Hidrólise

É o processo em que ocorre a quebra de partículas em moléculas menores na presença de água

A hidrólise é a designação dada às transformações químicas ou reações químicas em que as moléculas de substâncias diversas são quebradas em unidades menores a partir da atuação dos íons, sejam eles cátions ou ânions, por meio da interferência da ação das moléculas de água.

Portanto, a denominação de hidrólise consiste em qualquer reação química que envolva a fragmentação de uma molécula por ação da molécula de água, sendo hidro, relativo a "água" e lise igual a "quebra" ou "fragmentação".

Essa alteração ocorre por causa da alteração das moléculas de íons, sendo liberados para a solução composta por cátions de hidrogênio (H+), elemento positivo ou ânions de hidroxila (OH–), elemento com carga negativa.

Dessa forma, determinada molécula quebra-se e tem suas ligações complementadas com os íons resultantes da molécula de água, tendo em vista a formação de uma molécula diferente da molécula originária da reação química.

Na hidrólise de uma proteína qualquer, o ácido e o aquecimento, juntamente com os íons da água, promovem a quebra da ligação peptídica.

Em seguida, o hidróxido faz uma ligação com o carbono, formando uma carboxila, e o hidrogênio faz uma outra ligação com o nitrogênio.

Como resultado da hidrólise de determinada proteína, ocorre a liberação de duas moléculas do aminoácido chamado de glicina.

Importante! Os aminoácidos apresentam grande importância para o organismo humano, como qualidade do sistema imunológico e produção do hormônio relacionado ao crescimento.

 

hidrólise
A hidrólise é a quebra de componentes com a presença da água (Foto: Guia Estudo)

Tipos de hidrólise

Hidrólise salina

Hidrólise salina é um fenômeno químico em que os íons originários da associação de um sal (NacL) dissolvido na água interagem com os íons da água, formando um ácido ou ainda uma base fraca.

Essa hidrólise salina ocorre quando o cátion hidrônio (H+) interage com o ânion do sal (X-), formando um tipo de ácido fraco.

Esse processo também ocorre quando o cátion (Y+) do sal interage com o ânion hidróxido (OH-), formando uma base fraca.

fórmula que representa a hidrólise salina
A hidrólise salina ocorre quando o sal interage com os íons de água. (Foto: Guia Estudo)

Base fraca

Uma base é fraca quando formada por elementos químicos que não pertencem às famílias dos metais alcalinos e metais alcalino-terrosos.

Ácidos fracos

São considerados fracos os ácidos que não são classificados como hidrácidos, ou seja, aqueles elementos que não possuem o O, HCl, HBr, HI e HF. 

Hidrólise de proteínas

A hidrólise de uma proteína consiste no processo em que unidades de aminoácidos são separadas umas das outras pela quebra da ligação peptídica (ligação de proteínas) que existe entre elas.

Isso ocorre em consequência da ação da água e de algum outro agente.

Por ser considerada uma ligação muito forte, a peptídica não pode ser quebrada somente com a interação com a água. Nesse caso, é necessário o auxílio de um agente com teor ácido capaz de auxiliar a quebra.

No organismo humano, as enzimas digestivas são responsáveis por exercer essa função. Em laboratório, além das enzimas, podem ser usados ácidos fortes, como o ácido clorídrico.

Desidratação e Hidrólise

Tanto a hidrólise quanto o processo decorrente da desidratação são fenômenos químicos que envolvem a presença de moléculas de água.

Existe, entretanto, uma diferença considerável entre as duas reações químicas: na hidrólise, ocorre a quebra de moléculas pela ação da água, já na desidratação, ocorre a formação de moléculas de água.

A hidrólise pode ser enzimática ou ácida, já a desidratação pode ser intermolecular ou intramolecular.

Abaixo, estão esclarecimentos e exemplos de como ocorrem os dois tipos de desidratação relacionadas às moléculas. 

Desidratação intermolecular: ocorre este processo quando a molécula de água é formada por intermédio da retirada de uma hidroxila de uma molécula e do hidrogênio de outra molécula.

desidratação intermolecular através da hidrólise
A desidratação intermolecular ocorre quando as moléculas de hidroxila e hidrogênio são retiradas de moléculas diferentes(Foto: Guia Estudo)

Desidratação intramolecular: ocorre este processo quando a molécula de água é formada a partir da retirada de uma hidroxila e de um hidrogênio de uma única molécula:

desidratação intramolecular através da hidrólise
A desidratação intramolecular ocorre quando as moléculas de hidroxila e hidrogênio são retiradas das mesmas moléculas. (Foto: Guia Estudo)

A hidrólise, portanto, é um processo que está relacionado ao funcionamento do metabolismo dos seres vivos, principalmente com as reações químicas que envolvem a presença de enzimas digestivas.

Abaixo estão listas algumas enzimas que participam de processos digestivos, importante para a compreensão de como ocorre a quebra de moléculas durante a ação do sistema digestivo:

–> Digestão de carboidratos: sacarose. Nesse processo digestivo ocorre a quebra da sacarose em glicose e frutose, dois tipos diferentes de aminoácidos. Após a quebra da maltase são formadas duas moléculas de glicose; 

–> Digestão de proteínas: protease. Nesse processo digestivo ocorre a quebra da protease e essa a molécula da proteína forma os aminoácidos;

–> Digestão de lipídios: lipase. As moléculas de lipídios são fragmentadas em moléculas menores de colesterol, ácidos graxos e glicerol.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Neves, Juliete. Hidrólise; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/hidrolise >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 00:31.

Copiar referência

Outros Artigos de Química

formula estrutural condensada linear

Fórmula Estrutural

A fórmula estrutural é uma das fórmulas da química orgânica […]

Forças intermoleculares

Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares é um dos assuntos que mais caem […]

Filtração

Filtração

Filtração é um dos métodos da química utilizada para fazer […]

Explosão causada por elementos radioativos

Fissão Nuclear

A fissão nuclear é o processo de divisão de núcleos […]