Bibliografia

Sistematização de obras consultadas

Bibliografia é o nome dado ao conjunto sistematizado de obras utilizadas para a criação de trabalhos escritos, em sua maioria, acadêmicos. Por meio da inserção dela confere-se um grau de credibilidade à produção e possibilita-se categorizar e referenciar as informações para possíveis conferências e usos posteriores.

A palavra bibliografia teve origem em 1633, porém o hábito de regirar as fontes já era usado na Antiguidade em inventários, memoriais, catálogos etc. Antes da invenção da internet, a bibliografia era usada para registrar somente livros e documentos impressos. Com o advento da tecnologia e a disponibilidade de informações no mundo virtual, ela passou a admitir referências a sites também.

Atualmente, a bibliografia é de uso obrigatório nas produções textuais acadêmicas e deve aparecer no final da página, atendendo a uma série de regras de padronização. As mais usadas são a da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que serão explicadas detalhadamente ao longo deste texto.

Para compreender o conceito e uso da bibliografia é necessário entender que ela difere-se da biografia. O fato destas duas palavras serem parecidas causa confusão. Embora muitas vezes os dois termos sejam usados como iguais, não são, e apresentam conceitos bem diferentes.

Diferença entre bibliografia e biografia

A bibliografia faz referência a obras literárias, posto que o prefixo “biblio” refere-se a livros e o sufixo “grafia” à escrita. A bibliografia é a coletânea de obras utilizadas em um mesmo fim textual. Ela pode ser do tipo ativa, quando reúne obras escritas pelo mesmo autor, passiva quando reúne obras que falam sobre um determinado autor, enumerativa (sistemática) ou analítica (crítica).

Já a biografia é um gênero literário usado para designar a escrita sobre a vida de uma pessoa. A palavra origina-se do grego, em que “bio” significa “vida”. Uma biografia pode ser de uma personalidade viva ou não. Como exemplo, tem-se de Machado de Assis, Itamar Franco, Luiz Inácio Lula da Silva, dentre outros.

Bibliografia
Bibliografia é a reunião de obras consultadas em uma pesquisa. (Foto: Shutterstock)

Exemplos de bibliografia

Workshop

Exemplo: WORKSHOP DE DISSERTAÇÕES EM ANDAMENTO, 1, 1995, São Paulo. Anais… São Paulo: ICRS, USP, 1995. 39 p. Conferências

Relatórios oficiais

Exemplo: COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR. Departamento de Pesquisa Científica e Tecnológica.  Relatório. Rio de Janeiro, 1972. Relatório. Mimeografado.

Conferência

Exemplo: CONFERÊNCIA NACIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, 11, 1986, Belém. Anais… [s.1.]: OAB, [1986?]. 924 p.

Relatórios técnicos-científicos

Exemplo:

SOUZA, U. E. L. de; MELHADO, S. B. Subsídios para a avaliação do custo de mão-de-obra na construção civil. São Paulo: EPUSP, 1991.38p. (Série Texto Técnico, TT/PCC/01).

Bibliografia com as normas ABNT

Existem algumas regras para criar bibliografias para livros e sites em conformidade com a norma ABNT e elas estão descritas a seguir.

Bibliografia de obra completa com um autor

  1. Usa-se o sobrenome do autor em letras maiúsculas
  2. Insere o nome do autor por extenso somente com inicial maiúscula ou abreviado
  3. Escreve o título do livro em itálico
  4. Se houver subtítulo deve-se escrever com letra normal antecedido por dois pontos (:)
  5. Insere-se o local de publicação seguido por dois pontos (:)
  6. Coloca o nome da editora
  7. Diz o ano de publicação

Exemplos

RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica: guia para eficiência nos estudos. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1991.

MACAMBIRA, José R. A Estrutura Morfo-Sintática do Português. São Paulo: Pioneira, 2001.

MACAMBIRA, J. R. A Estrutura Morfo-Sintática do Português. São Paulo: Pioneira, 2001.

Nota: para bibliografias com dois ou três autores os nomes devem ser separados por ponto e vírgula (;) e espaço.

Assim:

SARAIVA, A.J.; LOPES, Óscar. História da Literatura Portuguesa. 17. ed. Porto: Porto Editora, 2001.

Nota 2: Para quatro autores ou mais usa-se apenas o nome de um autor seguido da expressão “et al”.

Assim: URANI, A. et al. Constituição de uma matriz de contabilidade social para o Brasil. Brasília: IPEA, 1994.

Bibliografia de publicações seriadas

  1. Insere-se o título da publicação
  2. Escreve o título da parte se houver
  3. Coloca o local de publicação
  4. Diz qual é a editora
  5. Inclui-se a numeração do ano e/ou volume
  6. Insere-se a numeração do fascículo
  7. Dá informações de períodos e datas de publicação
  8. Descreve as particularidades que identificam a parte se houver.

Exemplo

CONJUNTURA ECONÔMICA. As 500 maiores empresas do Brasil. Rio de janeiro: FGV, v. 38, nº 9, set. 1984. 135 p. Edição especial.

Bibliografia de documentos especiais

  1. Inclui a Jurisdição ou cabeçalho da entidade
  2. Escreve o título
  3. Coloca a numeração do documento
  4. Diz a data do documento

Exemplo

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, Senado, 1988.

Bibliografia de entidade (universidade, organização, empresa etc)

  1. Escreve-se o nome da entidade por extenso e em letras maiúsculas
  2. Inclui o nome da publicação
  3. Diz qual é o ano de apresentação
  4. Referencia o local
  5. Diz o ano da publicação

Exemplo

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Catálogo de teses da Universidade de São Paulo, 1992. São Paulo, 1993.

Bibliografia de autor desconhecido

  1. Coloca o título em letras maiúsculas
  2. Menciona o local
  3. Diz qual é a editoria
  4. Referencia o ano
  5. Identifica a página

Exemplo

AS VÁRIAS FACES DA SAÚDE, São Paulo: Editora Academia, 1994. P.134

Bibliografia de Tese, Dissertação e TCC

  1. Escreve o sobrenome do autor em caixa alta
  2. Coloca o nome abreviado
  3. Insere o título da obra em itálico
  4. Diz qual é o ano de apresentação
  5. Coloca o número de folhas
  6. Identifica a categoria (tipo de documento)
  7. Referencia o local
  8. Diz o ano

Exemplo

CARVALHO, João Soares, A Metodologia nas Humanidades. 1994. 20f. Dissertação de Mestrado – Universidade Portuguesa, Lisboa, 1994.

Bibliografia online

  1. Coloca o sobrenome do autor em caixa alta seguido pelo nome somente com a inicial maiúscula
  2. Escreve o título do artigo
  3. Diz o ano de publicação
  4. Insere o link da publicação antecedido pela frase “Disponível em:”
  5. Coloca a data de acesso antecedida pela frase “Acesso em:”
  6. Identifica a hora do acesso

Exemplo

CHÉROLET, Brenda. Bibliografia; Guia Estudo. Disponível em <https://www.guiaestudo.com.br/bibliografia>. Acesso em 26 fevereiro 2019 (15:12).

Como citar a Bíblia

Uma dúvida muito comum é como citar a bíblia na bibliografia. Não há dificuldade neste quesito, embora pareça assustador à primeira impressão. A bíblia deve ser citada somente quando for usada alguma passagem ou algum versículo dela. Ademais, segue com a lógica de inserção de livros. Assim, deve-se incluir título, edição, editora, localização e ano.

Exemplos

BÍBLIA. Português. A Bíblia Sagrada Viva. São Paulo: Mundo Cristão, 2010.
BÍBLIA SAGRADA. Edição Pastoral, São Paulo: Paulus, 2004.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Chérolet, Brenda. Bibliografia; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/bibliografia >. Acesso em 02 de fevereiro de 2020 às 14:03.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]