Locução Adjetiva

Duas ou mais palavras que equivalem a um adjetivo

A locução adjetiva é uma das formas de caracterizar os substantivos. Ao destrinchar esse termo, podemos defini-lo como:

Locução: reunião de palavras.

Adjetivos: palavras que acrescentam qualidades aos substantivos.

Sendo assim, é possível dizer que a locução adjetiva é uma expressão que reúne duas ou mais palavras e tem valor de adjetivo. Normalmente, ela é formada por preposição (de, e, em, com, sem) com um substantivo.

Além disso, ele serve como facilitador no entendimento de um diálogo, formulação de uma frase e até mesmo para deixar o discurso mais rebuscado, entendível e compreensível.

Locução adjetica faz parte da ortografia brasileira
Locução adjetiva está ligada a formação de adjetivos (Foto: Pixabay)

Formação da Locução Adjetiva

Na maioria das vezes, como foi dito anteriormente, as locuções adjetivas são formadas pela preposição e o substantivo, como nos exemplos:

Locução adjetiva Adjetivo correspondente
de criança infantil
do mar           marítimo

Porém, há casos em que podem ser formadas por uma preposição e um advérbio, como por exemplo: 

Locução adjetiva Adjetivo correspondente
cardápio de hoje hodierno
de trás                   traseiro

Em outros casos, mesmo sendo uma locução adjetiva, ele não apresenta um adjetivo que seja correspondente. Confira os exemplos:

  • Gol de placa. (sem adjetivo correspondente);
  • Instrumento de sopro. (sem adjetivo correspondente);
  • Caixa de papelão. (sem adjetivo correspondente);
  • Piano de cauda. (sem adjetivo correspondente).

Há ainda algumas contextualizações em que a locução adjetiva e o adjetivo correspondente possuem significados diferentes durante a construção da frase. Exemplo:

  • Inimigo figadal

Nesse caso, o termo figadal não caracteriza um inimigo do fígado. Ele corresponde a alguém que tenha ódio ou rancor.

  • Contrato leonino

No exemplo acima o termo leonino não se refere ao animal leão, mas a uma forma de contrato inviável para uma das partes de um acordo.

Nota-se que, normalmente, as locuções adjetivas são precedidas da preposição “de”. Porém, há casos em que podem ser acompanhados por “a” ou “em”. Veja os exemplos:

  • Fogão a gás;
  • Carro a álcool;
  • Tevê em cores.

Exemplos de Locução Adjetiva em frases

  • As árvores com flores estavam decorando a rua.
  • As árvores floridas estavam decorando a rua.

Na primeira frase, a palavra “com” é preposição e “flores” é o substantivo. Portanto, “com flores” é uma locução adjetiva.

Já na segunda, a palavra “floridas” é o adjetivo que corresponde à locução adjetiva do exemplo anterior.

  • O sapato era feito de couro de boi.
  • O sapato era feito de couro bovino.

Na primeira frase, “de boi” é a locução adjetiva, com o substantivo acompanhado da preposição. E na segunda, a palavra “bovino” é o adjetivo correspondente à locução adjetiva anterior.

  • A comida estava sem cheiro.
  • A comida estava inodora.

Nesse caso, a locução adjetiva “sem cheiro” corresponde ao adjetivo inodora. O primeiro caso é a junção da preposição “sem” mais o substantivo “cheiro”.

  • O café da manhã foi farto.
  • O café matinal foi farto.

Na primeira frase, há presença da preposição “da” mais o substantivo “manhã”, sendo a locução adjetiva de “matinal”. 

Lista de locuções adjetivas e adjetivos correspondentes

  • de abdômen – abdominal;
  • de abelha – apícola;
  • de aluno – discente;
  • de anjo – angelical;
  • de ano – anual;
  • de astro – sideral;
  • de audição – ótico;
  • de bispo – episcopal;
  • de boca – bucal ou oral;
  • de boi – bovino;
  • de cabeça – cefálico;
  • de cabelo – capilar;
  • de cabra – caprino;
  • de campo – campestre ou rural;
  • de cão – canino;
  • de cavalo – cavalar, equino, equídeo ou hípico;
  • de chumbo – plúmbeo;
  • de chuva – pluvial;
  • de cidade – urbano ou citadino;
  • de circo – circense;
  • de criança – pueril ou infantil;
  • de decoração – decorativo;
  • de dedo – digital;
  • de diamante – diamantino ou adamantino;
  • de elefante – elefantino;
  • de enxofre – sulfúrico;
  • de esmeralda – esmeraldino;
  • de estômago – estomacal ou gástrico;
  • de estrela – estelar;
  • de éter – etéreo;
  • de fábrica – fabril;
  • de face – facial;
  • de faraó – faraônico;
  • de farinha – farináceo;
  • de fera – ferino;
  • de ferro – férreo;
  • de fígado – figadal ou hepático;
  • de fogo – ígneo;
  • de frente – frontal;
  • de gado – pecuário;
  • de galinha – galináceo;
  • de garganta – gutural;
  • de gato – felino;
  • de gelo – glacial;
  • de governo – governamental;
  • de guerra – bélico;
  • de homem – viril ou humano;
  • de idade – etário;
  • de ilha – insular;
  • de intestino – celíaco ou entérico;
Locução Adjetiva
A locução adjetiva é definida através de duas palavras que, juntas, formam um adjetivo. (Imagem: Guia Estudo)

Outras Locuções

Substantivas

As locuções substantivas são definidas através da junção de duas ou mais palavras que possuem a mesma função morfológica, a de substantivo. Exemplo: juiz de futebol; dona de casa; cachorro-quente.

Pronominais

A locução pronominal é de caracterizada através do uso de duas ou mais palavras que atuam o papel dos pronomes, mais especificamente como pronome indefinido. Exemplo: qualquer um; cada qual; seja quem for.

Verbais

Quando há presença de dois verbos, que possuem a intenção de transmitir apenas uma ação verbal, é definido como locução verbal. Essa junção é formada por um verbo auxiliar e um verbo principal. Exemplo: estamos indo; quero dormir; tem trabalhado.

Adverbiais

Em sua maioria, formada por preposição com a junção advérbio, a locução adverbial pode ser classificada como sendo de lugar, de tempo, de modo, de afirmação, de negação, de intensidade e de dúvida. Exemplo: de noite; em silêncio; sem dúvida.

Prepositivas

É a junção de duas ou mais palavras que fazem o papel de preposição. Importante destacar que, nesse caso, a última palavra da locução será, obrigatoriamente, uma preposição. Exemplo: acerca desse; acima do; com exceção do.

Conjuntivas

A locução conjuntiva é unificação de duas ou mais conjunções, ligando à oração. Em sua maioria são formadas por: preposição, particípio ou advérbio, juntamente com “que”. Exemplo: uma vez que; para que; mesmo que.

Interjetivas

Essa locução é definida através da junção de duas ou mais palavras que exercem o papel de interjeição. Exemplos: Quem me dera!; Ai de mim!; Graças a Deus!; Ora bolas!

Relembrando

A locução adjetiva se caracteriza por ser uma forma de unir palavras para caracterizar os substantivos. Vale lembrar que locução quer dizer reunião de palavras.

Por exemplo, a locução adjetiva pode ser formada pela junção dos termos. A expressão “de criança”, pode ser substituída por “infantil”.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

BARBOSA, Elson. Locução Adjetiva; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/locucao-adjetiva >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 21:07.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]