Introdução de uma redação

É a base que irá determinar a discussão do tema

Introdução de uma redação é o parágrafo inicial que irá nortear todo o tema decorrido ao longa do texto. Normalmente, a parte introdutória compreende cerca de 4 a 5 linhas, em uma redação com limite de 30 linhas.

A redação consta de três parágrafos: introdução, desenvolvimento e conclusão. É no desenvolvimento que o escritor expõe todos os argumentos. Essa estrutura pode ser aplicada em todos os tipos de redação.

Tipos de redação

  • Narrativa
  • Descritiva
  • Dissertativa
  • Dissertativa-argumentativa
  • Explicativa
  • Injuntiva
  • Institucionail ou publicitária

Introdução de uma redação narrativa

O texto narrativo é aquele que narra um acontecimento através de uma sequência de fatos. Nesse estilo será a narração de um fato, e para isso tem que deixar claro quem são os personagens e o tempo e espaço (o contexto) da história. Toda narrativa deve ter começo, meio e fim.

No caso do texto narrativo, sua estrutura terá uma única diferença, pois além da introdução, desenvolvimento e conclusão, ele terá entre o desenvolvimento e a conclusão, um clímax.

Para produzir uma redação narrativa, muitos detalhes vão lhe ajudar. Para isso, conheça os elementos fundamentais para um bom texto narrativo.

  • Enredo
  • Tempo
  • Espaço
  • Narrador
  • Personagem

É na introdução de uma redação narrativa que será apresentado o contexto do fato (tempo e espaço) e os personagens principais. É necessário trazer o leitor para dentro dos fatos, dos desdobramentos da história.

Os verbos, advérbios e locuções adverbiais (marcadores de tempo) serão os responsáveis por indicar o intervalo de tempo em que ocorreu o acontecimento.

Para que a construção de sua introdução fique organizada, tente fazer respondendo as seguintes perguntas: Com quem aconteceu o fato? Quando acontece o fato? Onde aconteceu o fato?

Desta forma, o parágrafo introdutório ficará bem estruturado, e consequentemente todo o seu texto.

Introdução de uma redação
Introdução de uma redação tem o objetivo de apresentar o tema para o leitor. (Foto: Pixabay)

Agora o mais importante, a redação dissertativa-argumentativa. É a mais importante, é tipo textual usado no Exame Nacional do Ensino médio (ENEM).

Introdução de uma redação dissertativa-argumentativa

A introdução de uma redação dissertativa-argumentativa é a parte que dará forma ao seu texto. É o primeiro parágrafo que deve ser sucinto e direto. Essa parte é o momento que irá introduzir o tema da sua redação.

  • Faça a apresentação do seu tema e o foco da sua discussão;
  • Evite rodeios e enrolação, seja claro;
  • Na introdução se apresenta a linha de raciocínio para o leitor;
  • Seus argumentos sempre terá o objetivo de convencer o leitor.

O que não fazer na introdução de uma redação

  • Não fuja do tema proposto. Na correção, a banca contará ponto negativo;
  • Não repita o título. Não inicie a introdução com as mesmas palavras do título;
  • Não escreva longos períodos. Torna o texto cansativo para o leitor;
  • Não escreva na 1ª pessoa. Evite ao máximo escrever na forma pessoal (eu).

Dica

A introdução de uma redação dissertativa-argumentativa deve ser bem construída e elaborada, ao escrever o texto responda as seguintes perguntas: O que? Porque? Como? E daí? Mas isso não é uma regra obrigatória, é apenas um macete para estruturar sua redação.

Exemplo: Tema: Legalização do aborto.

O que? Atualmente, o aborto é um problema grave entre as mulheres de baixa renda, e é um caso de saúde pública. Por que? Todos os anos milhares de mulheres morrem em clínicas clandestinas, até mesmo em casa, tentando interromper uma gravidez indesejada. Como? Por não terem condições financeiras, nem serem cobertas pelo governo, muitas mulheres buscam alternativas perigosas. E daí? Embora seja um tabu, se tornou necessário discutir a legalização do aborto no Brasil.

Introdução de uma redação explicativa

Diferente do texto dissertativo-argumentativo, no estilo explicativo o objetivo é passar conhecimento para o leitor.

Nesse estilo, não se deve defender uma ideia, e sim informar um fato. Na redação explicativa, terá que detalhar informações sobre determinado assunto.

Esse tido de produção textual, normalmente é encontrando em manuais de instruções.

Algumas características encontradas em um introdução de uma redação explicativa são

  • Uso de conjunção, como o pois e porque, normalmente encontradas em orações coordenadas explicativas;
  • Orações adjetivas e explicativas;
  • Palavras com o intuito de reiteração, como esclarecendo, reiterando;
  • Travessões (–), parênteses, dois pontos (:), aspas (“”) como pontuações que tem o intuito de explicar;
  • Palavras como significar, compreender, construir, ser, verbos acompanhados de predicados.

Processo de argumentação

O primeiro parágrafo da redação trata-se da introdução, e estará nele a tese que tentará desenvolver durante todo o texto, usando de argumento para convencer o leitor.

A coesão textual na introdução de uma redação dissertativa-argumentativa é fundamental para que seus argumentos façam sentido. A coesão textual é a conexão linguística que irá amarrar as ideias.

Sem a coesão linguística, será ineficaz a transmissão da mensagem ao leitor, e consequentemente, o entendimento. No texto, a coesão pode ser usada por meio de advérbio, pronomes, empregos de conectivos, entre outros.

E por fim, independentemente do tipo textual, a introdução de uma redação será o pontapé de uma dissertação bem organizada.

Para tirar 10 na redação, seguem mais algumas dicas importantes:

  • Esteja atualizado. Não adianta saber estruturar bem o texto e o conteúdo ser fraco. Para isso, observe os assuntos que mais estão em altas nos meios de comunicação. Leia livros, revistas, jornais e qualquer outro veículo de comunicação;
  • Não seja exibido. Use sempre uma linguagem simples, não apele por palavras difíceis ou um coloquialismo muito exagerado, pois isto dá margem para erros;
  • Não seja repetitivo. Evite repetir a mesma palavra diversas vezes, pois isto o torna cansativo para o leitor e empobrece o conteúdo. Busque sinônimos. Leia dicionários no tempo livre em casa, assim seu vocabulário vai aumentar e tornar mais fácil usar palavras alternativas;
  • Seja objetivo. Evite não repetir argumentos em seu texto, dizer a mesma coisa diversas vezes, isto mostra pouco conhecimento de causa e faz com que seu texto perca a qualidade;
  • Organize os parágrafos. Sua redação deve ter no mínimo três parágrafos, introdução, desenvolvimento e conclusão. Podendo ser acrescentado mais um ou dois parágrafos para o desenvolvimento, mas sempre respeitando o limite de linhas estabelecido;
  • Seja coerente. Não aponte problemas sem fundamentos, os problemas devem ser coerentes e passíveis de solução;
  • Releia o texto. Essa releitura fará perceber e corrigir possíveis erros que tenha cometido. Além de lhe dar uma ideia de como ficou seu texto, e desta forma avalar se está claro para o seu leitor.

Por fim, não veja a redação como um bicho de sete-cabeças, basta estudar e praticar. Veja como fazer uma boa redação.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Cleane. Introdução de uma redação; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/introducao-de-uma-redacao >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 17:05.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]