Artrópodes

Filo dos animais invertebrados

Artrópodes (filo Arthropoda) são animais invertebrados que possuem como principal característica a presença de exoesqueleto e apêndices articulados. Entre os representantes desse filo podemos mencionar as aranhas, borboletas e caranguejos.

Esse filo é o maior do Reino Animal. Existem aproximadamente um milhão de espécies catalogados, o que equivale a cerca de 84% de todas as espécies de animais até então conhecidas pelo homem.

As aranhas são animais artrópodes
Os aracnídeos são um dos grupos de artrópodes com maior quantidade de espécies. (Foto: Pixabay)

Em função da variedade de espécies, os artrópodes possuem diferentes cores e formatos. Em relação ao tamanho, eles podem ser microscópicos, como o plâncton (1/4 de milímetro) ou até medirem metros, a exemplo do caranguejo kong (3 metros).

Os artrópodes também podem viver em diversos tipos de ambientes no planeta, sejam eles aquáticos ou terrestres. Até nas geleiras da Antártida, o continente mais frio (média de -43º), esses animais podem ser encontrados.

Ao contrário do que se possa imaginar, a flora da Antártida é bastante rica. Esse continente é habitado por vários animais invertebrados, sendo um dos mais abundantes o Glyptonotus antarcticus.

Características dos artrópodes

Anatomia

A presença de apêndices articulados e exoesqueleto são as principais características anatômicas dos artrópodes. Isso os diferencia dos animais de outros filos de invertebrados.

Os apêndices são estruturas especializadas em alimentação, percepção sensorial, defesa e locomoção. Já o exoesqueleto é uma camada envolvida com quitina que reveste o corpo dos artrópodes.

O exoesqueleto é uma estrutura rígida e garante a sustentação do corpo do animal, porém não permite o seu crescimento. Logo, esses animais precisam trocar o exoesqueleto periodicamente em um processo chamado muda ou ecdise.

Fisiologia

Os artrópodes possuem um sistema digestivo completo, com presença de boca e ânus, além de apêndices bucais articulados. Esse sistema ainda é subdividido em três:

  • Anterior: digestão mecânica;
  • Mediano ou ceco: digestão enzimática e absorção de nutrientes;
  • Posterior: absorção de água.

O sistema excretor é formado pelos nefrídeos, que são associados a outras estruturas como túbulos de Malpighi, glândulas antenais (glândulas verdes) e glândulas coxais. Elas variam de acordo com os tipos de animais.

Já o sistema circulatório dos artrópodes é aberto (lacunar). Em função disso, o sangue percorre o seguinte caminho: passagem pelos vasos, segue para o hemolece (cavidade que contém hemolinfa), alimenta os órgão e volta para o coração.

Os artrópodes possuem vários gânglios, sendo que um par deles está ligado a um cordão nervoso que se estende por todo o corpo. O sistema nervoso deles possui um certo grau de cefalização e com cérebro dividido em três partes: o protocérebro, o deuterocérebro e o tritocérebro.

A reprodução dos artrópodes é sexuada, ou seja, há a presença de gametas e, na maioria das vezes, sexos separados. Grande parte desses animais realiza fecundação interna, mas algumas classes, como crustáceos, realizam fecundação externa.  

 Classificação dos artrópodes

Devido a sua grande variedade, os artrópodes podem ser classificados de diversas formas, como número de patas e parentesco evolutivo. A classificação em subfilos inclui os hexápodes (insetos), quelicerados (aracnídeos), crustáceos e miriápodes (diplópodes e quilópodes).

Contudo, a classificação mais comum dos artrópodes é em: insetos, crustáceos, aracnídeos, diplópodes e quilópodes. Confira abaixo as principais características de cada um deles:

Insetos – esses animais possuem três pares patas (hexápodes) e corpo segmentado em três partes: cabeça, tórax e abdômen. Eles também possuem órgãos como antenas, ocelos e órgãos auditivos, o que lhes permite diferenciar imagens e sentir estímulos.

Até então, os insetos são possui oito ordens:

  • Odonata (libélulas);
  •  Orthoptera (grilos, gafanhotos e baratas);
  • Hemiptera (percevejos);
  • Homoptera (cigarras, pulgões e cochonilhas);
  • Coleoptera (besouro e joaninhas);
  • Lepidoptera (borboletas e mariposas);
  • Diptera (moscas);
  • Hymenoptera (vespas, abelhas e formigas).  

Crustáceos geralmente possuem cinco pares de patas (decápodes), dois pares de antena e corpo segmentado em duas partes: cefalotórax e abdome. Existem aproximadamente 67 mil espécies de crustáceos que vivem em ambientes marinhos e de água doce.

Esse grupo está subdividido em seis classes:

  • Remipedia
  • Cephalocarida
  • Maxillopoda 
  • Ostracoda
  • Branchiopoda (camarões de salmoura e pulgas d`água)
  • Malacostraca (camarões, caranguejos e lagostas)

Aracnídeos – animais que possuem três pares de patas (octópodes) e não têm antenas. Eles ainda possuem  quelíceras (ferrões) e palpos (órgão sensoriais) no lugar das mandíbulas.

Esse grupo é composto por mais de 60 mil espécies distintas, divididas nas ordens:

  • Amblypygi 
  • Aranae (aranhas)
  • Opiliones (opiliões, aranha-alho ou temenjoá)
  • Palpigradi 
  • Pseudoscorpiones (falsos escorpiões)
  • Ricinulei (ricinuleídeos)
  • Schizomida (esquizomídeos)
  • Scorpiones (escorpiões)
  • Solifugae (solífugos)
  • Thelyphonida (escorpiões-vinagre)
  • Acari (ácaros e carrapatos)

Diplópodespossuem dois pares de patas por segmento (diplosegmentos) e corpo dividido em cabeça, tórax e abdômen. Eles são representados pelos piolhos-de-cobra, que geralmente vivem em locais úmidos e escuros e se movimentam lentamente.

Quilópodes – fazem parte desse grupo as centopeias, as lacraias e os surubins. Tais animais possuem uma par de pernas por segmento, corpo dividido em cabeça e troco e medem de 3 a 30 cm de comprimento.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

CAIUSCA, Alana. Artrópodes; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/artropodes >. Acesso em 23 de agosto de 2019 às 18:43.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

A Baleia Franca tem risco de extinção.

Baleia Franca

A Baleia Franca é um cetáceo de grande porte, que […]

Flor tulipa.

Auxinas

As auxinas são fitormônios, palavra do grego horman que significa […]

Processo interno celular.

Autofagia

Autofagia é um processo celular natural, que pode ser potencializado […]

Baço

Baço

O baço é um órgão que faz parte do sistema […]