Esqueleto humano

Estrutura capaz de proteger órgãos, dar suporte e movimento

O esqueleto humano é a estrutura interna do corpo dos seres vivos vertebrados. Ele suporta os diversos músculos do corpo e protege os órgãos vitais.

O esqueleto humano adulto é composto por cerca de 206 ossos. No entanto, esse número pode variar um pouco de indivíduo para indivíduo como é o caso de algumas pessoas, por exemplo, que têm um par extra de costelas.

Os ossos do corpo humano fazem parte do esqueleto axial, composto pelos ossos do crânio e da face, pelas vértebras e costelas, ou do esqueleto apendicular, que é formado pelos membros superiores e inferiores, pelos ossos dos ombros e dos quadris que os ligam ao esqueleto axial.

A articulação e posicionamento dos ossos do esqueleto determinam a natureza dos movimentos do corpo.

Quando leva-se em consideração a relação das subdivisões do esqueleto, com as partes moles como os sistemas do corpo humano nervoso, digestivo, respiratório, cardiovascular e os músculos voluntários do sistema muscular, observa-se que o esqueleto serve, principalmente, para dar suporte, proteção e movimento.

Dentre as funções do esqueleto, acredita-se que o suporte é o mais primitivo e antigo, assim como a parte axial foi a primeira a evoluir.

esqueleto humano
O esqueleto humano é composto por 206 ossos. (Foto: Pixabay)

Crescimento ósseo e estrutura

Partes do esqueleto são feitas de cartilagem no nascimento da criança. Contudo, a formação óssea começa durante o estágio embrionário.

O crescimento dos ossos ocorre por meio de um processo chamado ossificação, na qual as células cartilaginosas se multiplicam, morrem e são substituídas por células ósseas.

O esqueleto humano pode ser dividido em axial e apendicular, dos quais tem-se:

Esqueleto axial: é formado pela caixa craniana, coluna vertebral e caixa torácica.

Esqueleto apendicular: envolve a cintura escapular, que é formada pelas escápulas e clavículas; cintura pélvica, que é formada pelos ossos da bacia e o esqueleto dos membros superiores e inferiores.

Tipos de ossos do esqueleto humano

O corpo humano possui um esqueleto formado por muitos ossos que têm variadas formas. Normalmente, existem quatro tipos de ossos, que são classificados por sua aparência, sendo: longos, planos, irregulares e curtos.

Essas denominações facilitam a assimilação do formato de osso do corpo. Assim, os ossos longos como o fêmur e a clavícula são, como o nome adianta, ossos longos e finos. do lado oposto tem-se ossos curtos como as falanges dos dedos.

Ossos longos

São os ossos mais longos do corpo humano. Têm a função de proteger os órgãos vitais sobre a largura e a espessura. Possui extremidades chamadas de epífises, compostas pelas falanges proximal e distal.

Ossos curtos

Como o nome sugere, são os ossos menores, que têm equivalência em todas as suas dimensões como os ossos dos dedos. 

Ossos sesamoides

Compreendem os ossos que desenvolvem-se no interior de alguns tendões.

Ossos laminares

Denominam os ossos que possuem o comprimento e a largura maiores do que a espessura, como as costelas.

Ossos irregulares

São os ossos diferentes em todas as suas dimensões, ou seja, que não têm equivalência no tamanho das proporções, como as vértebras.

Ossos pneumáticos

São os ossos irregulares localizados no crânio que possuem cavidades que contêm ar, como o maxilar.

Contudo, o esqueleto humano é composto, em sua maior parte, por ossos longos, aos quais os músculos motores se ligam.

Como os ossos humanos são agrupados?

Os ossos mais complexos do esqueleto humano são o crânio, a espinha, a mão e o pé. Eles são agrupados da seguinte forma:

Cabeça

O crânio é um osso formado por outros oito ossos diferentes que se fundem, aos poucos, à medida que a pessoa cresce. A maioria dos ossos da face possui forma irregular e define as cavidades da boca, do nariz, dos olhos e dos seios.

Grande parte do sistema nervoso central encontra-se dentro do esqueleto axial. Nisto, o cérebro fica bem protegido pelo crânio.

Espinha

A coluna vertebral é o suporte fundamental do tronco e principal eixo do esqueleto humano. Estende-se da parte de trás do crânio até a pélvis e é formado por 33 pequenos ossos, além das vértebras que abrigam a medula espinhal.

Mão e pé

A mão e o pé foram ossos que sofreram transformação conforme a evolução da espécie humana. Apesar das diferenças funcionais entre as mãos e os pés, ambos possuem esqueletos muito parecidos.

Tanto nos ossos das mãos quanto dos pés existe uma parte central composta de cinco ossos longos e uma parte traseira formada de ossos curtos que os unem ao membro.

As duas mãos e os dois pés contêm, no total, 106 ossos. Assim, são mais da metade de todos os ossos do esqueleto humano.

Curiosidade

Um osso humano é seis vezes mais forte do que uma barra de aço do mesmo peso. Todos os ossos do esqueleto humano são compostos de tecidos compactos e esponjosos agrupados em diferentes proporções e posições.

Esses tecidos compactos contêm colágeno, proteína que dá flexibilidade e sais minerais aos ossos, sendo responsáveis ​​pela sua solidez.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Chérolet, Brenda. Esqueleto humano; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/esqueleto-humano >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 21:24.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Celoma

O Celoma tem origem do latim “cele” que significa “cavidade”. […]

Cavalo Marinho

O Cavalo Marinho é da espécie do Hippocampus, um gênero […]

Cavalo

O Cavalo é um animal mamífero que pertence a um […]

Caule

O Caule é o órgão que conduz as seivas das […]