Jiu-jitsu

Arte marcial de influência japonesa

O jiu-jitsu é uma arte marcial que utiliza a força e técnicas de luta com o objetivo de derrubar o adversário. O termo expressa suavidade ou flexibilidade e jutsu quer dizer arte ou técnica. Esse desporto é praticado por homens e por mulheres e atualmente não faz parte dos Jogos Olímpicos.

Quanto a origem desse esporte ainda é incerto, mas há influências históricas de japoneses. Porém, pesquisadores apontam que o jiu-jitsu também pode ter começado por meio dos indianos.

: jiu-jitsu iniciou no Brasil em 1915.
O jiu-jitsu brasileiro iniciou em 1915. (Foto: Wikimedia Commons)

Quais são os movimentos do jiu-jitsu

No jiu-jitsu são utilizados vários movimentos na luta como, por exemplo: a projeção ou queda. Essa ação consiste na tentativa de desequilibrar o oponente e levá-lo ao chão. O adversário, por sua vez, pode cair de lado, costas ou sentado. Para ganhar o ponto o lutador precisa manter o opositor no solo por três segundos.

Tem ainda o joelho na barriga que, por sua vez, é realizado quando o lutador está por cima do adversário e coloca o joelho no peito, na barriga ou sobre as costelas do oponente para imobilizá-lo. O ponto é garantido quando a oposição permanece por três segundos.

Já a passagem de guarda ocorre quando o atleta que está por cima consegue transpor as pernas do oponente, que fica por baixo. O lutador precisa manter o controle longitudinal ou transversal do adversário. O movimento deve ser mantido por três segundos para obter a pontuação. Além disso, há ainda a raspagem.

O movimento de raspagem consiste na ação a qual o lutador fica por baixo, o adversário na guarda ou meia-guarda e inverte a posição para cima. Ou seja, o lutador troca de lugar com o oponente e o mantêm por baixo por três segundos.

Por último, a pegada de costas ocorre quando o atleta domina as costas do adversário, ao colocar os calcanhares na parte interna das coxas do oponente, sem cruzar os pés. É preciso ainda prender pelo menos um dos braços do opositor. É necessário também manter por três segundos a posição para conquistar os pontos.

Montada

Outro movimento bastante utilizado por atletas de jiu-jitsu é a montada. Essa estratégia acontece quando o lutador que está por cima, senta sobre o trono do oponente e fixa os joelhos, ou um dos joelhos, e um pé no solo virado para a cabeça do opositor, com um dos braços do adversário preso sobre as pernas. Existem seis variações dessa posição. Elas são:

  • Montada com um braço preso: atleta prende o braço do oponente com uma das pernas;
  • Montada clássica: atleta sentado por cima do adversário;
  • Montada sem os pés no chão: como o nome sugere, o atleta fica por cima do oponente sem que os pés toquem no solo;
  • Montada pelas costas: ocorre quando o atleta fica sentado sobre as costas do oponente, ou seja, o adversário está virado de bruços;
  • Montada lateral: oponente virado de lado no chão e o atleta fica montado nele;
  • Montada técnica: diz respeito a posição a qual o atleta fica montado no adversário com um dos joelhos no solo e o pé no chão.

As pontuações no jiu-jitsu

As pontuações no jiu-jitsu podem variar conforme o movimento de domínio efetuado pelo lutador sobre o oponente. Eles podem garantir dois, três ou quatro pontos. Quando maior for o domínio, maior será a pontuação.

  • Grupo de dois pontos: o atleta que realizar movimentos como a queda, a raspagem e o joelho na barriga garantem dois pontos.
  • Grupo de três pontos: a passagem de guarda é o movimento que garante ao lutador três pontos sobre o adversário.
  • Grupo de quatro pontos: a pegada de costas e a montada são dois movimentos que garantem quatro pontos para o lutador.

Quais são as vantagens no jiu-jitsu

A Confederação Brasileira de Jiu-jitsu estabelece no artigo 5º que são consideradas vantagens com base nas seguintes condições:

5.1 “A vantagem se caracteriza quando o atleta conquista uma posição passível de pontuação que exige domínio sobre o adversário pelo tempo mínimo de 3 (três) segundos, mas não consegue manter tal domínio”.

5.2 “A vantagem se caracteriza pela movimentação quase completa de uma posição passível de pontuação. O árbitro deve avaliar se o atleta levou real perigo ao adversário, chegando muito próximo de atingir a posição passível de pontuação”.

5.3. “O atleta também terá uma vantagem assinalada quando aplicar uma tentativa de finalização que venha a expor o adversário ao perigo real de desistência. Mais uma vez cabe ao árbitro avaliar a proximidade da finalização”.

A história do jiu-jitsu Brasileiro

O jiu-jitsu no Brasil tem origem no ano de 1915, por meio do japonês Esai Maeda Koma, mais conhecido como Conde Koma. Ele realizou uma demonstração de judô (denominado na época como kano jiu-jitsu) para Carlos Gracie que tornou-se aluno dele.

Carlos Gracie transformou-se em um grande esportista e ao lado do irmão Hélio Gracie fundou o “gracie jiu-jitsu”, conhecido como jiu-jitsu brasileiro. Além deles, havia ainda Luiz França e Oswaldo Fadda, considerados também como um dos importantes nomes para o jiu-jitsu no país.

Os equipamentos

Os atletas que praticam o Jiu-jitsu usam o uniforme denominado de "kimono". Eles podem ser da cor azul, preta ou branca. A faixa, como citado, é chamada de Obi e apesentam entre 4 e 5 cm de largura.

De acordo com a Confederação Brasileira de Jiu-jitsu não é permitido a utilização de camisetas por baixo do uniforme. Com exceção apenas para a categoria feminina, pois para elas é necessário a utilização de camisetas coladas por baixo do kimono.

Quais são as faixas

As faixas de tecido localizadas na cinturas dos atletas de Jiu-jitsu são denominadas de “Obi. Elas representam que o lutador alcançou e as cores variam conforme o nível, sendo portanto:

  • Branca
  • Cinza
  • Amarela
  • Laranja
  • Verde
  • Azul
  • Roxa
  • Marrom
  • Preta
  • Coral
  • Vermelha

Obs.:  a graduação de faixa vermelha 10º graus é restrita aos irmãos Carlos Gracie e Hélio Gracie e também a Oswaldo Baptista Fadda em homenagem a difusão do esporte.   

O tatame

O jiu-jitsu é praticado em um espaço físico quadrado chamado de tatame. As medidas do espaço apresentam variações entre 64 a 100 metros quadrados.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

ALVES, Jéssica. Jiu-jitsu; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/jiu-jitsu >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 17:51.

Copiar referência

Outros Artigos de Educação Física

Importância da atividade física para saúde

A importância da atividade física para a saúde

A importância da atividade física para a saúde está diretamente […]

esportes-paralimpicos-atletismo-pista

Esportes Paralímpicos

Os Esportes Paralímpicos melhoram a condição cardiovascular dos praticantes, aprimora […]

beisebol

Beisebol

Em uma partida de beisebol o objetivo  é pontuar batendo […]

ginástica laboral

Ginástica laboral

A ginástica laboral é o alongamento de várias partes do […]