorização do racionalismo, produção em massa, representação de flores e folhas e a utilização de conhecimentos da lógica (matemática e física).

Surgiu em um cenário muito propício de inovações industriais, onde o mundo buscava novas formas de produzir arte, devido à queda da arte barroca e o renascimento.

Entre os principais artistas estão: Antoni Gaudí (1852-1926), Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901), Emile Gallé (1846-1904), Gustav Klimt (1862-1918), Jan Toorop (1858-1928), Pierre Bonnard (1867- 1947) e Alfons Maria Mucha (1860-1939).

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Maria Azevedo, Amanda. Art Déco; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/art-deco >. Acesso em 18 de novembro de 2019 às 23:27.

Copiar referência

Outros Artigos de Artes

Monumento à Terceira Internacional.

Construtivismo nas artes

O construtivismo nas artes está relacionado com o movimento artístico […]

A Commedia dell’arte fazia a utilização do humor e críticas à sociedade em palcos improvisados.

Commedia Dell’Arte

A Commedia Dell’Arte iniciou-se a partir do início do século […]

Circo armado

Circo

O circo é o lugar onde acontecem expressões artísticas que […]

características das cores matiz

Características das Cores

As características das cores podem ser descritas como matiz, tonalidade […]