Grafite

Mineral cinza-escuro usado na fabricação de lápis

Grafite é um mineral chamado também de chumbo negro, grafita ou plumbagina. É um mineral de coloração cinza-escura, metálico, macio e maleável.

In natura, o mineral ocorre em formas de cristais hexagonais estruturalmente em camadas. O grafite é uma das variações alotrópicas do carbono.

Grafite
Minério do Grafite. (Foto: Wikipédia)

Alotrópicos são aqueles materiais que possuem a mesma composição química, mas são diferentes.  Os outros tipos dessa categoria são: diamante, fulereno e grafeno.

A diferença entre eles é a organização em sistemas cristalinos diferentes. Ou seja, a disposição dos átomos de carbono.

A maleabilidade do grafite se dar pela rede frouxa que há na disposição dos átomos.  Além disso, é um condutor elétrico.

Entre os grandes exploradores do mineral estão a China, Canadá, Brasil, México, Rússia, Índia, Madagascar e Siri Lanka.

Características químicas do grafite

  • Condutividade elétrica e térmica elevadas (superiores);
  • Quimicamente inerte (alta resistência à corrosão);
  • Excelente lubrificante natural;
  • Ponto de fusão elevado (3.650oC).

Por ter ponto de fusão elevado, possui aplicações como material refratário, por exemplo na fundição de aço.

Na grafita, os átomos de carbono fazem ligações químicas entre si por meio da ligação covalente, mas cada átomo está ligado somente a outros três átomos.

Características físicas

  • Coloração preta;
  • Densidade entre 2.09 – 2.23 g/cm3;
  • Transparência opaca;
  • Fratura porosa;
  • Brilho metálico, algumas vezes terroso;
  • Dureza 1 – 2 na escala de Mohs – pode ser facilmente riscado;
  • Traço é acinzentado escuro ou castanho escuro;
  • Clivagem é perfeita em uma direção;
  • Cristalino;
  • Superlubrificação.

A grafita pode deixar marcas pretas na pessoa ou papel que tiver contato. Os minerais que são associados a ele são: quartzo, calcita, micas, ferro meteorites e turmalinas.

Grafite
O grafite é usado especialmente nas indústrias de fabricação do lápis. (Foto: Pixnio)

Formas do grafite

Existem dois tipos de grafite: sintético e natural. O sintético é produzido industrialmente por meio de altas temperaturas e pressão, utilizando matérias-primas como coque da hulha ou antracito.

In natura, o grafite por ser encontrado em duas formas:

  • Cristalino: grafita flak encontrado em terrenos geológicos que possuem alto grau metamórfico. Possui mais de 85% de carbono.  É um produto bastante procurado, sendo assim tendo uma demanda grande. E lump ou veio que apresenta mais 95% de carbono, atendendo a um mercado mais específico, tendo assim uma demanda mais baixa e crescimento é tímido.
  • Micro Cristalino: grafita amorfa que ocorre em terrenos geológicos com baixo grau metamórfico. Possui entre 65 e 85% de carbono, pureza baixa, seu preço também é baixo, assim como a demanda no mercado.

Aplicações

O grafite é usado na produção de vários produtos, a principal e mais importante é na fabricação do lápis e lapiseira. Ao ser misturado com a argila muito fina forma a mina do lápis nas mais variadas durezas.

As outras aplicações para o mineral são:

  • Fabricação de tijolos;
  • Na fabricação de peças refratarias;
  • Latão e bronze;
  • Lubrificantes sólidos ou a base de água e óleo;
  •  Tintas para proteção de estruturas de ferro e aço;
  • Escovas de motores elétricos;
  • Eletrodos de lâmpadas elétricas de arco voltaico;
  • Catodos de baterias alcalinas;
  • Moderador nos reatores nucleares;
  • Galvanoplastia;
  • Munição;
  • Cerâmica;
  • Petroquímica;
  • Indústrias de cimento;
  • Aditivo na recarburação (fundição) de ferro e aço;

Curiosidades

Existe uma arte de pintura chamada grafite. Ela surgiu nos anos 60, na cidade de Nova Iorque, quando alguns jovens começaram a marcar as paredes da cidade com spray e, ao decorrer do tempo, foi ganhando diversas técnicas.

O grafite é uma arte de rua, pois é praticada em espaços públicos. O que pode ser um problema, uma vez que alguns desses lugares não são legalmente disponibilizados.

Além disso, existe  certa discriminação diante do grafite por ser uma manifestação originada do movimento Hip Hop, que ainda sofre críticas. O hip hop usa essa arte para expressar a opressão social da sociedade.

Já no Brasil, esse modelo artístico começou no final dos anos 1970, sendo iniciado em São Paulo, momento em que os militares estavam no poder.

Então, esse tipo de pintura era uma forma de expressar os incômodos de uma geração. Por tais motivos, o estilo brasileiro é considerado um dos melhores do mundo.

Mesmo assim, a expressão artística é vista por muitos como vandalismo ou poluição visual, sendo confundindo muitas vezes por pichação.

A pichação é o ato de escrever em vias públicas, edifícios, etc. Já o grafite é voltado para o desenho.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Cleane. Grafite; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/grafite >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 01:49.

Copiar referência

Outros Artigos de Química

formula estrutural condensada linear

Fórmula Estrutural

A fórmula estrutural é uma das fórmulas da química orgânica […]

Forças intermoleculares

Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares é um dos assuntos que mais caem […]

Filtração

Filtração

Filtração é um dos métodos da química utilizada para fazer […]

Explosão causada por elementos radioativos

Fissão Nuclear

A fissão nuclear é o processo de divisão de núcleos […]