Características e principais tipos de sais

São elementos resultantes da reação de um ácido com uma base

As características e principais tipos de sais são as especificidades correspondentes a alguns tipos de elementos químicos que são formados fundamentalmente por cloretos. O NaCl, mais conhecido como sal de cozinha, é o mais conhecido.

O salde cozinha é um dos tipos sais
O NaCl, o sal de cozinha, é um composto iônico muito conhecido e utilizado no dia-a-dia. (Foto: Pixabay)

Os sais, de uma maneira geral, são substâncias simples e muito utilizadas no cotidiano da maioria das pessoas, inclusive na alimentação. Um desses exemplos é o bicarbonato de sódio (NaHCO3), utilizado na confeitaria como fermento.

Além do uso em outras áreas, como é o caso do carbonato de cálcio (CaCO3), substância presente nos mármores e no calcário, e o sulfato de cálcio (CaSO4) que faz parte da composição do giz escolar e do gesso.

Os sais são, basicamente, as reações químicas que ocorrem entre ácidos e bases. A este tipo de reação dá-se o nome de neutralização ou salificação, formando o sal e a água.

Logo, HCl (ácido) + NaOH (base) → NaCl (sal) + H2O (água).

Entende-se a partir da equação química expressa acima que os sais são compostos iônicos que possuem um tipo de cátion diferente de H+, da mesma maneira que possui um ânion que difere de OH-.

Características e principais tipos de sais

Considerando as características e principais tipos de sais, entende-se que na presença de água, os ácidos sempre liberam cátions H+, já as bases liberam os íons OH-, conceito formulado pelo químico Svante Arrhenius.

Entretanto, dentre as características e principais de tipos de sais, têm-se que estes compostos iônicos não formam sempre o mesmo tipo de cátion ou ânion. Por este motivo não possuem propriedades bem estabelecidas.

Estão listadas abaixo as características e principais tipos de sais:

  • São compostos iônicos formados pela junção de íons. Diferentes de outros compostos químicos, estes não são formados por moléculas;
  • Boa parte deles possuem sabor salgado, sendo uma boa parte venenosos e prejudiciais à saúde;
  • Uma das principais características é que eles são sólidos e têm aparência cristalina;
  • Diluídos em soluções químicas, são bons condutores de eletricidade;
  • A fusão e ebulição destes compostos ocorrem em altas temperaturas;
  • A maioria deles possuem boa solubilidade em água, exceto alguns sulfetos, os cloretos, brometos e iodetos com os cátions que possuem os cátions:  Ag+, Hg22+ e Pb2+.

Classificação dos sais

As características e principais tipos de sais são classificados de acordo com as reações que os compostos sofrem para formar os compostos iônicos. Dependendo de qual reação ocorra, os sais podem classificados de três maneiras:

Sais neutros ou normais

Para que ocorra a formação dos sais neutros ou normais é necessário que haja uma reação de neutralização total. Nesse sentido, todos os H+ que compõem o ácido irão reagir com todos os OH- da base.

Exemplos:

NaOH (base) + HCL (ácido) → NaCl (sal normal) + H2O

3NaOH(base)+ H3PO4 (ácido) → Na3PO4 (sal normal) + 3H2O

Em relação à nomenclatura destes tipos de sais, o nome do sal é oriundo do nome do ânion do ácido, em que a terminação ídrico, oso ou ico será substituída por eto, ito ou ato, respectivamente e pelo cátion da base.

Sal = (nome do ânion) + sufixo eto/ito/ato de (nome do cátion).

Logo, o resultado será o seguinte:

–> Ácido clorídrico (HCl) + hidróxido de sódio (NaOH) → cloreto de sódio (NaCl) + água

–> Ácido nitroso (HNO2) + hidróxido de potássio (KOH) → nitrito de potássio (KNO2) + água

–> Ácido ortofosfórico (2H3PO4) + hidróxido de cálcio (3Ca(OH)2 → ortofosfato de cálcio [Ca3(PO4)2] + água (6H2O)

Sais ácidos ou hidrogenossais

Dadas as características e principais tipos de sais, consideram-se sais ácidos ou hidrogenossais aqueles em que ocorrem as reações de neutralização parcial do ácido presente no composto, ou seja, nem todos os H+ do ácido irão reagir, assim como acontece com os sais normais.

Exemplos:

NaOH (base) + H2SO4 (ácido) → NaHSO4 (sal ácido) + H2O

Em relação à nomenclatura as regras ocorrem de maneira semelhante aos sais normais, entretanto, com indicação do número de H+ determinados pelos prefixos mono, di, tri, e assim por diante.

Sal = prefixo do nº de H+ + (nome do ânion) + sufixo eto/ito/ato de (nome do cátion).

Aplicando a regra de nomenclatura dos sais, tem-se:

–> Ácido sulfúrico (H2SO4) + hidróxido de sódio (NaOH) → monoidrogenosulfatode sódio (NaHSO4) + água

–> Ácido ortofosfórico (H3PO4) + hidróxido de sódio (NaOH) → diidrogeno-ortofosfato de sódio (NaH2PO4) + água

Sais básicos ou hidroxissais

Os sais básicos, também chamados de hidroxissais, são aqueles em que há a neutralização parcial da base. Nos casos em que nem todos as hidroxilas reagem, o sal terá uma ou mais hidroxilas em sua estrutura.

Exemplo:

Ca(OH)2 (base) + HCl (ácido) → Ca(OH)Cl (sal básico) + H2O

Muito semelhante com a nomenclatura dos sais normais, os básicos têm a indicação do número de OH- em sua estrutura. No caso dos sais ácidos, essa indicação é em relação ao número de H+.

Sal = prefixo do número de OH- +(nome do ânion) + sufixo eto/ito/ato de (nome do cátion).

Há dois exemplos da regra de nomenclatura destes tipos de sais:

–> Ácido clorídrico (HCl) + hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] → monoidroxicloreto de cálcio [Ca(OH)Cl] + água

–> Ácido clorídrico (2HCl)+ hidróxido de alumínio [Al(OH)3] → monoidroxicloreto de alumínio[Al(OH)Cl2] + água

Sais duplos ou mistos

Por fim, indicadas as características e principais tipos de sais nos exemplos acima, há também os tipos de sais duplos ou mistos.

Neste caso mais específico, mas ainda considerando as características e principais tipos de sais, ocorrem a reação de um di, tri ou tetrácido com bases divergentes, sendo o sal duplo em relação ao cátion ou de um uma di, tri ou tetrabase com ácidos diferentes, sendo o sal duplo em relação ao ânion.

Exemplos:

Em relação ao cátion:

–> H2SO4 (diácido) + KOH (base) + NaOH (base) → KNaSO4 (sulfato duplo de potássio e sódio) + 2H2O

–> H3PO4 (triácido) + 2KOH (base) + NaOH (base) → K2NaPO4 (ortofosfato dipotássio monossódico)

Em relação ao ânion:

–> Ca(OH)2 (dibase) + HBr (ácido) + HCl (ácido) → CaBrCl (cloreto-brometo de cálcio) + 2H2O

–> Al(OH)3 (tribase) + H2SO4(ácido) + HCl(ácido) → Al(SO4)Cl (cloreto-sulfato de alumínio) + 3H2O

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Neves, Juliete. Características e principais tipos de sais; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/caracteristicas-e-principais-tipos-de-sais >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 19:04.

Copiar referência

Outros Artigos de Química

formula estrutural condensada linear

Fórmula Estrutural

A fórmula estrutural é uma das fórmulas da química orgânica […]

Forças intermoleculares

Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares é um dos assuntos que mais caem […]

Filtração

Filtração

Filtração é um dos métodos da química utilizada para fazer […]

Explosão causada por elementos radioativos

Fissão Nuclear

A fissão nuclear é o processo de divisão de núcleos […]