Groenlândia

Maior ilha do planeta

A Groenlândia é considerada a maior ilha do planeta Terra. Essa é uma região independente da Dinamarca, localizada nas proximidades do litoral norte do Canadá e do oceano Glacial Ártico; ao sul ela é banhada pelo oceano Atlântico.

Aproximadamente 84% do solo da Groenlândia é coberto por gelo, isso acaba impossibilitando o desenvolvimento de atividades econômicas do povo que habita aquela região

Dados Gerais

Capital: Nuuk.

Extensão territorial: 2.166.000 km² (¾ da sua extensão é coberta de gelo).

Habitantes: 56.171 (dados de 2015).

Clima: Polar. No oeste, é menos rigoroso.

Idioma: Língua groenlandesa.

Religião: Cristianismo.

Moeda: Coroa dinamarquesa.

Sistema de Governo: Democracia Parlamentar.

Principais cidades: Nuuk (capital), Sisimiut, Ilulissat e Qaqortoq.

Idiomas: groenlandês e dinamarquês (oficiais).

Bandeira da Groenlândia
Bandeira da Groenlândia. (Foto: Wikipédia)

Groenlândia clima

A Groenlândia possui clima ártico, mas devido à extensão territorial da ilha é possível encontrar diferenças climáticas. Por isso, é comum as mudanças bruscas de temperatura e, na maioria das vezes, a precipitação é em forma de neve.

Climaticamente a Groenlândia pode ser dividida em duas zonas diferentes: a região costeira, que no decorrer do pequeno verão é livre de gelo, e o interior da ilha, que é coberto por uma grande camada de gelo o ano inteiro.

Normalmente o interior da ilha registra temperaturas acima de zero somente em pequenos períodos do verão. O clima nessa região é bem frio, com temperaturasde -35°C. No inverno o termômetro varia entre -5°C e -30°C e no verão varia entre 4°C e 15°C.

Na parte sul da ilha é possível encontrar locais ao longo dos fiordes – grandes entradas de mar entre altas montanhas rochosas – onde a temperatura pode chegar a 20°C em determinados dias de junho, julho ou agosto. Como o ar é muito seco, as temperaturas não parecem ser tão frias como a da Europa.

Economia

Na parte norte da ilha fica guardado o maior tesouro econômico do país, os diversos e abundantes minérios - minas de chumbo, minério de ferro, carvão, molibdênio, ouro, platina e urânio.

No entanto, a economia não é formada apenas da atividade mineral. A Groenlândia é a 149° maior economia de exportação do planeta. Somente em 2017, exportou US$ 911 milhões e importou US$ 683 milhões, resultando em um saldo comercial positivo de US $ 228 milhões.

Os principais produtos exportados pelo país são filé de peixe congelado, crustáceos, crustáceos processados, filetes de peixe e peixe processado.

Mesmo desenvolvendo algumas atividades econômicas, a ilha depende do suporte financeiro da Dinamarca.

No decorrer da Segunda Guerra Mundial a Groenlândia deixou de depender da Dinamarca, tanto nos aspectos sociais quanto nos econômicos. Depois disso, a ilha se associou aos Estados Unidos e ao Canadá. Após o fim da conflagração bélica o arquipélago voltou ao domínio dinamarquês, não mais como colônia, e sim como região independente.

História

A Groenlândia foi descoberta pelos vikings em 981. Eles realizavam navegações e quando estavam indo rumo à América descobriram o país. Os vikings estavam sob a administração de Erik, o Vermelho.

Após quatro séculos de ocupação, os vikings saíram da Groenlândia e os esquimós passaram a ocupar aquela região depois de vencê-los. Além da derrota, muitos vikings morreram em decorrência da peste negra.

Em 1378, a Groenlândia passou para o domínio da Dinamarca. Porém, em 1953, o país conquistou constitucionalmente a igualdade política, assim como as outras partes do reino da Dinamarca.

Nuuk Groenlândia

Nuuk ou Nuque é a capital e maior cidade da Groenlândia, com aproximadamente 17.635 habitantes (estimativa de 2017). A cidade foi fundada em 1728 pelo padre Hans Egede, que foi mandado à Groenlândia pelo rei dinamarquês para encontrar os escandinavos das antigas expedições vikings.

A cidade fica na costa oeste da ilha, cerca de 240 quilômetros ao sul do Círculo Ártico. Mesmo tendo registrado um grande avanço populacional, desenvolveu-se pouco ao longo dos séculos.

Cidade da Groenlândia
Nuuk, a capital do país. (Foto: Wikipédia)

No entanto, vem apresentando um crescimento diverso e constante, já que os moradores  estão se adaptando bem as características de uma cidade industrial moderna. 

A capital possui ramos da administração pública, como o Parlamento da Groenlândia, o Tribunal Gronelandês, a Biblioteca Nacional, o Museu Nacional e o Hospital Especializado Nacional.

Nuuk apresenta ainda, instituições educacionais relevantes, como uma escola de nível secundário, um colégio de educação primária e a Universidade da Groenlândia, a única universidade pública do país.

Curiosidades

Agora que já estudamos sobre a história, o clima, a economia e a capital, vamos conhecer algumas curiosidades desse país:

  • População muito pequena;
  • A capital, Nuuk, já foi uma cidade Viking;
  • Grande parte dos assentamentos já não têm habitantes;
  • O ponto mais alto da ilha chama-se monte Gunnbjørn;
  • Nos dias mais curtos do ano quase não há luz do Sol;
  • O mundo entraria em colapso se todo gelo da ilha derretesse.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Groenlândia; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/groenlandia >. Acesso em 20 de novembro de 2019 às 03:36.

Copiar referência

Outros Artigos de Geografia

As Cataratas do Iguaçu é uma das mais exuberantes belezas naturais da bacia Platina.

Bacia Platina

A Bacia Platina, também chamada de bacia do rio da […]

A bandeira do Chile representa o país internacionalmente.

Bandeira do Chile

A Bandeira do Chile possui duas listras de igual tamanho, […]

Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste

A Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste está entre as doze […]

A folha de bordo compõe a bandeira do Canadá.

Bandeira do Canadá

A Bandeira do Canadá é formada por uma tribanda de […]