Genes Alelos

São pares de genes iguais

Genes Alelos são genes duplos que ocupam o mesmo lócus em cromossomos homólogos. O lócus é o local onde o gene é fixado no cromossomo, ou seja, a posição do gene no cromossomo.

O gene é uma parte do DNA. Ele contém informações que são herdadas geneticamente, isto é, as características do indivíduo.

A função do gene é armazenar e transmitir informações genéticas aos seres vivos.

De acordo com os estudos da Genética, cada ser vivo carrega uma quantidade diferente de genes. Conheçam essas variações de acordo com cada espécie:

Drosophila melanogaster (mosca) – Número de genes: 13.700
Oryza sativa (arroz) – Número de genes: 45-55.000
Mus musculus – Número de genes: 29.000
Homo sapiens (ser humano) – Número de genes: 19.000

Os genes estão presentes nos cromossomos, mas para que os genes sejam alelos é necessário que os cromossomos sejam homólogos. Um desses cromossomos é herdado do pai e o outro da mãe.

O que são cromossomos homólogos?

Para entender melhor o que são os homólogos, é fundamental saber primeiro o que são cromossomos.

Os cromossomos são compostos de DNA, responsável por diversas características de uma pessoa como: cor dos olhos, cor e estrutura do cabelo, altura e outros atributos. Eles carregam os genes de um ser vivo.

Genes Alelos
Os genes alelos estão localizados em vários trechos dos cromossomos. (Foto: Pixabay)

Porém esse material genético, o DNA, está condensado ou compactado para que seja possível armazená-lo no núcleo celular, lugar onde ele está localizado.

Vale lembrar que cada ser humano possui 46 cromossomos, 23 herdados da mãe e 23 do pai.

Esses cromossomos são agrupados em pares, ou seja, no total, nós (seres humanos) temos 23 pares de cromossomos, no entanto, 44 autossômicos e 2 sexuais, conhecidos como XX e XY.

Os cromossomos dividem-se em dois tipos:

  • Cromossomos homólogos: são todas os cromossomos que apresentam os mesmos genes, que manifesta-se em pares. Essa dupla só existe nas células somáticas das espécies diploides (2n).
  • Cromossomos heterólogos: são os cromossomos com características diferentes.

Simulação

Imagine que o DNA é uma linha curva, que possui vários trechos (espaços) contendo informações sobre um indivíduo. Essa linha carrega o nosso material genético, e esses pequenos trechos são os genes.

Suponhamos que ao lado dessa linha curva exista uma outra linha curva, que também carreta informações e que também possui trechos chamados genes.

Quando esses genes estão ao lado de outros genes iguais a eles são chamados de genes alelos, porém o fato de serem iguais está relacionado a posição em que estão.

Ou seja, os genes são alelos porque estão localizados no mesmo trecho da linha, e não porque são idênticos.

Genes Alelos
Os alelos são formas alternativas dos genes iguais. (Foto: Pixabay)

Resumindo, temos duas linhas curvas (DNA), cada uma com vários trechos (genes) que estão localizados no mesmo lugar da linha (genes alelos).

Vale ressaltar que esse DNA está todo empacotado no cromossomo. Por isso, falamos que o gene está presente ou dentro dos cromossomos.

Classificação dos genes alelos

Como já sabemos até aqui, os genes alelos são formados por dois pares de genes, cada um deles possui ácidos nucleicos (ADN) e (RNA) que são capazes de definir, por exemplo, a cor da pele e outras características físicas do indivíduo.

Porém, quem define essas características são os genes dominantes, o seu oposto é o recessivo.

Gene Dominante

O gene dominante, como o próprio nome já diz, é o que apresenta uma maior expressividade. Ele é o que determina alguns aspectos das características genéticas de uma pessoa.

O dominante é representado pelas letras maiúsculas.

Exemplo: A, B, C, D ou AA, BB entre outros.

Gene Recessivo

O recessivo é o gene que apresenta menor expressividade quando heterozigoto, mas pode transmitir as suas características quando os genes alelos forem homozigotos. Ou seja, o recessivo manifesta-se apenas quando não estiver na presença de um dominante.

O gene recessivo é representando pelas letras minúsculas.

Exemplo: a, b, c, d ou aa, bb entre outros.

Características dos genes alelos

Os genes alelos nem sempre são iguais. Eles podem apresentar características distintas, sendo classificados de duas formas: homozigotos e heterozigotos.

Homozigoto

Chamamos de homozigotos ou puros os indivíduos que apresentam genes alelos idênticos. Eles são representados por pares de letras apenas maiúsculas ou apenas minúsculas. São aqueles que apresentam alelos AA ou aa.

Os alelos iguais podem ser recessivos ou dominantes. Esse aspecto foi identificado após experiências realizadas e constatadas nas Leis de Mendel.

Heterozigoto

Chamamos de heterozigotos ou híbridos os indivíduos que apresentam genes alelos diferentes. São representados por uma dupla com a alternâncias das letras. Retratamos da seguinte forma: Aa, Bb etc.

Assim sendo, sempre existe uma relação de dominância entre eles.

Experimento de Mendel

O “pai da genética”, Gregor Mendel, para realizar o seu experimento fez o cruzamento de diversas ervilhas.

Na primeira experiência ele queria saber como as características eram herdadas ao longo das gerações, então utilizou 34 variedades de ervilhas, cruzando as sementes amarelas com as verdes.

Essas ervilhas foram escolhidas, pois as mesmas não transmitiam suas características ao longo das gerações.

Nesse primeiro cruzamento chamado de geração F1 todas as ervilhas nasceram amarelas, passando a serem classificadas de dominantes.

Depois Mendel fez o cruzamento das ervilhas da geração F1 entre si. Ele percebeu que o resultado desse novo cruzamento foi 75% das plantas da geração F2 tinham sementes amarelas e 25% tinham sementes verdes.

Com isso ele concluiu que a característica recessiva não desaparecia ao longo das gerações.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

RIBEIRO, Lohana. Genes Alelos; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/genes-alelos >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 00:11.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Celoma

O Celoma tem origem do latim “cele” que significa “cavidade”. […]

Cavalo Marinho

O Cavalo Marinho é da espécie do Hippocampus, um gênero […]

Cavalo

O Cavalo é um animal mamífero que pertence a um […]

Caule

O Caule é o órgão que conduz as seivas das […]