Globalização

Processo de desenvolvimento dos países

A globalização constitui um processo de aproximação entre diferentes povos nos âmbitos social, econômico, político e cultural. Sua principal característica é a interação do mercado existente entre todos os países, destruindo barreiras econômicas e imigratórias.

A maneira como os mercados de diferentes países interagem entre si, aproximando pessoas e mercadorias está vinculada ao processo de globalização. A cultura, costume e tradição de uma nação são transferidos para outras regiões, graças à troca e liberdade de informações proporcionadas por esse fenômeno.

Origem da globalização

Para alguns historiadores, o processo de interligação do mundo remonta à expansão comercial marítima europeia dos séculos 15 e 16, a chamada Era das Grandes Navegações, onde várias nações lançaram-se ao mar em busca de terras e riquezas.

O segundo motivo está relacionado à aliança existente entre a burguesia e os reis das monarquias nacionais, uma vez que só era possível criar um grande empreendimento de navegações se houvesse um Estado centralizado e aliado ao capital da burguesia.

Após isso, no século XVIII, o processo de globalização caracterizou-se por um aumento ainda maior no fluxo de força de trabalho entre os países e continentes, em especial nas novas colônias europeias de países como a África e Ásia.

Com isso, o homem europeu passou a manter contato com povos de outros continentes, estabelecendo relações comerciais e culturais em diferentes níveis. Outro motivo importante para o desenvolvimento da globalização foram os sistemas de transportes inaugurados em meado do século XIX, como a instalação de ferrovias e navios a vapor.

O século XX trouxe grandes avanços tecnológicos, aliados ao sistema capitalista que se consolidou com a queda mundial da União Soviética. As inovações nas áreas das telecomunicações e da informática, especialmente com a Internet (Quarta Revolução Industrial) foram determinantes para o processo de Globalização.

Dessa forma, o mundo globalizado pode ser dividido em quatro fases principais:

  • 1ª fase: Grande Navegações e Descobertas Marítimas (século XV) – Revolução Industrial (século XVIII);
  • 2ª fase: Revolução Industrial – 2ª Guerra Mundial: expansão do capitalismo;
  • 3ª fase: 2ª Guerra Mundial – queda do Muro de Berlim, fim da União Soviética e do regime socialista (Guerra Fria – 1989);
  • 4ª fase: Nova Ordem Mundial: domínio total do Capitalismo.

Características

O processo de globalização está em constante evolução e devido a isso as mudanças ocorrem de maneira gradativa. Ela foi importante no combate à inflação, facilitando a entrada de produtos importados e de melhor qualidade para os consumidores.

A globalização promoveu o aumento de investidores estrangeiros, que passaram a investir em diferentes países, potencializou as trocas comerciais de bens e serviços internacionais e promoveu o desenvolvimento tecnológico.

Essas ações melhoraram o relacionamento entre vários continentes, abrindo portas para um acesso mais fácil de diferentes culturas e costumes. Além disso, a globalização é caracterizada por alguns pontos. São eles:

  • Fortalecimento das relações internacionais;
  • Criação de blocos econômicos, cujo objetivo principal é estreitar as relações comerciais entre os membros participantes;
  • Avanço das tecnologias de comunicação e dos meios de transporte;
  • Surgimento das multinacionais;
  • Informações transmitidas instantaneamente com a propagação da internet;
  • Aumento da concorrência e competição econômica;
  • Internacionalização dos fluxos de capitais;
  • Privatização de empresas estatais (Neoliberalismo);
  • "Quebra" de barreiras fronteiriças;
  • Tempo de deslocamento em tempo reduzido com a instalação de novos meios de transporte.
Características da globalização
A globalização é um processo existente em diferentes países do mundo. (Foto: Pixabay)

Em contrapartida, a globalização apresenta algumas desvantagens como:

  • Concentração da riqueza em países mais desenvolvidos, visto que só 25% dos investimentos internacionais são direcionados para os países em desenvolvimento;
  • A aculturação pode descaracterizar os costumes culturais de um determinado país;
  • Apropriação cultural indevida, causando o desvirtuamento de signos e símbolos tradicionais das nações;
  • Exploração da matéria-prima e da mão de obra barata. Normalmente isso acontece com a instalação de países desenvolvidos em países mais pobres;
  • Disseminação de atividades criminosas, que antes concentravam-se apenas em uma determinada região, para o restante do mundo;
  • Uso da internet como veículo para atividades ilegais como a prostituição, a pedofilia, o tráfico de drogas, etc.;
  • Alguns especialistas afirmam que a globalização e as mudanças causadas pela revolução tecnológica e científica estão entre as principais causas de desemprego.

Tipos de globalização

A globalização é formada por uma junção de fatores (sociais, culturais e de informação) que unem as civilizações de diversas regiões do mundo. Assim, ela se divide em:

Globalização econômica

O surgimento de blocos econômicos, tais como o Mercosul e a União Europeia é resultado desse processo. A globalização econômica se intensificou na fase da Terceira Revolução Industrial, também conhecida como “Revolução Técnico-Científica”.

Globalização cultural

Caracterizada pelo processo de aculturação, quando a cultura de diferentes nações se unem, proporcionando a troca de costumes e tradições típicas. Assim, valores e símbolos originários de uma única região passam a estar presentes em outros locais como, por exemplo: o Halloween, famosa festa da América do norte, que hoje é comemorada em diferentes locais do mundo.

Globalização de informação

A grande responsável pela criação do conceito desse tipo de globalização é a internet. Com o desenvolvimento das redes sociais (como o “Facebook”, por exemplo), as pessoas podem receber e compartilhar mensagens de qualquer lugar do mundo.

Globalização no Brasil

O Brasil é um país que se mantém no mercado internacional assim como outros países capitalistas, uma vez que ele participa da compra e venda de produtos de outras nações.

Além disso, o país pertence ao Mercosul (bloco econômico), o que garante a sua participação em parceria com outras nações na formulação de estratégias econômicas.

Com a introdução do Plano Collor em 1990, o Brasil cresceu a sua participação no mundo globalizado com a implantação de indústrias, privatização de estatais e o surgimento de empresas multinacionais, que ajudam a fortalecer o país nesse novo cenário.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

MENDONÇA, Camila. Globalização; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/globalizacao >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 18:11.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]