Gêneros Literários

Classificação dos tipos de textos com estilos literários

Gêneros literários são as classificações dos textos literários de acordo com as características formais. Eles são divididos a partir de critérios estruturais, semânticos e contextuais.

Para que seja possível compreender essa divisão dos gêneros literários, é necessário relembrar o que é literatura. Segundo o dicionário Michaelis, literatura é a “arte de compor escritos em prosa ou em verso, de acordo com determinados princípios teóricos ou práticos”.

É definido também como “o conjunto das obras literárias de um país, um gênero, uma época etc. que, pela qualidade de seu estilo ou forma e pela expressão de ideias de interesse universal ou permanente, têm reconhecido seu alto valor estético”.

A partir dessa definição, pode-se compreender que a literatura expressa, por meio de palavras, sensações, desejos ou emoções, englobando os mais diversos tipos de texto, que são os gêneros literários.

Classificação dos gêneros literários

A primeira classificação dos gêneros literários foi feita na Grécia Antiga, pelo filósofo Aristóteles (384 a.C.-322 a.C.) com a seguinte divisão: Gênero Lírico, Gênero Épico, Gênero Dramático. Porém, com o passar dos anos, o gênero épico passou a ser chamado de narrativo, tornando-o mais abrangente. Conheça agora as características de cada um deles.

Gênero Lírico

A palavra lírico vem do latim e significa “lira”, instrumento comum na Grécia Antiga, que proporcionava um tom melódico às poesias da época. O gênero lírico segue essa linha e tem como característica a escrita em primeira pessoa do singular (eu). Nele, o escritor apresenta suas emoções e sentimentos mais íntimos por meio de versos, com uma linguagem poética, rítmica e melódica.

O ponto principal desse que é um dos gêneros literários é a subjetividade do autor, o eu-lírico, como é chamada. Ele é subdividido em:

Poesia: está entre as mais antigas formas de literatura e é dividida em versos, que agrupados, são denominados estrofes. Nessa subdivisão, o autor expressa suas visões pessoais e sua ênfase é a estética da língua sobre o conteúdo. A metáfora é uma das ferramentas mais importantes da poesia.

Exemplo:

“Eu te amo, Maria, eu te amo tanto
Que o meu peito me dói como em doença
E quanto mais me seja a dor intensa
Mais cresce na minha alma teu encanto…”
(Trecho da poesia “Soneto de Constrição” de Vinícius de Moraes)

Soneto: poema com estrutura fixa composta por 14 versos, sendo dois quartetos (conjunto de quatro versos) e dois tercetos (conjunto de três versos).

Exemplo:

“De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama…”
(Trecho de “Soneto da Felicidade” de Vinícius de Moraes)

Gêneros Literários
Os gêneros literários são as classificações dos textos de literatura de acordo com a sua forma. (Foto: Pexels)

Ode: poema que apresenta estilo solene, elaboradamente estruturado, com uma composição calorosa e sonora que descreve a natureza e o mundo de maneira emocional e intelectual.

Sátira: é um texto literário que tem como objetivo de criticar determinado tema por meio da ironia e sarcasmo, como a paródia.

Exemplo:

“Que falta nesta cidade?… Verdade.
Que mais por sua desonra?… Honra.
Falta mais que se lhe ponha?… Vergonha.

O demo a viver se exponha,
Por mais que a fama a exalta,
Numa cidade onde falta
Verdade, honra, vergonha

Quem a pôs neste rocrócio?… Negócio.
Quem causa tal perdição?… Ambição.
E no meio desta loucura?… Usura.
(Trecho da sátira “Epigrama” de Gregório de Matos)

Haicai: poema de origem japonesa formado por três versos desprovidos de rima e com uma linguagem simples.

Exemplos de Haicai do Brasil:

“Observei um lírio:
De fato, nem Salomão
É tão bem vestido…”
(“Opinião sobre Modas” de Afrânio Peixoto)

“Caçador de estrelas.
Chorou: seu olhar voltou
com tantas! Vem vê-las!”
(“O Poeta” de Guilherme de Almeida)

Hino: composição musical para louvor ou adoração, seja de uma nação ou divindade. Um exemplo é o Hino Nacional Brasileiro.

Hino Gêneros Literários
Hino do Piauí. (Foto: Wikipedia)

Gênero Narrativo

Esse é um dos tipos de gêneros literários que se caracteriza pela linguagem narrativa, geralmente escrito em prosa, para narrar acontecimentos reais ou imaginários. Sua estrutura básica é formada por introdução, desenvolvimento e conclusão, que pode ser em discurso direto ou indireto.

Os principais elementos são o narrador (conta a história), os personagens, enredo, tempo e espaço (local onde se passa a história). Alguns tipos de gênero narrativo são:

Novela: apresenta uma narrativa breve com vários enredos que se interligam no decorrer da história, com cenários e personagens.

Romance: data da Era Medieval, com Dom Quixote, e apresenta uma história com enredo, temporalidade, ambientação e personagens definidos.

Fábula: tem como principal característica a narração fantasiosa, imaginária e alegórica. As história giram em torno de animais ou artefatos visando o ensinamento, reflexão e transmissão de conhecimentos.

Conto: mais curto que o romance e a novela, é uma obra ficcional com um conteúdo breve, formado por uma história e um conflito. É dividido em introdução, desenvolvimento e clímax.

Crônica: é um texto geralmente produzido com base em acontecimentos cotidianos para meios de comunicação como jornais, rádios, revistas e por isso possuem vida curta. O humor e a ironia são algumas das características da crônica.

Epopeia: poema narrativo que relata ações heroicas referentes a acontecimentos históricos, lendários ou mitológicos. Tem como elementos o narrador, enredo, personagens, tempo e espaço.

Fábula é um texto literário com narração fantasiosa, alegórica e imaginária. (Foto: Pxhere)

Gênero Dramático

Esse é um dos gêneros literários que datam da Grécia Antiga. Envolve a literatura teatral, ou seja, aquela que pode ser encenada, com o diálogo como principal característica. Dessa forma, os principais elementos do gênero dramático são o autor, o texto e o público. Algumas subdivisões são:

Tragédia: retrata um acontecimento trágico em torno de temas como deuses, destino e sociedade.

Farsa: baseia-se em acontecimentos corriqueiros e familiares com um tom cômico.

Elegia: engrandece a morte de uma pessoa como ponto central de um espetáculo, como “Romeu e Julieta”, de Shakespeare.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

LOPES, Adriana. Gêneros Literários; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/generos-literarios >. Acesso em 18 de novembro de 2019 às 18:42.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]