Jair Bolsonaro

Atual presidente da República do Brasil

Jair Bolsonaro é um militar e político brasileiro. Eleito em uma campanha polêmica e empossado no dia 1º de janeiro de 2019, atualmente ocupa o cargo de presidente da República, tornando-se o 38º presidente do Brasil.

Biografia

Jair Messias Bolsonaro nasceu no dia 21 de março de 1955 e foi registrado na cidade de Campinas, São Paulo. Mas, segundo relatos, Bolsonaro nasceu na cidade Glicério e só foi registrado em Campinas meses após o seu nascimento.

Presidente Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro, atual presidente do Brasil. (Foto: Wikipédia)

Originário de uma família de imigrantes italianos e alemães, Jair Bolsonaro teve uma formação militar. Foi aluno da Escola Preparatória de Cadetes do Exército de Campinas.

Em 1977 formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras, no Rio de Janeiro. Também serviu no 21º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) e se especializou em paraquedismo na brigada do Exército Brasileiro. 

Passou ainda pela Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx) e pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO).

Em 1986, quando já servia como capitão, no 8º Grupo de Artilharia de Campanha Paraquedista, Jair Bolsonaro escreveu um artigo para uma revista de grande circulação criticando os baixos salários pagos aos militares da época e acabou preso por quinze dias.

Carreira política

Em 1988, Bolsonaro foi para a reserva, com a patente de capitão, e deu início a sua carreira política concorrendo a vereador do Rio de Janeiro.

Elegeu-se pelo Partido Democrata Cristão (PDC) e assumiu seu mandato em 1989. Nos dois anos que permaneceu na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro apresentou sete projetos de lei.

Usou seu mandato como vereador para dar visibilidade as causas e privilégio aos militares. Entre seus projetos, um deles autorizava o transporte gratuito de militares em ônibus urbanos.

Nas eleições de 1990, foi eleito deputado federal pelo PDC. Após o primeiro mandato, Jair Bolsonaro permaneceu na Câmara dos Deputados por mais seis mandatos sucessivos.

Entre 1991 a 2018, foi filiado a outros oito partidos ao longo de sua carreira política. Foram eles:

  • PDC (1989-1993)
  • PP (1993–1993)
  • PPR (1993–1995)
  • PPB (1995–2003)
  • PTB (2003–2005)
  • PFL (2005–2005)
  • PP (2005–2016)
  • PSC (2016–2018)
  • PSL (2018–presente)

Entre os 27 anos de atividades no Congresso, Jair Bolsonaro foi titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, também foi suplente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Com um total de cerca de 170 projetos, entre Projetos de Lei (PL), Projeto de Lei Complementar (PLC) e Propostas de Emenda à Constituição (PEC). Desses, o parlamentar conseguiu aprovar dois projetos de lei e uma emenda.

Viraram leis uma proposta que estendia o benefício de isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para bens de informática e outra que autorizava o uso da chamada “pílula do câncer” (a fosfoetanolamina sintética).

A emenda de autoria do atual presidente, aprovada em 2015, determina a impressão de votos das urnas eletrônicas.

Jair Bolsonaro justificou a aprovação de uma única emenda alegando que não recebia apoio suficiente dos demais congressistas por sofrer "discriminação" devido seus ideais direitistas.

Eleição presidencial

Em 2018, Jair Bolsonaro filiou-se ao Partido Social Liberal (PSL) e lançou sua candidatura à presidência da República nas eleições presidenciais de 2018.

Foi o primeiro candidato à presidência a alcançar o valor de um milhão de reais em doações para campanha eleitoral por meio do financiamento coletivo.

Fazendo sua campanha eleitoral por meio das redes sociais, Bolsonaro apostou no discurso conservador dos costumes, na recuperação da economia, no combate à corrução e à violência urbana.

Sua visão política populista de direita e sua simpatia pelos valores militares rendeu um grande número de admiradores ao candidato, que liderou grande parte das pesquisas eleitorais.

Atentato

No dia 6 de setembro de 2018, Jair Bolsonaro foi vítima de um ataque a faca, em meio a uma multidão, enquanto fazia campanha eleitoral na cidade mineira de Juiz de Fora. Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia após ser confirmada a presença de uma aderência que estava obstruindo o intestino delgado.

Manifestações

Faltando menos de um mês para o primeiro turno das eleições 2018, milhares de brasileiros foram para as ruas realizando atos por todo o país, a respeito do governo.

Manifestação contra Jair Bolsonaro

Um movimento iniciado nas redes sociais, através da hashtag #EleNão, reuniu milhares de pessoas nos principais pontos do país em protesto às propostas e à candidatura de Jair Bolsonaro. As manifestações ocorreram em mais de 160 cidades de todos os estados do Brasil e também em cidades como Nova Iorque, Barcelona, Berlim, Lisboa e Paris.

Manifestação a favor de Jair Bolsonaro

Em réplica aos opositores de Bolsonaro, foram organizados atos de apoio ao candidato. Os atos pró-Bolsonaro também ocorreram dentro e fora do Brasil, como em Londres e Reino Unido.

Período presidencial de Jair Bolsonaro

No primeiro turno das eleições brasileiras, realizada em 7 de outubro de 2018, Jair Bolsonaro recebeu 46,03% dos votos válidos, garantindo uma disputa no segundo turno das eleições com o segundo colocado, o petista Fernando Haddad, que recebeu 29,28% dos votos.

No segundo turno das eleições, Bolsonaro derrotou Haddad com 55,13% dos votos direto, elegendo-se o próximo presidente do Brasil e pondo fim no ciclo de vitórias do Partido do Trabalhador (PT) desde o governo Luiz Inácio Lula da Silva.

No dia 1º de janeiro de 2019, em cerimônia no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro tomou posse do cargo como o 38º Presidente do Brasil República para o mandato dos próximos quatro anos.

Posicionamentos

Com um discurso de extrema-direita e conservador, sua trajetória política foi e é marcada por posicionamentos polêmicos. Durante a sua campanha, Bolsonaro defendeu diversas propostas que dividiram a população nos assuntos relacionados a posse de armas, papel da mulher na sociedade, interferência da religião na educação básica, além de direito dos homossexuais e estrutura familiar tradicional.

Governo

O governo Jair Bolsonaro ainda é muito recente para avaliar o saldo de sua administração. No entanto, entre as mudanças que faziam parte de sua proposta de governo já foi realizada a redução de ministérios.

Até 2018, o Brasil possuía 29 ministérios. No momento o presidente reduziu esse número para 23. Para Bolsonaro, um número elevado de ministérios é ineficiente, não atendendo os legítimos interesses da Nação.

Outra proposta em execução é a Reforma da Previdência Social, que está no topo de prioridades. O político também pretende reduzir a maioridade penal para 16 anos, como uma das formas de diminuir a violência.

Focando nos principais déficits sociais do Brasil, estão entre as linhas de ação do governo Bolsonaro:

  • Segurança e combate à corrupção: enfrentar o crime e cortar a corrupção;
  • Saúde e educação: melhorar a saúde e dar um salto de qualidade na educação com ênfase na infantil, básica e técnica, sem doutrinar;
  • Economia: Emprego, Renda e Equilíbrio Fiscal. Oportunidades e trabalho para todos, sem inflação.

Casamentos

  • Jair Bolsonaro casou-se pela primeira vez com Rogéria Nantes Nunes Braga, com quem teve três filhos: Flávio, Carlos e Eduardo.
  • No segundo com Ana Cristina Valle, teve mais um filho, chamado Renan.
  • Desde 2007 permanece casado com a Intérprete de Libras Michelle de Paula Firmo Reinaldo (38 anos) com quem teve sua primeira filha, Laura.

Família política

Os três filhos do primeiro casamento de Jair Bolsonaro também estão presentes no cenário político brasileiro.

  • Flávio Bolsonaro é Senador pelo Rio de Janeiro;
  • Eduardo Bolsonaro é deputado federal pelo segundo mandato;
  • Carlos Bolsonaro, assim como a mãe, é vereador da cidade do Rio de Janeiro. Foi o vereador mais jovem do país, eleito aos 17 anos de idade.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

BRITO, Samara. Jair Bolsonaro; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/jair-bolsonaro >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 15:19.

Copiar referência