Artes Plásticas

É todo tipo de arte realizada pelos seres humanos com a utilização de materiais

Artes plásticas são criações realizadas pelos seres humanos por meio de técnicas e manipulação de diversos materiais com o intuito de construir imagens e formas que demonstrem um conceito estético, seja ele real ou imaginário.

O surgimento das artes plásticas está relacionado à evolução do homem desde a Pré-História, pela necessidade de expressar os hábitos e forma de vida daquela época, assim como imagens que possuíam um aspecto simbólico.

Nos dias atuais, os artistas se utilizam da arte para um propósito também importante, seja para retratar seus pensamentos e valores, ou como uma forma de crítica de questões políticas e sociais que afetem a sociedade de maneira geral.

Isso é feito com a utilização de materiais diversos, como gesso, papel, tinta, madeira, argila, metais, além de outras ferramentas tecnológicas e programas de computador.

Artes plásticas na Pré-História

As primeiras manifestações das artes plásticas ocorreram na Pré-História, mais especificamente no período Paleolítico. É a chamada arte rupestre. As obras consideradas mais antigas datam de aproximadamente 25.000 a.C., a exemplo da estátua em forma humana, Vênus de Willendorf.

Também marcaram a arte na Pré-História as chamadas pinturas rupestres, encontradas em cavernas em diversos locais do mundo. As mais conhecidas estão localizadas em Altamira, na Espanha (30.000 a.C a 12.000 a.C.) e em Lascaux, na França (15.000 a.C. a 10.000 a.C.). Em sua maioria representam animais selvagens da época, como bisões, cavalos e rinocerontes, além de práticas dos povos da época, como a caça.

No Brasil existem registros de pinturas rupestres em diversas regiões. As mais antigas encontram-se na Serra da Capivara, no Piauí, maior e mais antigo acervo de arte rupestre do continente americano, além de um dos mais estudados.

Ainda no território brasileiro, vale destacar a arte feita pelos índios com penas de pássaros, bem como a pintura corporal com elementos retirados da natureza.

Serra da Capivara Arte Rupestre
Pinturas rupestres no Parque Nacional da Serra da Capivara. (Foto: Wikipedia)

Arte Mesopotâmica

Na civilização mesopotâmica, considerada um dos berços das sociedades orientais, as artes plásticas demonstravam o poder dos governantes e a religiosidade. Na pintura, eram utilizadas cores claras e desenhos que representavam a caça, batalhas e detalhes da vida dos reis e deuses.

Também se destacou a escultura – com a representação de criaturas míticas e poderosas, com cabeça e humana e corpos de animais, como leão, touro ou águia que simbolizavam poder militar – assim como a cerâmica, ourivesaria e arquitetura.

Arte Egípcia

As artes plásticas produzidas pelos artistas da civilização egípcia na Antiguidade expressavam aspectos religiosos e até mesmo funerários. Isso está relacionado à crença da vida após a morte do povo egípcio na época. Deuses, faraós, e animais eram detalhados por textos em escrita hieroglífica. Já as pinturas eram realizadas nas paredes das pirâmides e em papiros e retratavam o cotidiano da época.

Arte Grega

Na Grécia Antiga, as artes plásticas se desenvolveram por meio de pinturas em murais, com cores fortes, vivas e diversificadas. Eram desenhados animais, como touros, além de imagens abstratas, símbolos marinhos e natureza.

No período Helenístico (323 a.C. a 146 a.C.), a arte ganha outro aspecto, sai do abstrato e passa a retratar mais a realidade.

Arte Romana

Os artistas da Roma Antiga se inspiraram nas artes plásticas da Grécia, desde os elementos artísticos e culturais, chegando a realizar cópias das estátuas gregas clássicas. O efeito tridimensional era um aspecto relevante na pintura, assim como mosaicos de cores fortes de caráter religioso e manuscritos.

Arte Renascentista

Entre os séculos XV e XVI, os artistas do Renascimento retomam aspectos artísticos da Antiguidade e o antropocentrismo (homem como centro do universo) ganha destaque. Eram utilizados tinta a óleo, além da técnica de perspectiva e conhecimentos científicos e matemáticos com o intuito de reproduzir a natureza de maneira realista. Deu-se início também à xilogravura – técnica de fazer gravuras em relevo.

Outros movimentos artísticos

Diversos movimentos artísticos surgiram e se desenvolveram ao longo dos anos a partir da descoberta de novos materiais, técnicas e também influenciados pelas questões políticas e sociais de cada época.

Pode-se destacar como os principais:

  • Barroco (1600 a 1750);
  • Rococó (1730 a 1820);
  • Neoclassicismo (1750 a 1820);
  • Romantismo (1790 a 1850);
  • Realismo (1848 a 1875);
  • Impressionismo (1880 a 1900);
  • Pós-impressionismo (1885 a 1907);
  • Expressionismo (1910 a 1930);
  • Cubismo (1908 a 1915);
  • Dadaísmo (1910 a 1920);
  • Surrealismo (1920);
  • Pop Art (1950);
  • Arte Conceitual (1960).

Ficou curioso para saber o que faz um artista plástico nos dias atuais? Então confira o vídeo abaixo.

Artes plásticas na educação

As artes plásticas não se limitam apenas à pintura e escultura. Ela é muito mais abrangente e pode contribuir de maneira significativa para a educação de crianças e jovens por contribuir para o desenvolvimento do indivíduo, tanto intelectual, como físico, social, estético, emocional, criativo, entre outros.

Por conta disso, as artes constam na grade curricular de muitas instituições de ensino. Ela favorece a compreensão de si mesmos e da própria realidade por meio da expressão de sentimentos e emoções e pode ser utilizada como uma aproximação entre pais e filhos também em casa.

No Brasil, a educação de artes iniciou de forma oficial em 1816, com a criação da Academia Imperial de Belas Artes, no Rio de Janeiro. A proposta inicial era seguir a tendência dos desenhos industriais que ganhavam força naquela época para os trabalhadores, entretanto, se tornou uma escola elitizada e frequentada apenas pelas pessoas mais abastadas.

Após a Semana de Arte Moderna de 1922, outras formas de arte foram introduzidas no aprendizado e o nome de Educação Artística foi adotado. Eram realizadas atividades manuais simples, como recortes de ilustrações e pinturas. Essa forma de arte foi adotada pelas escolas a partir da década de 1970.

Em 2018, após a aprovação do novo Ensino Médio, o Movimento Arte na Escola formado por professores, educadores e representantes de entidades civis defendeu que o ensino de artes continuasse a ser obrigatório nas escolas por meio de um documento entregue ao Conselho Nacional de Educação (CNE). O grupo entende que as principais competências e habilidades humanas perpassam pelo ensino da arte.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), cerca de 560 mil professores da educação básica do país ensinam algum tipo de conteúdo relacionado às artes.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

LOPES, Adriana. Artes Plásticas; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/artes-plasticas >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 14:55.

Copiar referência

Outros Artigos de Artes

Monumento à Terceira Internacional.

Construtivismo nas artes

O construtivismo nas artes está relacionado com o movimento artístico […]

A Commedia dell’arte fazia a utilização do humor e críticas à sociedade em palcos improvisados.

Commedia Dell’Arte

A Commedia Dell’Arte iniciou-se a partir do início do século […]

Circo armado

Circo

O circo é o lugar onde acontecem expressões artísticas que […]

características das cores matiz

Características das Cores

As características das cores podem ser descritas como matiz, tonalidade […]