Fichamento

Registro de ideias sobre um texto

Fichamento é um registro feito por estudantes e pesquisadores. Ele é construído através das ideias principais de um texto, que pode ser de um livro, artigo, reportagem jornalística, por exemplo.

O fichamento é muito usado como técnica de estudo pessoal e tem muita utilidade na metodologia de pesquisa de um TCC.

O conteúdo de um fichamento pode ser feito de arquivos de resumo, artigo de opinião, citação ou de apenas arquivos bibliográficos, dos textos analisados ou que ainda serão lidos. Por isso, os fichamentos são divididos em:

  • Fichamento de conteúdo (ou de resumo)
  • Fichamento de citações (ou de transcrição)
  • Fichamento bibliográfico

Veja a seguir como fazer cada um e seus exemplos.

Tipos de Fichamento

Conteúdo ou de resumo

Nesse tipo de fichamento encontra-se o pensamento do autor da obra. Aqui se faz uma síntese das ideias presentes em um texto, nesse tipo não pode existir resumo ou julgamentos pessoais sobre o que está sendo resumido.

Grande parte das pessoas faz esse tipo de fichamento da forma errada, apenas reproduzindo partes ou frases do texto original. Para fazer um bom resumo é preciso entender o que está sendo dito no texto.

As ideias devem ser apresentadas de acordo com a ordem em que são expressas no texto.

Assunto: Os professores diante do saber: esboço de uma problemática do saber docente (p. 31-55). Capítulo 1.
Fonte: TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 16. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.
O trabalho do autor baseia-se em uma pesquisa sociológica desenvolvida desde o surgimento, nos anos 1980, da preocupação científica com os saberes dos professores. O autor divide o capítulo em três partes, sendo a primeira sobre a pluralidade do saber docente, a segunda sobre a importância do saber experiencial na visão dos próprios educadores, e a terceira trazendo conclusões preliminares. Tardif argumenta que o saber docente é composto pelos seguintes aspectos: os saberes de formação profissional, os saberes da disciplina em si, os saberes experienciais e os saberes curriculares da instituição escolar.

Citações ou de transcrição

Nesse tipo é feito o registro de citações diretas da obra. Aqui é preciso ficar atento para anotar por completo, sem alterações, o trecho como aparece no trabalho original, fazendo o uso das aspas no início e fim da citação.

Assunto: Os professores diante do saber: esboço de uma problemática do saber docente (p. 31-55). Capítulo 1.
Fonte: TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 16. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.

“Pode-se chamar de saberes profissionais o conjunto de saberes transmitidos pelas instituições de formação de professores (escolas normais ou faculdades de ciências da educação” (p. 36).

“Ao longo de suas carreiras, os professores devem também apropriar-se de saberes que podemos chamar de curriculares. Estes saberes correspondem aos discursos, objetivos, conteúdos e métodos a partir das quais a instituição escolar categoriza e apresenta os saberes sociais por ela definidos e selecionados como modelos da cultura erudita e de formação” (p. 38).

Bibliográfico

O fichamento bibliográfico é o tipo mais simples. Neste modelo destacam-se os trechos mais importantes e interessantes do texto. É preciso ficar atento na hora de anotar as frases, pois elas podem ficar confusas.

C. A; BOCHI, J. I; REGO, J. M; BORGES, M. A; MARQUES, R. M: Economia Brasileira. São Paulo: Editora Saraiva, 2010. 302p.

Durante os anos 1990, o desempenho do produto Interno Bruto (PIB) foi bastante irregular.” (p251)

“Nos primeiros anos da década, período de inflação elevada, o PIB chegou a apresentar crescimento negativo, voltando a aumentar no momento da implantação do Plano Real e após a estabilização da moeda.” (p251)

“O retorno do crescimento, contudo, ocorreu a taxa decrescente, refletindo as dificuldades enfrentadas para a retomada do investimento em bases mais sustentadas.” (p252)

“[…] somente no ano de 2000 o PIB cresceu mais vigorosamente, mesmo assim abaixo do observado no ano de implantação do mercado.” (p252)

“Indústria – No inicio dos anos 1990 foi definida uma Politica Industrial e de Comercio Exterior (Pice), que visava melhorar a capacitação industrial brasileira e realizar a abertura comercial, para estimular a concorrência.” (p253)

Fichamento manuscrito
Os fichamentos podem ser manuscrito ou no Word. (Foto: Pixabay)

Construindo um Fichamento

Ao construir um fichamento é necessário ter um contato breve com o texto através de uma leitura rápida. Essa leitura antecipada servirá para saber do que se trata o texto e o que pretende fichar.

Após o reconhecimento do texto, releia-o várias vezes. Enquanto isso, junte as informações principais de forma organizada e retire as citações indicando onde elas podem ser encontradas na obra.

As ideias que você considera principais podem não ser para outras pessoas. Então, ao concluir o fichamento você irá perceber que é o resultado é um trabalho particular.

O fichamento pode ser feito manualmente em fichas, em blocos de anotações ou em suporte informático.

Se o fichamento for uma tarefa solicitada por um professor, é preciso seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

Estrutura de um fichamento:

  • Tema: Local onde será resumido o tema do conteúdo a ser fichado;
  • Bibliografia: nome da obra;
  • Opiniões: rápida opinião sobre o conteúdo a ser fichado;
  • Comentários e análise: mais extenso, onde deverá ser feita uma análise do que foi lido;
  • Citações: separação de apontamentos do autor que podem servir para futuro embasamento da pesquisa.

Utilidade de um fichamento

O fichamento é útil para organizar os estudos por meio de uma boa mensuração da pesquisa em si. Dessa forma, é fácil achar e criar toda a linha de raciocínio do trabalho de conclusão de curso. Entre outras funções do fichamento estão:

  • Criação de críticas a partir da leitura;
  • Base estipulada para criação do conteúdo;
  • Citações esquematizadas;
  • Análise, crítica e ponderações fomentadas;
  • Conhecimento aprofundado do material.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Fichamento; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/fichamento >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 17:51.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]