Idade Média

Período da história da Europa

A Idade Média teve início após a queda do Império Romano do Ocidente, em 476 d.C., e terminou com a tomada de Constantinopla – capital do Império Bizantino – pelos turcos-otomanos, em 1453. Essa parte da história foi dividida em dois períodos: Alta e Baixa Idade Média.

O período da Alta Idade Média ocorreu entre os séculos V e X. Foi o período de solidificação na Europa Ocidental e do feudalismo, sistema socioeconômico predominante na era medieval. Entretanto, no Oriente, esse período foi dividido em dois impérios: o Bizantino e o Árabe.

Já a baixa Idade Média aconteceu do século XI até o fim do período medieval, no século XV. Foi nessa época que o feudalismo atingiu o seu auge e entrou em declínio. Aos poucos, ele começou a passar por mudanças que só terminaram na Idade Moderna, quando foi trocado, no meio político, pelas monarquias nacionais e, no econômico, pelo sistema mercantilista.

Nobres da Idade Média
Ilustração dos membros da Idade Média. (Foto: Wikipédia)

Alta Idade Média

Na Alta Idade Média houve a continuação dos processos de retirada de indivíduos de alguns locais, regressão urbana, e invasões bárbaras que tiveram início durante a Antiguidade Tardia. Os ocupantes bárbaros criaram novos reinos, se apoiando na estrutura do Império Romano do Ocidente.

Durante o século VII, o Norte da África e o Médio Oriente, que haviam feito parte do Império Romano do Oriente, se tornaram territórios islâmicos após a conquista pelos sucessores de Maomé. O Império Bizantino permaneceu e se tornou uma grande potência.

Mesmo com grandes mudanças na estrutura política e social, no Ocidente a ruptura com a Antiguidade não foi total e a maioria dos novos reinos absorveu a maior quantidade possível de instituições romanas já existentes.

O cristianismo se espalhou pela Europa ocidental e viu uma epidemia de novos espaços monásticos. Ao longo dos séculos VII e VIII constituiu um império que dominou e controlou boa parte da Europa ocidental até o século IX, quando entram em colapso diante os ataques de vikings do norte, Magiares do leste e Sarracenos do sul.

Durante a Alta Idade Média pode-se destacar o Reino Cristão dos Francos, o feudalismo e o Império Bizantino.

O Reino Cristão dos Francos

O Reino dos Francos foi o território habitado e governado pelos francos na Antiguidade Tardia e Alta Idade Média. Formaram o reino mais poderoso da Europa Ocidental depois da queda de Roma.

Feudalismo

O sistema feudal foi um modo de organização social e político que era baseado nas relações servis. Esse sistema teve sua origem na decadência do Império Romano e prevaleceu na Europa no decorrer da Idade Média.

Os senhores feudais tinham terras porque o rei dava. Os camponeses tinham o papel de cuidar da agropecuária e em troca disso recebiam o direito a uma gleba – pequena parte da terra – para morar além de proteção contra as investidas dos bárbaros.

Império Bizantino

O Império Bizantino formou-se da divisão do Império Romano em duas partes: Império Romano do Oriente, com capital em Constantinopla e Império Romano do Ocidente, com capital em Milão.

Baixa Idade Média

A Baixa Idade Média começou após o ano 1000.  Durante esse período foi verificado na Europa um grande crescimento demográfico e o ressurgimento do comércio, à medida que novas técnicas agrícolas permitiam maior produtividade de solos e colheitas.

Foi nessa época que começaram e se estabelecer as duas estruturais sociais que controlaram a Europa até o Renascimento: o senhorialismo – grupo de camponeses em aldeias que pagam renda e prestam vassalagem a um nobre, e o feudalismo – organização política em que os nobres de estatuto inferior prestam serviço militar aos seus senhores, recebendo como recompensa uma gleba e o direito a cobrar impostos em determinado território.

As cruzadas, citadas pela primeira vez em 1095, representaram uma tentativa dos cristãos em reaver dos muçulmanos o comando sobre a Terra Santa, tendo chegado a se estabelecer em alguns estados cristãos no Médio Oriente.

Nos últimos séculos da Baixa Idade Média foram registradas guerras, adversidades e catástrofes. O povo foi assolado por falta de bens essenciais para sobrevivência e pestes; só a peste negra matou um terço da população europeia entre os anos de 1347 e 1350.

O Grande Cisma do Ocidente (crise religiosa que ocorreu na Igreja Católica) teve grandes implicações na sociedade e foi um dos motivos para a origem de inúmeras guerras entre estados. Ocorreu também uma grande quantidade de guerras civis e revoltas populares dentro dos próprios reinos. O avanço cultural e tecnológico mudou completamente a sociedade europeia, fechando a Idade Média e dando início à Idade Moderna.

Podemos destacar nessa época a crise do feudalismo, as Cruzadas e o renascimento comercial.

Crise do feudalismo

A partir do século XII, ocorreram várias transformações na Europa que contribuíram para a crise do sistema feudal: o renascimento comercial impulsionado, principalmente, pelas Cruzadas; o aumento da circulação das moedas, principalmente nas cidades, o que reduziu o sistema de trocas de mercadorias, característica principal do feudalismo; desenvolvimento dos centros urbanos, causando o êxodo rural. Muitos servos passaram a comprar sua liberdade ou fugir, atraídos por oportunidades de emprego nos centros urbanos.

As Cruzadas

As Cruzadas eram tropas ocidentais mandadas à Palestina com o objetivo de recuperar a liberdade de acesso dos cristãos à Jerusalém. A guerra pela Terra Santa foi do século XI ao XIV, iniciada logo depois do domínio dos turcos seljúcidas sobre essa região classificada sagrada para os cristãos. Após o domínio da região, os turcos passaram a impedir a peregrinação dos europeus, através da captura e do assassinato de muitos peregrinos que visitavam o local unicamente pela fé.

Renascimento comercial

O renascimento comercial da Idade Média aconteceu devido a ampliação das rotas comerciais e da consolidação das feiras anuais, que atraíam vários comerciantes interessados na venda e troca de produtos. Essas feiras marcaram o retorno da utilização da moeda.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Idade Média; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/idade-media >. Acesso em 29 de outubro de 2019 às 08:01.

Copiar referência

Outros Artigos de História

Todas as causas da Revolução Industrial foram importantes para o desenvolvimento tecnológico.

Causas da Revolução Industrial

As Causas da Revolução Industrial foram eventos que promoveram muitas […]

Monumento em homenagem aos mortos pelas causas da Primeira Guerra Mundial.

Causas da Primeira Guerra Mundial

Uma das Causas da Primeira Guerra Mundial, a razão que […]

Causas da Independência do Brasil

As Causas da Independência do Brasil foram uma série de […]

As cavernas eram muito utilizadas antes do período de transição.

Características do período mesolítico

Para entender as características do período mesolítico é necessário compreender, […]