Desmatamento

Ato de retirada total ou parcial da cobertura vegetal de uma região

O desmatamento é um dos problemas ambientais mais graves da atualidade. O ato, que  consiste na eliminação total ou parcial de coberturas vegetais (florestas, savanas, matagais, etc.), provoca o desiquilíbrio do planeta e seus elementos.

Fauna, flora e seres humanos, ou seja, toda a biodiversidade do planeta é comprometida. Além dos seres vivos, a economia e a sociedade da região afetada também é prejudicada com o desmatamento.

De acordo com dados do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), aproximadamente 1,6 bilhão de pessoas desenvolvem atividades ligada às florestas. Enquanto cerca de 60 milhões de indígenas, em todo o mundo, dependem das áreas verdes para subsistência.

Desmatamento madeira
A demasiada extração de madeiras é uma das causas do desmatamento. (Foto: Wikipédia)

Histórico do desmatamento

O desmatamento, também chamado de desflorestação e desflorestamento, caracterizar-se como um problema da atualidade, mas as ações de desflorestamento antropogênico (realizado pela homem) acontece desde a Pré-História.

No processo de formação das sociedades pré-históricas, os homens substituíram o estilo de vida nômade pelo sedentário. Deste modo, passaram a extrair madeira para construir moradias e produzir combustível.

Houve também abertura de áreas para criação de pastagens e cultivos, utilizando, principalmente, queimadas. Em um dos períodos da Idade dos Metais houve a substituição de machados de pedra pelos de metais, facilitando as derrubadas.

Revolução Industrial

Os processos de desflorestação se intensificam com a Revolução Industrial, mas antes disso grande parte das florestas temperadas já haviam sumido e as florestas tropicais já sofriam com as devastações.

Com o desenvolvimento da agricultura, o período da Revolução Industrial marcou a substituição do modo de produção artesanal/manual pelo maquinário. Para dar conta dessa nova forma de produção, cresceu o consumo de recursos naturais e, consequentemente, ampliação do mercado consumidor.

Os rumos que o desmatamento seguiu é consequência de uma série de ações de causa e efeito. Por exemplo, com o aumento do mercado consumidor aumentou a necessidade de extração de elementos como:

  • Produtos madeireiros: todo material lenhoso de aproveitamento para serraria, estacas, lenha, poste, moirão, etc.
  • Produtos não madeireiros: correspondem aos matérias não lenhosos como resinas, sementes, frutas, plantas ornamentais, plantas medicinais, reservas extrativistas, etc.
Desmatamento Jequitibá
O Jequitibá é uma planta medicinal nativa da Mata Atlântica. (Foto: Wikipédia)

Desmatamento no Brasil

O Brasil é o segundo país que possui a maior cobertura vegetal do mundo, perdendo apenas para a Rússia. Contudo, o território brasileiro também tem sofrido com o desmatamento. Estima-se que, desde 1970, o país perdeu cerca de 18% das suas florestas.

O desflorestamento acontece em função da agricultura, pecuária, grilagem de terras, urbanização e a criação de infraestruturas (estradas e barragens). Ou seja, fatores contribuem para o desmatamento de forma ligeira.

Mato Grosso é o estado mais atingido pelo desmatamento, seguido pelo Pará e Rondônia. De acordo com o Instituto Centro de Vida (ICV), entre agosto de 2017 e julho de 2018, 1.749 km² de floresta foram derrubados no estado.

Biomas Brasileiros

A Floresta Tropical Atlântica, conhecida popularmente como Mata Atlântica, já perdeu aproximadamente 93% da sua cobertura vegetal original, restando apenas 7%. Já a Caatinga sofre principalmente com a agricultura de “corte e queima”;

Outros Biomas Brasileiros também têm sido afetados. Os Pampas já perderam mais de 54% da sua cobertura original; o Pantanal em 15 anos perdeu 13% da sua vegetação natural.

O Cerrado é o segundo maior Bioma Brasileiro, atrás apenas da Mata Atlântica, com grandes índices de desmatamento. Até 2009 foram desmatados 983.348 km², entre 2002 a 2008 perdeu mais 85.075 km², o que equivale a cerca de 4,17% da área da região.

A Amazônia, intitulada de coração do Brasil, abriga aproximadamente um terço das florestas tropicais no mundo. O desmatamento acontece na região por vários motivos, entre eles, monoculturas, criação de gado, obras de infraestrutura e atividades madeireiras.

A Amazônia passou por sucessivas ações de desflorestação. Em 1995, uma área de 29,1 mil km² foi desmatada. Já em 2004 foi registrado o segundo maior desmatamento da sua história, perdendo-se 27,4 mil km² de vegetação.

Consequências

Como já dito, a biodiversidade da região onde ocorrem as devastações é a grande prejudicada. Uma vez que extingue-se o habitat natural de muitas espécies de animais e plantas, gerando problemas para a cadeia alimentar e o ecossistema do local.

O desmatamento também gera outras consequências:

  • Erosão dos solos
  • Extinção dos rios
  • Desertificação
  • Elevação das temperaturas
  • Proliferação de pragas e doenças
  • Diminuição dos índices pluviométricos

Combate ao desmatamento

Nas últimas décadas, vários países têm desenvolvido projetos afim de conter o desmatamento e seus efeitos no mundo. Em 1992 aconteceu a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, a ECO-92, evento que reuniu líderes mundiais para debater os problemas ambientais.

A Declaração de Princípios sobre Florestas foi um dos resultados da ECO-92. O documento contempla uma série de recomendações para a conservação e o desenvolvimento sustentável de florestas.

Já em 1995 foi realizado o Painel Intergovernamental sobre as Florestas, seguido pelo Fórum Intergovernamental sobre as Florestas em 2010. A Organização das Nações Unidas (ONU), entre as suas várias ações, declarou 2011 como o Ano Internacional das Florestas.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

CAIUSCA, Alana. Desmatamento; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/desmatamento >. Acesso em 12 de dezembro de 2019 às 07:13.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Catalase

A Catalase é uma enzima intracelular que normalmente é detectada […]

O carvão mineral é uma fonte de energia não renovável.

Carvão Mineral

O Carvão Mineral é um tipo de combustível fóssil e […]

O corpo humano possui muitos pontos com cartilagem.

Cartilagem

A Cartilagem também chamada de tecido cartilaginoso, é um tecido […]

A carta da Terra tem o objetivo de socorrer e salvar o planeta Terra.

Carta da Terra

A Carta da Terra é um documento de declaração dos […]