Eclipse Lunar

Fenômeno que ocorre quando a Terra fica entre o Sol e a Lua

Eclipse lunar é um fenômeno astronômico que ocorre quando a Terra, o Sol e a Lua encontram-se alinhados de modo que a Lua é ocultada totalmente ou parcialmente pela sombra da Terra.

Eclipse Lunar
Esquema mostra a posição do Sol, da Terra e da Lua durante um eclipse lunar. (Foto: Wikimedia)

Quando o fenômeno ocorre, a Terra fica na linha de intersecção de sua órbita com a da Lua, região conhecida como linha dos nodos. Por isso o eclipse lunar acontece quando coincidem a fase de Lua cheia e a passagem dela pelo seu nodo orbital.

Durante o eclipse, a Lua entra na chamada zona de umbra ou sombra, ou penumbra da Terra, ficando total ou parcialmente invisível durante algum tempo. O tempo de duração do eclipse depende da passagem da Lua pelo seu nodo orbital, podendo durar em média 3 horas, sendo que os eclipses totais não passam de 1,7 hora.

O fenômeno do eclipse lunar pode ser observado à noite de qualquer lugar que a Lua esteja visível. As variações vão depender de fatores como condição atmosférica, pois uma vez que o céu esteja carregado de nuvem, dificulta a visibilidade do fenômeno.

Como ocorre o eclipse lunar?

Existem quatro fases da Lua, porém o fenômeno acontece sempre a fase da Lua cheia. Isso ocorre porque a Lua precisa estar atrás da Terra, do ponto de vista de um observador no Sol.

No entanto, nem toda fase de Lua Cheia provocará um eclipse, uma vez que o plano da órbita da Lua está inclinado 5° em relação ao plano da órbita que a Terra realiza ao redor do Sol.

Assim, o eclipse só ocorre quando a Lua cheia coincide com a passagem da Lua pelo plano da órbita da Terra. Chamado de nodo orbital, esse é o ponto onde a órbita da Lua se encontra com o plano da órbita da Terra e a depender da direção que a Lua cruza o plano, o nodo pode ser classificado como ascendente ou descendente.

Tipos de eclipses lunares

Existem diferentes tipos de eclipses lunares que são classificados de acordo com a parte da Lua que é encoberta pela sombra da Terra.

A Terra projeta uma sombra que possui duas partes chamadas umbra e penumbra. Na região da umbra não há iluminação direta do sol e na penumbra apenas uma parte fica iluminada. Assim, em uma classificação direta, existem três tipos de eclipses lunares: penumbral, total e parcial.

Eclipse lunar penumbral: ocorre quando a órbita da Lua entra na região penumbral, ficando apenas parcialmente escurecida. Nesse fenômeno, ocorre uma variação no brilho da Lua. Em alguns casos, pode ocorrer um gradiente de luminosidade deixando a Lua mais escura na região que se aproxima mais da umbra. Já em outros casos o fenômeno sequer pode ser percebido a olho nu, uma vez que o brilho da Lua se mantém quase que inalterado.

Eclipse lunar parcial: ocorre quando a Lua entra na região da umbra e apenas uma parte da Lua é encoberta pela sombra da Terra. Durante o fenômeno, a Lua fica parcialmente localizada sobre a umbra e parcialmente sobre a penumbra. Desse modo, uma parte recebe os raios solares e a outra parte não recebe iluminação.

Eclipse lunar total: ocorre quando a Lua fica totalmente posicionada na sombra umbral da Terra, deixando toda a face visível da Lua encoberta pela umbra. Geralmente, ela fica totalmente escura, mas em alguns casos, ela apresenta uma aparência alaranjada ou avermelhada, devido à iluminação indireta dos raios solares, dando origem às chamadas luas de sangue. Os eclipses totais podem durar em média 107 minutos e quanto maior for a distância entre a Terra e a Lua, maior será a sua duração.

Além desses, existe outro tipo de eclipse lunar chamado de eclipse horizontal. Embora seja um fenômeno raro, ocorre quando o Sol e a Lua, em eclipse, estão visíveis ao mesmo tempo. Este tipo de eclipse só é visível quando o eclipse lunar acontece pouco antes do poente ou do nascente.

Diferença entre eclipse solar e eclipse lunar

As principais diferenças entre os dois tipos de eclipses são o tempo e o local de onde podem ser observados. Diferente dos eclipses solares costumam durar cerca de 7 minutos, um eclipse lunar pode durar até pouco mais de 3 horas.

Já em relação à observação, o eclipse solar só pode ser visto do caminho do eclipse, enquanto o eclipse lunar pode ser observado de qualquer parte do hemisfério terrestre que esteja voltado para a Lua.

Em outras palavras, enquanto os eclipses solares são visíveis apenas em pequenas áreas, o eclipse lunar pode ser visto em qualquer lugar da Terra em que seja noite.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

DIAS, Fabiana. Eclipse Lunar; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/eclipse-lunar >. Acesso em 19 de novembro de 2019 às 01:15.

Copiar referência

Outros Artigos de Física

Alicate feito com isolantes e condutores de energia.

Condutores e isolantes

Os materiais condutores e isolantes fazem parte do estudo da […]

Panela no fogão

Condução térmica

A condução térmica é o processo de transferência de calor […]

Modelo atômico.

Carga Elétrica

A carga elétrica é uma propriedade das partículas que estabelece […]

Capacitores

Associação de capacitores

A associação de capacitores é a combinação de vários capacitores […]