Coeficiente de Solubilidade

Conceito relacionado a solubilidade de uma solução

O coeficiente de solubilidade (Cs) é um dos assuntos da química que causa transtornos para os estudantes. Quando se trabalha esse tipo de coeficiente, observa-se também a quantidade de soluto que poderá ser dissolvida em uma determinada quantidade de solvente.

Desta forma, é necessário levar em consideração três critérios: a quantidade de solvente que será utilizada, a temperatura do solvente e a quantidade de soluto que será utilizada.

Lembre-se que soluto é a substância, geralmente sólida, dispersa na solução (dissolvida em um solvente) e a solução, geralmente líquida, é a substância que possibilita a dissolução do soluto.

A dissolução nada mais é do que o processo de dissolver substâncias em outras substâncias, isto é, misturar um soluto em um solvente.

Coeficiente de solubilidade
O coeficiente de solubilidade se refere a quantidade soluto e solvente de uma solução. (Foto: Max Pixel)

O que é o coeficiente de solubilidade?

É a capacidade máxima em que uma determinada quantidade de soluto pode ser dissolvida em uma certa massa de solvente. Ou seja, é a quantidade necessária de uma substância para saturar uma quantidade de solvente.

Cada solvente (substâncias) tem um limite de volume em que consegue dissolver todo um soluto.

Por exemplo: ao dissolver cloreto de sódio (sal) em água, a depender da quantidade, o sal será totalmente dissolvido. Contudo, se a quantidade de sal for maior, ficará sal concentrado no fundo do recipiente, pois o limite de solubilidade do solvente foi alcançado.

Esse limite que o solvente tem em relação ao soluto é o que chamamos de coeficiente de solubilidade.

Coeficiente de solubilidade quanto a temperatura

Um fator que pode interferir no coeficiente de solubilidade é a temperatura, especificamente a temperatura do solvente. Isto quer dizer que a capacidade de um solvente pode ser alterada.

É possível favorecer ou fazer com que um solvente dissolva uma menor ou maior quantidade de soluto sem alterar a quantidade de solvente.

O volume do solvente será mantido, mas se a temperatura for alterada, pode modificar também a quantidade de soluto a ser dissolvido. Contudo, isto depende de cada soluto e de cada solvente.

Exemplo: Água e cloreto de sódio

Há dois recipientes com a mesma quantidade de água, só que em um recipiente a água está em temperatura ambiente e no outro em temperatura elevada (quente).

Ao ser adicionado a mesma quantidade de sal em ambos, será possível ver que no recipiente com água em temperatura elevada o soluto é mais dissolvido do que na temperatura ambiente. Enquanto que na água em temperatura ambiente uma certa quantidade de sal não foi dissolvida.

Conclui-se, então, que quanto mais quente a água estiver, mais cloreto de sódio vai dissolver, e quanto mais fria a água, menos cloreto de sódio será dissolvido.

Como calcular o coeficiente de solubilidade?

A fórmula usada para calcular o coeficiente é:

Cs = 100 x m1/m2

Sendo que:

  • Cs é o coeficiente de solubilidade
  • M1 é a massa do soluto
  • M2 é a massa do solvente

Classificação das soluções

De acordo com o coeficiente de solubilidade, as soluções podem ser classificadas de três maneiras:

  • Solução insaturada
  • Solução saturada
  • Solução supersaturada

Solução insaturada

A solução insaturada é aquela em que a quantidade de soluto adicionado ao solvente é inferior a capacidade de solubilidade que o solvente suporta. Ou seja, é possível acrescentar mais soluto a este solvente.

Em relação as soluções insaturadas, podemos dizer que:

Quando a quantidade de soluto estiver próximo do limite do coeficiente de solubilidade, trata-se de uma solução insaturada concentrada, mas quando a quantidade de soluto estiver distante, trata-se de uma solução insaturada diluída.

Solução saturada

A solução saturada é aquela em que a quantidade de soluto corresponde a exatamente a quantidade em que o solvente é capacitado a suportar.

A quantidade de soluto não pode ser menor nem maior do que o coeficiente descrito pelo solvente. Mas se ocorrer de o soluto ser superior a quantidade do solvente, a solução passa a ter um corpo de fundo.

Exemplo: ao dissolver o sal em água e sobrar uma certa quantidade no fundo do copo, isto quer dizer que a quantidade de soluto excedeu a quantidade suportada pelo solvente, formando assim uma solução saturada com corpo de fundo.

Solução supersaturada

A solução supersaturada se refere ao excesso extremamente exagerado da quantidade de soluto para ser dissolvido no solvente.

Um simples corpo de fundo no recipiente da solução não é formado, vai muito além disso. Contudo, a solução supersaturada é bem difícil de ser obtida e muito instável.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Cleane. Coeficiente de Solubilidade; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/coeficiente-de-solubilidade >. Acesso em 01 de fevereiro de 2020 às 02:22.

Copiar referência

Outros Artigos de Química

formula estrutural condensada linear

Fórmula Estrutural

A fórmula estrutural é uma das fórmulas da química orgânica […]

Forças intermoleculares

Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares é um dos assuntos que mais caem […]

Filtração

Filtração

Filtração é um dos métodos da química utilizada para fazer […]

Explosão causada por elementos radioativos

Fissão Nuclear

A fissão nuclear é o processo de divisão de núcleos […]