Jogos

Atividades recreativas que podem ser praticadas por crianças, adultos e idosos

Os jogos são elementos universais e presentes em várias culturas. De forma genérica, podem ser caracterizados como atividades físicas ou intelectuais, com fins recreativos ou educacionais. Um jogador, um objetivo e um conjunto de regras são os elementos principais de um jogo.

Os outros elementos de um jogo são:

  • Adversário;
  • Interatividade;
  • Deve existir objetivo;
  • Condições de vitória, empate e derrota;
  • Ser uma forma de entretenimento.

Muito mais que diversão, os jogos proporcionam benefícios para a saúde de crianças, adultos e idosos. Por exemplo, o quebra-cabeça ajuda no desenvolvimento do raciocínio lógico e da atenção. Já pular amarelinha auxilia na coordenação motora e na socialização.

Jogos quebra cabeça
Peças de um quebra-cabeça. (Foto: Pixabay)

Os primeiros jogos

A origem precisa dos jogos é desconhecida, contudo acredita-se que o jogo mais velho é Senet ou Senat, desenterrado de uma tumba egípcia no período da Pré-dinastia (3.500 a.C.). As regras do Senet nunca foram encontradas, mas objetivo do jogo era tirar todas as peças do tabuleiro.

Na África também foram descobertos os jogos de mancala, nome dado a uma família de aproximadamente 200 jogos apelidados de semeadura e colheita. Tais jogos têm origem em aproximadamente 2.000 a.C e são compostos por fileiras de pequenos buracos e algumas sementes.

Segundo historiadores, o baralho teve origem na China, no século X, mesmo período do surgimento do papel. Na Europa, esse jogo chegou no século XII, composto por 52 cartas: com quatro naipes, sendo cada naipe composto por dez numerais e três cartas da realeza.

As cartas reais foram relacionadas aos reis e pessoas importantes da época. Por exemplo, o rei de ouros seria Júlio César, rei de paus seria Alexandre o Grande, Rainha de Espadas é Pallas Atenas, valete de ouro é Heitor e valete de paus Lancelote.

Jogos baralho
Cartas reais do baralho. (Foto: Pixabay)

No contexto contemporâneo, os jogos como brincadeiras estão associados ao processo educacional de crianças. As brincadeiras tradicionais são fruto da mistura de vários grupos étnicos que formaram o Brasil. Por exemplo: peteca (índios brasileiros), amarelinha (França) e ciranda (Portugal).

O Role-playing game (RPG) chegou no Brasil, por volta dos anos 80, através de livros importados. Nesse tipo de jogo, os jogadores assumem papéis de personagens e criam narrativas colaborativamente. Atualmente, o RPG tem seu uso incentivado pelo Ministério da Educação (MEC) como metodologia de ensino.

Tipos de jogos

Tradicionais  

O Brasil é formado a partir da influência de vários povos (africanos, portugueses, indígenas, franceses, italianos, etc.) cada um deles contribui com um pouco de seus costumes e tradições.  Confira abaixo alguns jogos tradicionais relacionados à ludicidade:

  • Adoleta
  • Amarelinha
  • Bambolê
  • Bandeirinha arregou
  • Boca de forno
  • Bolinha de sabão
  • Gude
  • Cobrinha
  • Esconde-esconde
  • Escravos de Jó
  • Galinha gorda
  • Passa anel

Tabuleiro

Os jogos de tabuleiro possuem superfícies planas, com desenhos ou marcações de acordo com as regras para cada jogo específico. Eles podem envolver estratégia, sorte ou uma mistura dos dois. Confira abaixo alguns exemplos:

  • Banco imobiliário
  • Batalha naval
  • Damas
  • Damão
  • Gomoku
  • Quoridor
  • Mastermind
  • Ludo
  • Xadrez
  • War

Cartas

Baralho é nome dado ao conjunto de cartas que compõem um jogo, que pode ser jogado de forma individual ou coletiva. Confira alguns exemplos:

  • Buraco
  • Blackjack ou vinte e um
  • Paciência
  • Tranca
  • Truco
  • Canastra
  • Poker
  • Spite and malice
  • Rouba monte

Console

No Brasil, esse tipo de jogo ficou conhecido como videogame ou console, que refere-se a um microcomputador dedicado a executar jogos de vídeo. Os gêneros do console são vários: ação, tiro, aventura, terror, dança, etc. Confira abaixo os jogos mais famosos:

  • Sonny
  • Pac-man
  • Donkey Kong
  • Super Mario Bros
  • Pole Position II
  • Pokémon
  • The Legend of Zelda
  • Spacewar!
  • Resident Evil
  • Need for Speed
  • Castlevania
  • Grand Theft Auto (GTA)

Arcade

Arcade ou fliperama é o nome dado a um aparelho de jogo eletrônico, geralmente, instalado em estabelecimentos de entretenimento. Esse aparelho é composto por um, tubo de imagem ou monitor de vídeo, fonte de alimentação, sistema e controles. Confira abaixo alguns exemplos:

Jogos fliperama
Máquina de fliperama. (Foto: Wikipédia)
  • Bubble Bobble
  • Cruis’N USA
  • Double Dragon
  • Galaga
  • Mortal Kombat
  • Street Fighter
  • The King of Fighters
  • The Simpsons Arcade Game
  • Tetris
  • Pac-man
  • X-Men

Online

O surgimento da internet possibilitou a criação de novos jogos, cenários, qualidade gráfica e, principalmente, a possibilidade de jogar simultaneamente com pessoas de vários lugares do mundo. Alguns jogos antigos de console e arcade podem ser encontrados na internet.

O crescimento desse tipo de jogo é tão grande, que o mercado de games online é um dos que mais crescem no mundo. No Brasil, em 2017, os games movimentaram em torno de US$ 1,3 bilhão, de acordo com os dados da Newzoo – site especializado em análise de jogos e jogos eletrônicos de esporte (e-sports).

Confira abaixo alguns estilos e seus respectivos nomes de jogos:

Aventura

  • Far Cry
  • Assassin’s Creed
  • Tomb Raider
  • For Honor
  • Minecraft
  • Life is Stranger

Esportes

  • FIFA
  • Pro Evolution Soccer
  • NBA
  • Steep
  • The Golf Club
  • Top spin

Simulação

  • The sims
  • FlightGear
  • OpenCity
  • SimCity
  • Second Life

RPG

  • League of legends
  • Dark Souls
  • World of Warcraft
  • Tibia
  • Ragnarok

Esportivos

Assim como os jogos, os esportes são caracterizados como atividades que exigem esforço físico ou mental, mas diferem do primeiro devido a existência de regras pré-estabelecidas e pouco flexíveis. Mas ambos têm em comum, a competitividade e a sensação de prazer.

O xadrez é um exemplo de jogo esportivo. Criado na Índia, por volta do século VI, esse jogo de tabuleiro foi classificado oficialmente como esporte pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1999.

Os  e-sports possuem milhões de jogadores em todo o mundo e existem até competições próprias como The International, League of Legends World Championship, Eleague Major e Global StarCraft II. Contudo, oficialmente, o e-sport ainda não é considerado um esporte.

Raciocínio lógico

Se você pensa que raciocínio lógico sempre está ligado à matemática está enganado! Na verdade ele é também pode ser utilizado no cotidiano, sempre que for necessário resolver um problema de forma contínua ou construir uma argumentação.

Os jogos de lógica estimulam o uso intensivo da racionalidade e a tomada de decisões de maneira rápida. Esses jogos podem ser de tabuleiro, cartas, online, etc. Confira alguns:

  • Sodoku
  • Caça-palavras
  • Palavras cruzadas
  • Flow Free Bridge
  • Jogo dos sete erros
  • Jogo da memória
  • Enigmas

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

CAIUSCA, Alana. Jogos; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/jogos >. Acesso em 28 de outubro de 2019 às 17:52.

Copiar referência

Outros Artigos de Educação Física

Importância da atividade física para saúde

A importância da atividade física para a saúde

A importância da atividade física para a saúde está diretamente […]

esportes-paralimpicos-atletismo-pista

Esportes Paralímpicos

Os Esportes Paralímpicos melhoram a condição cardiovascular dos praticantes, aprimora […]

beisebol

Beisebol

Em uma partida de beisebol o objetivo  é pontuar batendo […]

ginástica laboral

Ginástica laboral

A ginástica laboral é o alongamento de várias partes do […]