Castelos Medievais

Surgiram na Europa Ocidental

Os Castelos Medievais foram construídos na época em que a Europa Ocidental foi atacada pelos povos nórdicos. No decorrer da Idade Média, Entre os séculos V e XV, a Europa foi o cenário de grandes construções de milhares de castelos.

Naquele período da história, era muito comum ocorrerem guerras, os senhores feudais, reis e outros nobres se preocupavam com a segurança da família, dos bens, assim como da residência onde moravam. Havia a necessidade de ampliar a proteção do território e por isso construíram edificações mais seguras, com objetivo de resistir as investidas de povos bárbaros.

Os castelos medievais são construções bem seguras.
Castelo de Bodiam é um castelo quadrangular que fica em East Sussex, na Inglaterra. (Foto: Pixabay)

História dos Castelos Medievais

A Europa passou por uma época de várias guerras, durante o período da Idade Média, que aconteceu no decorrer do século V ao XV. Os senhores feudais, os reis e os nobres tinham tanta preocupação com a segurança e a proteção de suas terras que decidiram construir os castelos medievais.

Os castelos eram edificados em montanhas para que fosse possível visualizar a aproximação dos inimigos e assim tivessem tempo de organizarem o ataque. Os castelos medievais serviam também para demonstrar o poder dos senhores feudais e reis para a população.

Arquitetura dos Castelos Medievais

Os castelos medievais têm como principal característica a arquitetura exuberante. Atualmente, a maioria dos castelos que existem pelo mundo, são registros de valor inestimável da arquitetura medieval, com estilos bizantino, gótico e romântico. Em questão da importância da arquitetura e sua contribuição para o desenvolvimento da sociedade, é possível citar:

  • Arquitetura alemã – conseguiu evoluir bastante e influenciou em algumas construções brasileiras.
  • Arquitetura francesa – possui muito charme e teve grande importância para o Brasil.
  • Arquitetura inglesa – de modelagem surpreendente, desde os castelos medievais até os edifícios high tech.

Os castelos medievais impressionam por causa da grandiosidade que possuem. No decorrer dos primeiros séculos da Idade Média, as construções eram edificadas nas regiões mais altas do feudo (terra ou fonte de renda concedida por um suserano ao vassalo em troca de fidelidade e ajuda militar, no feudalismo).

Os castelos medievais eram construídos com a madeira retirada das florestas, as fortalezas eram chamadas de “motte and bailey”. Como não haviam tantas riquezas naquela época, foi a primeira solução que os soberanos encontraram, pois tinham urgência na construção das fortificações, por causa do ataque traiçoeiro dos Vikings.

A partir do século XI, começaram a construir os castelos com blocos de pedra, além de edificarem também as muralhas e as torres. Esses muros de proteção costumavam medir cerca de 06 a 10 metros de altura e a espessura de 02 a 03 metros, tudo para ter a garantia de que não pudessem derrubar.

As muralhas eram construídas com dois muros de pedra e no espaço que ficava no meio, entre um muro e outro, era preenchido com areia, cascalhos e mais pedras. Em alguns muros haviam buracos confeccionados intencionalmente, para colocar os andaimes de madeira que seriam utilizados para subir as pedras no período das construções dos castelos medievais.

As pedras eram içadas até os andaimes por polias. Muros grossos eram uma das estratégias aplicadas para obter segurança, mas além disso, existiam fossos em volta dos muros, mais uma alternativa de complicar ainda mais o acesso dos inimigos.

Os fossos podiam estar cheios de água ou não. No caso de estarem secos, eram forrados com estacas pontiagudas de madeira. Nesses castelos haviam também, muitas armadilhas, buracos e muralhas internas, como outras alternativas para evitar as invasões.

Castelos de Madeira

Os primeiros castelos que existiram eram feitos com madeira. No decorrer dos primeiros séculos da Idade Média, até aproximadamente o século XI, os castelos eram confeccionados em madeira que eram retiradas das florestas. Geralmente o interior dessas edificações eram de estilo rústico, sem a presença de conforto e luxo.

Castelos de Pedra

A arquitetura das edificações dos castelos mudou totalmente, a partir do século XI. Passaram a ser edificados com a utilização de blocos de pedra e assim ficaram bem mais seguros e resistentes.

Um castelo costumava ficar pronto em cerca de dois a sete anos aproximadamente. Os castelos medievais eram construídos nos locais altos para facilitar a visualização da chegada de possíveis inimigos.

Os castelos medievais serviam de moradia para os nobres.
O Castelo de Évora Monte é um raro castelo de Portugal. (Foto: Wikipédia)

Diferentes Fortificações

Geralmente, toda construção que possui algumas características como: calabouços; canhoneiras; janelas pequenas; muros altos; portas duplas; pontes; portões de ferro; torres; entre outros, são chamados de castelos, mas existem diferenças entre as edificações:

  • Castelo – é uma edificação que tinha capacidade de assustar os invasores e preservar os moradores por um longo período de tempo. O local servia de moradia para a família e todos os colaboradores dos grandes senhores feudais e líderes.
  • Atalaia – é uma construção que normalmente possuía apenas uma torre para observar as áreas circunvizinhas. Geralmente, todo castelo tinha a sua atalaia, apesar de que, nem toda atalaia era um castelo.
  • Cidadela – é uma região que era comum existir nas cidades medievais, esse local era protegido pela guarda dos castelos medievais. Os habitantes que residiam nos arredores podiam se refugiar nesses locais, em situação de guerra.
  • Fortaleza – esse local era de utilização exclusivamente militar e nenhum familiar morava em lugares como esse, somente os soldados. Começaram a ser levantados pelos nobres, quando eles tinham condições de construir uma fortaleza para os seus exércitos. Existem fortalezas também quando são constituídos os Estados Nacionais.
  • Palácio – é o local onde costuma morar os membros da realeza, normalmente reis, rainhas, príncipes e princesas. São construções elaboradas para expor toda a pompa, riqueza e ostentação de uma família real. Um palácio não possui função defensiva.

Castelos Medievais Incríveis

  • Castelo Chambord – França
  • Castelo de Alnwick – Inglaterra
  • Castelo de Bodiam – Inglaterra
  • Castelo de Bonnétable – França
  • Castelo de Bran – Romênia
  • Castelo de Burg – Alemanha
  • Castelo de Butrón – Espanha
  • Castelo de Chillon – Suíça
  • Castelo de Coca – Espanha
  • Castelo de Corvin (Hunyadi) – Romênia
  • Castelo de Dover – Inglaterra
  • Castelo de Edimburgo – Escócia
  • Castelo de Eger – Hungria
  • Castelo de Eltz – Alemanha
  • Castelo de Frankenstein – Alemanha
  • Castelo de Hohenwerfen – Áustria
  • Castelo de Lincoln – Inglaterra
  • Castelo de Loarre – Espanha
  • Castelo de Malbork – Polônia
  • Castelo de Montaigne – França
  • Castelo de Praga – República Tcheca
  • Castelo de Warwick – Inglaterra
  • Castelo de Windsor – Inglaterra
  • Castelo Frederiksborg – Dinamarca
  • Castelo Lichtenstein – Alemanha
  • Monte Saint-Michel – França
  • Torre de Londres – Inglaterra

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Macedo, Márcia. Castelos Medievais; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/castelos-medievais >. Acesso em 20 de outubro de 2019 às 16:58.

Copiar referência

Outros Artigos de História

Todas as causas da Revolução Industrial foram importantes para o desenvolvimento tecnológico.

Causas da Revolução Industrial

As Causas da Revolução Industrial foram eventos que promoveram muitas […]

Monumento em homenagem aos mortos pelas causas da Primeira Guerra Mundial.

Causas da Primeira Guerra Mundial

Uma das Causas da Primeira Guerra Mundial, a razão que […]

Causas da Independência do Brasil

As Causas da Independência do Brasil foram uma série de […]

As cavernas eram muito utilizadas antes do período de transição.

Características do período mesolítico

Para entender as características do período mesolítico é necessário compreender, […]