Arte Asteca

Obras produzidas por povos pré-colombianos

A Arte Asteca tinha sua produção feita por povos pré-colombianos, os quais viviam em uma região onde atualmente localiza-se o México.

A cultura vivida pelos astecas era muito rica e eles possuíam elementos que foram legados dos povos mesoamericanos da antiguidade.

No século XV, a população asteca teve grande desenvolvimento em sua parte artística e arquitetônica. Mas, por volta do ano de 1512, os espanhóis os dizimaram.

A Arte Asteca

A Arte Asteca da antiguidade foi uma forma que esse povo achou de expressar sua religiosidade, assim como um modo de prestar homenagens aos seus deuses.

Existiam também algumas outras artes que serviam para dar auxílio na comunicação daquela sociedade.

Há obras que são vislumbradas até os dias atuais, isso pelo modo como foram feitas e a forma como os artistas trabalharam nela.

A arte asteca, como pictogramas, pinturas e desenhos, ainda hoje podem ser encontrados nas paredes dos templos e nos artefatos antigos dessa população.

Os templos e palácios dos astecas são locais que chamam atenção de todos. Depois que arquitetos e artesãos fizeram a construção, alguns outros profissionais tomaram conta dos espaços para mantê-los e assim evitar que se deteriorassem.

Não só a pintura era utilizada para expressar a arte asteca, alguns outros elementos também apresentavam e fortaleciam a cultura desse povo.

Esculturas, pinturas, músicas e danças eram expressões artísticas que os astecas desempenhavam muito bem e que até os dias atuais podem ser admirados.

As obras que os astecas faziam nos templos e locais de adoração por vezes eram enormes, a fim de que conseguissem enaltecer o local sagrado e mostrar a força com que queriam demonstrar à reverência ao deus que cultuavam.

Em várias demonstrações artísticas que enfatizam o lado religioso, existe a utilização de máscaras, objeto que também foi bastante utilizado dentro da arte asteca.

O desenho de máscaras servia para fazer a representação de divindades ou assombrações. Os astecas também utilizaram esse objeto e fez o desenho desse símbolo de várias maneiras, inclusive com pedra.

Com a utilização de cerâmica, conseguiram desenvolver a sua arte aplicando-as na construção de vasos e utensílios domésticos.

As ruínas que correspondiam aos povos astecas, possuíam mais grandeza do que qualidade, a arquitetura era um pouco menos rebuscada, se for comparada com a dos maias.

Existiam pequenos templos que eram levantados no pico das altas pirâmides de terra e pedra, e elas ofereciam passagem para os seus portais.

Pedra do Sol é a mais famosa escultura da arte asteca. Ela está localizada no Museu Nacional de Antropologia da Cidade do México e possui 3,7 m de diâmetro.

Essa obra possui uma imagem do deus Sol no centro, mostrando os dias da semana asteca e versões da história mundial desse mesmo povo, além de mitos e profecias.

Atenção: costuma-se conhecer essa arte pelo nome de Calendário da Pedra Asteca, porém esse título não está correto.

Símbolo feito pelos astecas para representar sua arte.
Representação da arte asteca. (Foto: Pexels)

História da Arte Asteca

O crescimento da arte asteca está ligado ao desenvolvimento de conhecimentos e técnicas que fizeram com que o Império asteca conseguisse se imortalizar.

Quando o povo asteca conseguiu atingir o auge, várias ramificações também tiveram benefícios, dentre elas a matemática, a linguagem e a medicina.

Toda a história da cultura e arte asteca girava em torno da sua religiosidade e a maioria da produção era feita para poder acalmar ou agradar os deuses.

Atualmente ocorreram algumas escavações e elas revelaram que os astecas utilizavam do sacrifício com pessoas para poder agradar os seus deuses.

Os rituais que aconteciam para que as pessoas pudessem ser consagradas aos deuses eram retratados também na arte através de pinturas, cerâmicas e outros objetos que apresentavam o dia a dia da população asteca.

Os astecas tiveram a capacidade de produzir artes arquitetônicas e expressões artísticas tão complexas que até hoje algumas não foram compreendidas.

No ano de 1521 os astecas e toda sua cultura começam a cair na decadência por conta da invasão feita pela capital do Império, Tenochtitlan.

Características da Arte Asteca 

Grande parte da produção artística feita pelos astecas estavam ligados a adoração e representação dos deuses.

É perceptível que a religiosidade era algo muito forte no meio da população asteca e ela motivou o levantamento de templos, a construção de peças artesanais e a elaboração de várias manifestações artísticas, como a música, dança e a pintura.

Uma das particularidades sempre presentes na arte asteca era a representação dos deuses que cuidavam do tempo, da agricultura e da guerra.

Por acreditar em vários deuses e ter as crenças ligadas às preocupações do dia a dia, os astecas sempre tentaram fazer com que isso ocupasse lugar de destaque em suas obras.

Outro aspecto sempre presente nas artes dos astecas são as máscaras. Elas eram utilizadas para representar as divindades e afastar espíritos ruins e eram produzidas com vários tipos de materiais e em diversos formatos.

As esculturas, cerâmicas e pinturas também recebiam representações de máscaras.

Os astecas utilizavam muito das cores para criar suas artes. Eram cores chamativas, fortes e vibrantes que estavam presentes nas cerâmicas, pinturas dos templos, utensílios religiosos, e fardamentos de reis e soldados.

O que era mais característico na construção de palácios e templos astecas era a pompa que se encontrava em toda a arquitetura, bem como a grande quantidade de símbolos que era utilizado.

Todo esse luxo e delicadeza era para que o poder que os reis tinham pudesse ser representado veementemente. Assim, poderiam utilizar os espaços como locais de adoração e manter a tradição de que possuíam as melhores expressões artísticas daquela época.

Representações da Arte Asteca

Existiam vários modos pelo qual os astecas expressavam a sua arte e todos eram feitos da forma mais pomposa possível.

A maioria das obras construídas pelos astecas ainda tem muito valor nos dias atuais.

Dentre os modos como poderiam ser representados estão implícitos a arquitetura, escultura, pintura, arte plumária, artesanato, ourivesaria, literatura e escrita.

De todos esses jeitos, os astecas conseguiam desempenhar um trabalho grandioso, sempre imponente e que chamava atenção de todos.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Vinicius. Arte Asteca; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/arte-asteca >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 18:41.

Copiar referência

Outros Artigos de Artes

Monumento à Terceira Internacional.

Construtivismo nas artes

O construtivismo nas artes está relacionado com o movimento artístico […]

A Commedia dell’arte fazia a utilização do humor e críticas à sociedade em palcos improvisados.

Commedia Dell’Arte

A Commedia Dell’Arte iniciou-se a partir do início do século […]

Circo armado

Circo

O circo é o lugar onde acontecem expressões artísticas que […]

características das cores matiz

Características das Cores

As características das cores podem ser descritas como matiz, tonalidade […]