Currículo

O currículo é o primeiro contato do candidato com o recrutador

Curriculum vitae significa currículo, em português, o termo vem do latim e significa trajetória de vida. O currículo também pode ser abreviado para CV. O Currículo é um histórico, que mostra as experiências profissionais de uma pessoa incluindo habilidades e competências.

O currículo tem o objetivo de mostrar o perfil de um candidato à vaga de emprego para as empresas, podendo ser utilizado como ferramenta de apoio no meio acadêmico. O currículo é um resumo da qualificação profissional e aptidões, onde o postulante a uma vaga de emprego relata suas experiências profissionais, formação acadêmica e expõe outros dados pessoais.

O CV é a forma tradicional que a maioria das empresas utiliza para escolher seus funcionários. Normalmente o envio do currículo é feito por e-mail ou depositado nos sites das empresas, em alguns casos é possível criar o próprio currículo no website das organizações.   

Não existe uma fórmula correta para a produção do curriculum. Cada candidato deve fazer da forma que achar melhor, porém sempre colocando algumas informações básicas, como os dados pessoais, formação acadêmica, experiências anteriores, cursos já realizados, idiomas que domina e até mesmo conhecimento sobre informática. É imprescindível fazer um currículo sem erros de ortografia, se for necessário colocar uma foto é bom anexar uma imagem que não seja vulgar ou que possa prejudicar a seleção do candidato. 

Imagens ilustrativas do currículo
Formatos de currículo (Fonte: Pixabay)

Como elaborar um bom currículo

     1.  Não exagere na quantidade de dados pessoais.

Não precisa pôr no currículo todos os tipos de dados pessoais. No momento da entrevista o empregador não quer saber seu RG, CPF, muito menos o nome dos seus pais. Coloque apenas:

  • Nome completo
  • E-mail
  • Telefone de contato
  • Endereço de perfis em redes profissionais, como o LinkedIn. Evite colocar perfil de redes sociais pessoais, como Facebook, Intagram e Twitter.
  • Cidade onde mora
  • Idade

Cuidado!  Observe os nomes que você utiliza em e-mails e endereço de redes sociais. Apelidos ligados a personagens de filmes, histórias em quadrinhos e videogames podem passar uma imagem negativa ao recrutador.

      2. Deixe em evidencia uma área de atuação

Após apresentar seus dados pessoais e antes de descrever suas experiências profissionais e formação, é bom destacar uma área de atuação, utilizando poucas palavras.

Essas informações devem mostrar de maneira rápida com o que você trabalha. Exemplo:

  • Redes Sociais e Marketing
  • Jornalismo e Assessoria de imprensa
  • Ciências Contábeis e Controladoria
  • Enfermagem e Acompanhamento de Saúde

Aqui não é o lugar para falar do cargo almejado (gerente de loja, analista comercial, gestão de mídias sociais). É preciso separar cargos de áreas de atuação!

      3.  Fale sobre sua Formação

Apresente, de forma rápida, suas graduações e pós-graduações. Liste sempre do mais recente para o mais antigo. Observe:

  • Modalidade do curso
  • Título do curso
  • Instituição
  • Local do curso
  • Período do curso (se já está concluído ou ainda em conclusão).

Exemplo:

  • Mestrado em Pedagogia – Universidade Federal do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) – 2014 (em curso)
  • Graduação em Economia – Universidade Federal da Bahia (Salvador/BA) – 2015 – 2018.

      4.  Resumo de suas qualificações

Também usando poucas palavras, fale sobre suas principais qualificações detalhando as áreas de atuação e a sua função em cada uma. Veja:

  •  Redes Sociais: produção de conteúdos, interação com o público no Twitter e no Facebook, encaminhamento de solicitações.
  • Publicidade Digital: experiência em publicidade do Google, definição de campanhas, planejamento de custos.

Não coloque uma lista muito grande de qualificações, mesmo que elas sejam importantes. Escolha apenas aquelas que têm mais a ver com a empresa onde você esta concorrendo a uma vaga.

       5.  Detalhe sua experiência profissional

Falar da experiência profissional é a parte mais importante do seu currículo, é preciso ter uma atenção especial com esse quesito. Você deve listar as experiências mais atuais e importantes. 

Os dados que devem aparecer são:

  • Nome da empresa onde trabalha ou trabalhou
  • Período em que trabalhou nessa instituição
  • Último cargo ocupado ou função realizada
  • Descrição das suas atividades nessa organização

Exemplo:

Mídia Social Ltda. (2009-2013)

Empresa especializada na produção e execução de campanhas em mídias sociais para grandes corporações.

Cargo: Gestor de mídias

Atividades:

  • Gerenciamento da produção de campanhas online dos principais clientes da empresa.
  • Elaboração de relatórios de produção, com análise crítica e recomendações.
  • Gerenciamento de equipes de produção de conteúdos (texto e imagens)

Não crie uma lista grande de empresas só para demostrar que tem experiência, saiba escolher as cinco mais relevantes para detalhar.

        6.  Cursos e outras atividades

Listar cursos técnicos, participações em eventos, experiências internacionais é uma boa chance para deixar seu currículo mais robusto.  Não é necessário encher de detalhes e fazer uma lista muito grande, basta inserir o título, a instituição, o local e a data. Observe o exemplo:

  • Curso de formação em monitoria de mídias sociais, pelo Instituto Internacional de Mídia. São Paulo (SP), 2015.
  • Curso avançado de gerenciamento de redes, pela Associação Brasileira de Mídia Digital. Rio de Janeiro (RJ), 2013.

        7.  Não coloque foto ou outros recursos gráficos

A menos que seja obrigatório, não coloque foto no currículo. Se for necessário incluir foto tente usar uma que você apareça natural e simpático. Não coloque selfies ou fotos utilizando trajes de banho, em viagens ou festas.

Jamais utilize recursos gráficos para enfeitar o currículo. Bordas, fontes diferentes, efeitos de sombra, etc… A fonte ideal é Arial.

        8.  Fique atento a linguagem

Apresentar um currículo com erro de português é muito constrangedor, portanto faça uma revisão detalhada de todo seu CV. Caso tenha dúvida sobre a grafia de alguma palavra, consulte um dicionário online, procurar ajuda de alguém mais especializado também é uma boa ideia.

         9.  Preste atenção ao formato

Se você é designer, arquiteto, que normalmente têm currículos gráficos (portfólios) não use formatos para impressionar o recrutador.

Menos é mais! Não tenha medo de parecer comum: ao fazer a diagramação use o tamanho A4 – formato padrão no Brasil – e tome cuidado com as fontes, use as que possuem pouca diferença de tamanho nos títulos e textos.

Na hora da impressão use papel branco A4, esse papel é facilmente encontrado das papelarias.

 

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Currículo; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/curriculo >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 00:16.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]