Futsal

O futsal é um dos esportes mais populares no Brasil

O futsal, também conhecido como futebol de salão, é semelhante ao futebol, contudo adaptado para quadra esportiva com equipe de apenas 5 jogadores e dois tempos cronometrados de 20 minutos. O objetivo é comum aos dois esportes: levar a bola ao gol e marcar pontos.

Não tão popular quanto o futebol, o futsal tem mais de 100 milhões de fãs no país e cerca de 1 milhão fora dele. Contudo, não tem muita popularidade em outros locais do mundo, somente nas Américas, local onde foi criado.

Na maior competição destinada ao esporte, Copa do Mundo de Futsal da Fifa, o Brasil se consagrou campeão em 5 das 8 edições do evento. A Espanha possui 2 títulos e a Argentina 1.

Em 2018, o Brasil encabeçou a lista das melhores jogadoras de acordo com o site "Futsal Plane"t. A cearense Amadinha foi eleita, pela quarta vez seguida, a melhor jogadora do mundo.

Já na categoria masculina, na premiação AGLA Futsal Awards, o Brasil possui oito dos melhores 15 jogadores do mundo. Sendo, Alessandro Rosa Vieira, conhecido como Falcão, o maior nome do futsal brasileiro.

História do futsal

Há duas versões sobre a história do futsal, se foi criado no Uruguai ou no Brasil. Mas pela ordem cronológica acredita-se que surgiu primeiro em 1934 na capital uruguaia Montevidéu, e em 1935 foi trazido para São Paulo, ainda com o nome de “Indoor Football”.

Na década de 30, o Uruguai era uma potência do futebol. Em 1930, o país foi sede da primeira Copa do Mundo de Futebol onde consagrou-se campeão. Dentro desse contexto, surge um grande nome do esporte, o professor de Educação Física e Esporte, Juan Carlos Ceriani Gravier.

Gravier, enquanto membro da Associação Cristã de Moços (ACM), resolveu fazer experimentações unindo o futebol e outros três esportes: handebol, basquete e polo aquático, surgindo assim o futsal em 1934.

Inicialmente o esporte foi chamado de “Indoor Football”, cuja tradução literal é “futebol no interior”.

Futsal no Brasil

Como o Uruguai era um grande nome do futebol na época, os professores João Lotufo e Asdrubal Monteiro se graduaram no Instituto Técnico da Federação Sulamericana das ACM. E ao voltarem ao Brasil, em 1935, trouxeram futsal criado por Gravier para o país.

Em 1950 os professores, Lotufo e Monteiro, modificaram as regras do esporte. Como consequência, em 1957 foi criado o Conselho Técnico de Assessores de Futebol de Salão, por Sylvio Pacheco, com objetivo de uniformizar as regras do futebol de salão.

Durante a década de 50 surgiram outras entidades de futsal: 1954, as Federações Metropolitana e Mineira de Futebol de Salão; em 1955, as Federações Paulista, Cearense, Paranaense, Gaúcha e Baiana de Futebol de Salão.

Em 1956, a Catarinense e a Norte Rio Grandense e em 1957, a Sergipana em 1959 e nas décadas seguintes todos estados possuíam federações próprias. O que firmou ainda mais o esporte no Brasil.

Futsal feminino

Até 1981, a presença de mulheres em alguns esportes estava restrita apenas a torcida. Durante a ditadura do Estado Novo, o artigo 54 do Decreto-Lei nº 3.199, de 14 de abril de 1941, sancionada pelo presidente Getúlio Vargas, limitava as modalidades esportivas praticadas por mulheres:

“Art. 54. Às mulheres não se permitirá a prática de desportos incompatíveis com as condições de sua natureza, devendo, para este efeito, o Conselho Nacional de Desportos (CND) baixar as necessárias instruções às entidades desportivas do país”.

Em 1965, a deliberação nº 7 do CND delimitou, especificamente, as práticas esportivas femininas:

“Não é permitida [à mulher] a prática de lutas de qualquer natureza, do futebol, futebol de salão, futebol de praia, polo aquático, polo, rugby, halterofilismo e baseball”

Seleção feminina de futsal
Seleção Brasileira de Futsal Feminino 2015. (Foto: Wikipédia)

Somente em 1983, o próprio CND oficializou a permissão para as mulheres jogarem futebol e futsal. Em 1992, organizado pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), aconteceu o primeiro campeonato  feminino com a participação de 10 equipes indicadas por suas respectivas federações.

Com esse fato, a participação das mulheres no esporte começou a se popularizar no país e, a partir de 2003 já contava com uma seleção nacional. E em 2005 foi realizada a primeira Liga Futsal Feminina.

Categorias

De acordo com a idade, o futebol de salão é divido em categorias. Confira:

Sub-7: atletas de 5 a 7 anos;
Sub-8: atletas de 7 a 8 anos;
Sub-9: atletas de 8 a 9 anos;
Sub-11: atletas de 10 a 11 anos;
Sub-13: atletas de 12 a 13 anos;
Sub-15: atletas de 14 a 15 anos;
Sub-17: atletas de 16 a 17 anos;
Sub-20: atletas de 18 a 20 anos;
Adulto: atletas de 20 anos em diante;
Veterano: atletas a partir dos 35 anos.

Regras

O Livro Nacional de Regras 2018 é composto por 17 normas e sete anexos, com orientações para prática do esporte tanto para as equipes femininas quanto para as esquipes masculinas. Confira abaixo algumas regras:

Regra 01- Quadra de jogo
2.a) – A quadra de jogo será um retângulo e será marcada com linhas. Essas linhas pertencem ás zonas que demarcam e devem ser de cores diferentes das cores da quadra de jogo.

Regra 02 – A bola
1.a) A bola será esférica. O invólucro será de couro macio ou de outro material aprovado.
1.b) Para as categorias adultas, Sub-20, Sub-17 e Sub-15, masculinas e femininas, a bola em sua circunferência terá no mínimo 62 (sessenta e dois) centímetros e no máximo 64 (sessenta e quatro) centímetros.

Regra 03 – Número de jogadores
1- A partida será disputada entre duas equipes compostas, cada uma, por no máximo 05 (cinco) jogadores, um dos quais será o goleiro.

Regra 04 – Equipamento dos jogadores
3.a) As duas equipes devem usar uniformes diferentes entre si e dos árbitros.

Regra 05 – Os árbitros
2.l) Aplicam sanções aos jogadores que cometam infrações merecedoras de cartões amarelos ou vermelhos, sendo que nos casos de lei de vantagem podem ser aplicados logo após a primeira paralisação.

Principais competições

Com pouco mais de 80 anos de história, o esporte é disputado em âmbitos internacionais e nacionais. Confira abaixo a lista das principais competições:

Nacionais:
• Brasileiro de Seleções;
• Taça Brasil de Clubes;
• Superliga;
• Liga Futsal;
• Ligas Regionais;
• Campeonato Brasileiro de Seleções de Futsal (Adulto Masculino);
• Taça Brasil Futsal (Sub-20/ Masculino)

Internacionais:
Copa do Mundo de Futsal da Fifa;
• Copa Intercontinental de Futsal;
• Campeonato Mundial de Futebol de Salão;
• Campeonatos Sul-Americanos;
• Campeonatos da União Europeia de Futsal;
• Campeonato Sul-Americano de Clubes de Futsal;
• Copa América de Futsal.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

CAIUSCA, Alana. Futsal; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/futsal >. Acesso em 23 de janeiro de 2020 às 18:48.

Copiar referência

Outros Artigos de Educação Física

Importância da atividade física para saúde

A importância da atividade física para a saúde

A importância da atividade física para a saúde está diretamente […]

esportes-paralimpicos-atletismo-pista

Esportes Paralímpicos

Os Esportes Paralímpicos melhoram a condição cardiovascular dos praticantes, aprimora […]

beisebol

Beisebol

Em uma partida de beisebol o objetivo  é pontuar batendo […]

ginástica laboral

Ginástica laboral

A ginástica laboral é o alongamento de várias partes do […]