Guerra Civil

Conflito armado entre grupos da mesma nação

Guerra Civil é um conflito armado entre membros de uma mesma nação, cujo objetivo é assumir o controle de determinada região ou de toda uma nação, a fim de conseguir independência ou alteração de políticas do governo.

Diferente de uma guerra entre nações, em uma guerra civil não há luta contra uma ameaça externa. Salvo em raros casos em que o conflito se dá entre dois países que foram criados a partir da divisão de um único Estado.

Também pode ser considerada como guerra civil, o conflito de um Estado contra um grupo de opositores dentro do mesmo território. Muitas vezes, as guerras civis envolvem forças armadas regulares e podem resultar em um grande número de vítimas e no consumo de recursos expressivos.

Um dos fatores que contribuem para a explosão de uma guerra civil é a instabilidade política de uma nação. Países com governos autoritários ou com oscilações constantes do cenário político são, historicamente, alvos de conflitos civis.

Guerra Civil
Soldados na Guerra Civil da Somália, instalada desde 1991. (Foto: Wikipedia)

Definições de Guerra Civil

Estudiosos definem guerra civil como um conflito violento dentro de um país entre grupos organizados que visam tomar o poder central ou em uma região, ou para alterar as políticas do governo.

Alguns cientistas políticos divergem sobre o conceito de guerra civil. Enquanto uns consideram uma guerra civil como tendo mais de mil vítimas, outros ainda consideram que pelo menos cem vítimas devem vir de cada lado do conflito.

No século XIX, grandes potências mundiais se reuniram na cidade de Genebra, Suíça, para discutir os limites da guerra. Assim, surgiu a Convenção de Genebra, a partir da qual foram elaborados tratados internacionais entre 1864 e 1949.

Apesar de não definir especificamente a guerra civil, a Convenção de Genebra definiu os critérios de qualificação para os atos que inclui guerras civis. Entre as condições listadas estão:

  • O partido rebelde precisa possuir uma parte do território nacional;
  • Proibição de ataques à população civil e seus meios de subsistência;
  • Fornecer alimentação e água para os prisioneiros de guerra;
  • Os médicos e enfermeiros não podem ser impedidos de desenvolver o seu trabalho;
  • Proibição de armas químicas e minas terrestres.

Cabe ressaltar que os tratados, geralmente, são revisados para se adaptar às novas tecnologias e formas de combate.

Características de uma Guerra Civil

Os motivos para uma comunidade entrar em conflito armado são variados, desde razões religiosas até pretextos territoriais e econômicos. As guerras civis costumam apresentar algumas características e os principais aspectos que caracterizam o conflito nacional são:

  • Luta armada;
  • Tem caráter civil com forte participação popular;
  • Tem como objetivo a aquisição, manutenção ou exercício da autoridade nacional.

Crescimento dos conflitos nacionais ao longo da história

Antes do período da Segunda Guerra Mundial as guerras civis duravam em média 1 ano e meio. No entanto, desde o fim do conflito militar global que os conflitos nacionais passaram a se estender para, em média, pouco mais de quatro anos.

A partir de meados do século XIX, a taxa de surgimento de novas guerras se tornaram constantes. Além disso, aumentou o número de conflitos em curso simultaneamente em diferentes países.

No início do século XX haviam cerca de cinco conflitos simultâneos, já no final da Guerra Fria, o número de guerras civis concomitante passavam de 20.

Esses números caíram após o fim do conflito ideológico e houve uma diminuição significativa, no entanto, ao longo dos anos subsequentes outras guerras foram surgindo, fazendo vítimas em diversos países do mundo.

Estima-se que desde 1945, as guerras civis já mataram mais de 25 milhões de pessoas, provocou colapsos econômicos em diversas nações, forçou a migração de milhões de pessoas que foram obrigadas a sair do país para fugir dos conflitos.

Guerras civis no Brasil

O Brasil já passou por algumas guerras civis que vão desde conflitos do Período Regencial à Revolução de 1932. Entre os principais exemplos de guerra civil no Brasil, estão:

  • Guerra dos Farrapos: também conhecida como Revolução Farroupilha, essa guerra aconteceu entre 1835 e 1845. Os conflitos eram contra os rebeldes, liberais farroupilhas e as tropas oficiais do Brasil Império. O conflito armado tinha caráter republicano contra o governo imperial. A partir da Guerra dos Farrapos resultou a independência da província de São Pedro do Rio Grande do Sul.
  • Guerra de Canudos: esse foi um dos conflitos armados mais conhecidos da história do Brasil. Ocorrida no interior da Bahia de 1896 a 1897, a Guerra de Canudos envolveu o Exército Brasileiro e os integrantes de um movimento popular de fundo sócio-religioso liderado por Antônio Conselheiro. O saldo da guerra foi a destruição total de Canudos, a degola de prisioneiros de guerra e o incêndio de todas as casas do arraial. Calcula-se que o conflito matou cerca de 20 mil sertanejos e 5 mil militares.
  • Revolução de 1932: esse movimento foi uma reação ao golpe de Estado ocorrido dois anos antes, com a chamada Revolução de 1930. Nessa ocasião, Getúlio Vargas, após ser derrotada nas eleições presidenciais, depôs o presidente Washington Luís com o apoio dos militares, e instaurou um governo provisório. As batalhas se concentraram no interior de São Paulo, sobretudo, na região do Vale do Paraíba. Foram 40 mil soldados paulistas contra 100 mil do Exército de Getúlio. Algumas cidades foram bombardeadas e estima-se que mais de 600 tenham morrido, apesar dos números serem imprecisos.

Conflitos em andamento

Na atualidade, diversos países do mundo encontram-se em conflitos armados. A estimativa é  que esses conflitos sejam responsáveis por mais de mil mortes violentas por ano, com base em uma categorização utilizada pelo Programa de Dados de Conflitos de Uppsala, que foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU).

As principais guerras civis em andamento na atualidade ocorrem em diversos lugres do mundo e continuam fazendo vítimas fatais.

  • Insurgência Islâmica na Nigéria – iniciada em 1953           
  • Guerra Civil na Colômbia – iniciada em 1964           
  • Insurgência Naxalita (Índia) – iniciada em 1967
  • Guerra Civil Afegã – iniciada em 1978
  • Guerra Civil Somali – iniciada em 1991          
  • Guerra do Iraque – iniciada em 2003   
  • Guerra no Noroeste do Paquistão – iniciada em 2004      
  • Guerra contra o narcotráfico no México – iniciada em 2006       
  • Conflito de Darfur – iniciada em 2011 
  • Guerra na Síria – iniciada em 2011      
  • Guerra Civil Ucraniana – iniciada em 2014    
  • Guerra Civil Iemenita – iniciada em 2015

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

DIAS, Fabiana. Guerra Civil; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/guerra-civil >. Acesso em 11 de dezembro de 2019 às 22:44.

Copiar referência

Outros Artigos de História

A China antiga tem uma história muito rica.

China Antiga

A China Antiga tem uma vasta contribuição para o desenvolvimento […]

Causas da Segunda Guerra Mundial

As Causas da Segunda Guerra Mundial formaram um conjunto de […]

Todas as causas da Revolução Industrial foram importantes para o desenvolvimento tecnológico.

Causas da Revolução Industrial

As Causas da Revolução Industrial foram eventos que promoveram muitas […]

Monumento em homenagem aos mortos pelas causas da Primeira Guerra Mundial.

Causas da Primeira Guerra Mundial

Uma das Causas da Primeira Guerra Mundial, a razão que […]