Brasil Império

Período da história do Brasil

O Brasil Império foi um Estado que existiu durante o século XIX. Esse período envolvia praticamente todo o território que formam, atualmente, o Brasil e o Uruguai. Na época, o governo era uma monarquia constitucional parlamentar representativa, com dois imperadores: Dom Pedro I e posteriormente o seu filho Dom Pedro II.

O império foi um período que faz parte da História do Brasil. Essa época começou com a nomeação do imperador D. Pedro I (1798 – 1834), no ano de 1822, e se estendeu até a Proclamação da República no ano de 1889.

Brasil Império e sua Bandeira
Bandeira do Período Imperial. (Foto: Wikipédia)

História do Brasil Império

No Brasil império, também chamado de Período Imperial ou Brasil Monárquico, O Brasil deixou de ser uma colônia do reino de Portugal para se tornar a sede do império colonial português, no ano de 1808. D. João VI (1767 – 1826) reagiu a Guerra Peninsular (1807 – 1814) e transferiu a corte portuguesa para o Brasil, na cidade do Rio de Janeiro.

Por causa da Revolução Liberal do Porto, D. João VI voltou para Portugal no ano de 1821 e deixou o seu filho e herdeiro Pedro para governar o país como regente. No dia 07 de setembro de 1822, Pedro proclamou a Independência do Brasil.

Depois que Pedro de Alcântara comandou uma guerra bem-sucedida contra o reino de D. João VI, seu próprio pai, foi consagrado no dia 12 de outubro daquele mesmo ano D. Pedro I, o primeiro imperador do Brasil. Nessa fase, o país era extenso, rico em diversidade étnica, mas pouco habitado.

No ano de 1826, apesar da importância de  D. Pedro I no processo de independência, tornou-se o rei de Portugal. Ele abdicou do trono em favor da filha mais velha, Maria II (1819 – 1853), conhecida como “a Educadora” e “a Boa Mãe”, que teve o trono usurpado pelo irmão Miguel I (1802 – 1866).

Sem conseguir lidar com os problemas do Brasil e de Portugal ao mesmo tempo, D. Pedro I abdicou do trono brasileiro e seguiu para a Europa para restituir sua filha no trono português, durante a Guerra Civil Portuguesa (1828 – 1834).

Símbolo do brasão imperial.
Brasão do Império. (Foto: Wikipédia)

D. Pedro II (1825 – 1891) foi o sucessor de D. Pedro I no Brasil, mas como ele era menor de idade, tinha apenas cinco anos, instalou-se o Período Regencial. Durante a regência ocorreram diversas guerras civis  entre grupos locais.

D. Pedro II conseguiu harmonizar e consolidar o país, que depois se tornou uma potência emergente internacional. O Brasil venceu três conflitos durante o reinado de D. Pedro II: Guerra do Prata (1851 – 1852), Guerra do Uruguai (1864 – 1865) e Guerra do Paraguai (1864 – 1870). O império ainda triunfou em muitas crises internas e em outros conflitos e disputas internacionais.

Nas últimas décadas do reinado de D. Pedro II, houve um período estável de paz e prosperidade econômica, mas ele não queria que a monarquia permanecesse após o seu tempo de vida, então não se interessou em apoiar a preservação do sistema.

Como não existia um possível herdeiro ao trono que fosse viável, a elite política se desinteressou pela monarquia. Com isso, depois de um reinado de 58 anos, no dia 15 de novembro de 1889, D. Pedro II foi destituído por um súbito golpe de Estado, ou seja, foi declarada a Proclamação da República brasileira.

O golpe de Estado foi comandado por um grupo de líderes civis e militares com objetivo de formar uma república presidencialista, dando início ao novo regime, o Brasil República.

Fases do Império

Dentre todas as Américas, o Brasil foi o único país de período regencial monárquico sólido e mundialmente reconhecido. O período do Brasil império se dividiu em três diferentes fases:

 Grito de Independência ou Morte
Grito da Independência – de reino unido a império independente. (Foto: Wikipédia)

Primeiro Reinado (1822 – 1831)

O  primeiro reinado na história brasileira começou a partir da Independência do Brasil, em 07 de setembro de 1822. Em 12 de outubro desse mesmo ano, D. Pedro I foi proclamado “Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil”.

Assim começava o império, mas a coroação de D. Pedro I aconteceu apenas em 01 de dezembro de 1822. Após a coroação, enfrentou uma situação complicada provocada por algumas províncias, quando as Juntas Governamentais eram dominadas pelos portugueses.

Essa divisão entre Brasil e Portugal não foi bem aceita e aqueles que se declaravam fieis às cortes de Lisboa não aceitavam o novo governo. O ciclo desse primeiro reinado durou até o dia 07 de abril de 1831. D. Pedro I abdicou do trono em favor do filho Pedro de Alcântara, futuro D. Pedro II.

Período Regencial (1831 – 1840)

O período regencial existiu entre o primeiro reinado e o segundo reinado. Essa época se desenrolou do ano 1831 até o ano de 1840, começando quando D. Pedro abdicou do trono em favor do filho. A Constituição de 1821 estabelecia que o império fosse governado por uma regência, já que D. Pedro II era menor de idade.

A regência era composta por três membros e duraria até o imperador atingir a maioridade. Nessa época, o Brasil possuiu quatro regências diferentes, que se tornaram marcos divisórios do período regencial:

  • Regência Trina Provisória (1831)
  • Regência Trina Permanente (1831 – 1835)
  • Regência Una de Feijó (1835 – 1837)
  • Regência Una de Araújo Lima (1837 – 1840)

Em 1840, surgiu a ideia da antecipação da maioridade de D. Pedro II, como uma possível solução para a luta entre os grupos políticos e rebeliões nas províncias, uma vez que o imperador viria a ser um poder neutro.

Brasil Império e sua Assembleia Geral
Abertura da Assembleia Geral do Império. (Foto: Flickr)

Durante o período regencial houve várias crises políticas. Essas crises foram marcadas por diversas revoltas populares, que, entre outras questões, lutavam contra a fome e a miséria no país. Seguem as revoluções que ocorreram naquela época:

Em 23 de julho de 1840, diante da Assembleia Geral, chegou ao fim o chamado Golpe da Maioridade, que garantiu a coroação de D. Pedro II como o imperador do Brasil.

Segundo Reinado (1840 – 1889)

O segundo reinado na história brasileira foi a época em que o Brasil foi governado por D. Pedro II. Esse período começou no ano de 1840, quando o imperador foi coroado depois do Golpe da Maioridade.

O momento ficou marcado por grandes mudanças pelo país  afora, além da existência de conflitos importantes, como a Guerra do Paraguai. Em 1889, chegou ao fim o segundo reinado, com a realização da Proclamação da República, pondo fim à monarquia do Brasil.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Macedo, Márcia. Brasil Império; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/brasil-imperio >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 19:30.

Copiar referência

Outros Artigos de História

Ciclo do Pau-Brasil

O Ciclo do Pau-Brasil foi um período histórico da nação […]

Ciclo do ouro, um dos ciclos importantes do Brasil.

Ciclo do Ouro

O Ciclo do Ouro também era chamado de “ciclo da […]

Um dos ciclos econômicos do Brasil, foi o ciclo do café.

Ciclo do Café

O Ciclo do Café foi a atividade econômica mais importante […]

Ciclo do Algodão no Brasil

O Ciclo do Algodão no Brasil aconteceu entre a segunda […]