Biogás

Fonte de energia renovável

Biogás é a classificação dada a uma mistura de gases gerada através da decomposição da matéria orgânica.

Esse gás é obtido através da fermentação de bactérias que estão na biomassa. Para que a fermentação ocorra é necessário que não tenha oxigênio.

A produção natural do biogás acontece em locais submersos como intestino de animais, o fundo de um copo d´água e pântanos ou com interferência humana como aterro sanitário e usinas de biogás.

Por ser produzido através da decomposição de materiais orgânicos, o biogás é um biocombustível, sendo portanto uma fonte de energia renovável.

Biogás no Brasil

O biogás pode se tornar um dos principais combustíveis do Brasil. Contudo, a produção desse combustível é pequena, principalmente se for comparada ao cenário internacional.

O setor energético do Brasil produz muitos gases de efeito estufa e a solução para amenizar esse problema seria o uso do biogás. A produção do biogás em larga escala irá contribuir para a renovação da matriz energética do Brasil, além de ajudar nas pesquisas sobre energias renováveis.

O país é um dos grandes produtores de energias a partir da biomassa, mesmo assim é preciso passar por alguns obstáculos que podem impactar na produção do biogás.

O incentivo público seria importante para garantir a continuidade da fabricação do biogás, além de assegurar a liderança no país internacionalmente.

Recentemente, o Estado do Paraná deu o primeiro passo para essa mudança. Foi criado o Centro de Estudos do Biogás para que sejam realizadas pesquisas sobre o armazenamento de biogás no Brasil. Nesse centro estão sendo feitos experimentos para verificar a eficiência do gás na produção de energia elétrica, além de estimular o desenvolvimento desse combustível.

Segundo uma pesquisa realizada pelo diretor-presidente do Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás) e integrante da Agência Internacional de Energia (AIE), se fosse utilizado todo o potencial brasileiro de biogás para geração de energia elétrica, daria para cobrir mais de 20% da necessidade nacional.

Biodigestores anaeróbios para fabricação de biogás
Biodigestor para fabricação do biogás. (Foto: Pixabay)

Produção

Para fazer a produção do biogás é necessário: restos florestais e de madeira, restos agrícolas, fezes de animais e óleos vegetais. Existe uma grande quantidade de biomassa na Amazônia e dentre elas, as oleaginosas que podem ser retiradas sem agredir a natureza e com grande potencial produtivo: o babaçu, bacuri, buriti.

Qualquer tipo de matéria orgânica biodegradável pode ser depositado nos biodigestores para produção de energia. Veja a seguir alguns exemplos:

  • Fezes da produção de animais (suinocultura, pecuária e avicultura);
  • Restos agrícolas (cascas, folhagens e palhas, restos de cultura);
  • Restos da produção industrial (bagaços, descartes, efluentes e gorduras, restos de restaurantes de unidades fabris, efluentes industriais com elevada carga orgânica).
  • Lixos orgânicos, vinhaça e amido.

Utilização

O biogás pode ser utilizado de diferentes formas, uma delas é como gás combustível. O gás combustível originado do biogás serviria para substituir o gás natural ou o gás liquefeito de petróleo, ambos fontes de energia não renováveis.

Além disso, o biogás pode ser usado na produção de energia elétrica através de geradores, como energia térmica na produção rural.

Depois de retirado o gás, os resíduos que ficam nos biofermentadores podem ser usados para adubagem orgânica. Já o material líquido pode ser reaproveitado em plantações como biofertilizante. Essa prática não oferece risco de contaminação ao solo ou lençóis freáticos, pois toda produção é natural.

Essas utilidades, junto com o descarte dos resíduos na propriedade rural, oferece ao produtor uma lavoura mais produtiva, além de solucionar problemas de combustível.

O gás produzido em aterros sanitários também é considerado uma forma de energia oriunda de recursos naturais. Para que o gás seja obtido, são instalados tubos em todo processo de produção no terreno do aterro a fim de evitar vazamentos.

No final do processo, o gás produzido pode ser enviado às termoelétricas e usado como biocombustível.

Benefícios do Biogás

A produção e o uso desse recurso natural oferecem vários benefícios ao meio ambiente e a sociedade. Veja alguns deles a seguir:

  • Esse recurso é produzido no interior de organismos e, por isso, não está sujeito modificações de preços ou falta de suprimentos para produzi-lo;
  • Essa fonte de energia polui minimamente, quando comparada com as fontes de energia fósseis;
  • Necessita de uma grande quantidade de pessoas trabalhando, principalmente nas fases de produção. Essa necessidade pode gerar emprego no meio rural e consequente reduzir o êxodo rural. A migração de pessoas do campo para a cidade é um dos grades problemas de países em desenvolvimento.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Biogás; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/biogas >. Acesso em 31 de janeiro de 2020 às 17:08.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Celoma

O Celoma tem origem do latim “cele” que significa “cavidade”. […]

Cavalo Marinho

O Cavalo Marinho é da espécie do Hippocampus, um gênero […]

Cavalo

O Cavalo é um animal mamífero que pertence a um […]

Caule

O Caule é o órgão que conduz as seivas das […]