Meio Ambiente

Conjunto de unidades ecológicas nos quais funcionam o sistema natural

O meio ambiente é o conjunto de coisas pertencentes a natureza, podendo ser seres vivos ou não vivos. Além disso, pode ser analisado como o conjunto de condições que possibilitam a sobrevivem nele.   

Conceito de meio ambiente

Dentro do conceito de meio ambiente estão os animais, a vegetação, o solo, fenômenos naturais, microrganismos, atmosfera, entre outros. Vale ressaltar que esses fenômenos são aqueles que não foram causados por influência do homem.

Também fazem parte do meio ambiente os recursos naturais, como a água e o ar, e os fenômenos físicos do clima, como energia, radiação, descarga elétrica e magnetismo.

O planeta é estruturado por quatro esferas que são:

  • Atmosfera: é a camada de ar composta por gases que envolvem o planeta, além de ser responsável pela proteção da Terra, bem como das transformações climáticas.
  • Litosfera: também conhecida como crosta terrestre, a litosfera é uma camada composta por rochas, solo e pelas formas de relevo. É nessa esfera que são construídas as sociedades.
  • Hidrosfera: nessa camada se encaixam todas as áreas contempladas pela água, como os rios, lagos, oceanos, mares, além da umidade que influencia no clima.
  • Biosfera: é a camada que envolve todos os seres que habitam o planeta, inclusive os seres humanos.
Meio Ambiente
A água, o ar e a vegetação são alguns elementos que compõem o meio ambiente. (Foto: Pixabay)

Como preservar o meio ambiente?

Para preservar o meio ambiente é preciso que algumas mudanças sejam tomadas pela sociedade, como: o uso racional de recursos naturais, leis que controlem a emissão de poluentes, conscientização da sociedade que insiste em destruir a natureza, entre outras.

Algumas medidas de sustentabilidade e preservação podem contribuir para o meio ambiente, como:

  • Evitar poluição nas águas dos rios, mares, oceanos e lagos;
  • Separar o lixo orgânico do lixo reciclável e os diferentes tipos de lixo reciclável;
  • Realizar o consumo consciente de recursos como água e energia elétrica,
  • Evitar desastres ecológicos, como queimadas, derramamentos de óleo nas águas, desmatamentos e morte de animais,
  • Diminuir a poluição e a emissão de gases poluentes,
  • Usar energias reaproveitáveis e renováveis, como a solar, eólica (do vento) e hidrelétrica (das águas),
  • Reduzir o consumo de alimentos e produtos industrializados,
  • Usar meios de transporte alternativos e menos poluentes, como a bicicleta e os transportes públicos,
  • Construir casas sustentáveis, que sejam preparadas para o uso de energias alternativas e renováveis.

Problemas ambientais

Nos últimos tempos, o meio ambiente está cada vez mais sendo afetado pela degradação causada pelo homem. Com isso, alguns problemas acabam sendo inevitáveis e trazem transtornos para toda a sociedade. Entre esses problemas estão:

Benefícios da reciclagem para o meio ambiente

Uma das formas de amenizar o impacto do lixo no meio ambiente é promovendo a reciclagem. Com isso, é possível reduzir a poluição.

O processo de reciclagem é a conversão de desperdícios em materiais ou produtos úteis. Podem ser reaproveitados materiais como plástico, papel, vidro, papelão, madeira e metais em geral. 

Já os resíduos de lixos domésticos podem ser utilizados para o processo de compostagem, que os transformam em adubo, e podem ser utilizados no plantio de vegetais, legumes e frutas. 

Importante destacar que, em alguns casos, há uma diferença entre a forma de reutilização, podendo ser denominado reciclagem ou reaproveitamento. O reaproveitamento não é possível de ser feito indefinidamente, pois ocorre a degradação das características do material a cada novo processo. A exemplo do papel, cujas fibras de celulose vão se encurtando a cada novo processo.

A coleta seletiva é uma das formas de fazer a reciclagem, separando o lixo orgânico do não orgânico. Após o recolhimento do lixo, ele é encaminhado para locais específicos para que a reutilização seja feita de acordo com os tipos de materiais separados.

No Brasil, a regulamentação da coleta seletiva e da reciclagem aconteceu no segundo semestre de 2010, com sanção da Lei nº 12.305, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Políticas públicas como esta regulamentam as cooperativas de trabalhadores de coleta seletiva.

Estas novas políticas, entre outras ações, foram criadas com o intuito de regulamentar a atividade das cooperativas de trabalhadores do setor de coleta seletiva e traçar as diretrizes a serem seguidas pelas esferas de governo para implementar os serviços de coleta e reciclagem de resíduos sólidos.

Com a conscientização, os resultados podem ser positivos tanto na área ambiental como nos meios econômico e social.

Semana Mundial do Meio Ambiente

Após Decreto Federal (nº 86.028), instituído em 27 de maio de 1981, todo o território brasileiro promove a Semana Nacional de Meio Ambiente, que visa alertar a população acerca da importância da preservação ao Meio Ambiente.

A iniciativa surgiu após o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 05 de Junho, após recomendação da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, na Suécia.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

BARBOSA, Elson. Meio Ambiente; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/meio-ambiente >. Acesso em 07 de dezembro de 2019 às 03:38.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

O carvão mineral é uma fonte de energia não renovável.

Carvão Mineral

O Carvão Mineral é um tipo de combustível fóssil e […]

O corpo humano possui muitos pontos com cartilagem.

Cartilagem

A Cartilagem também chamada de tecido cartilaginoso, é um tecido […]

A carta da Terra tem o objetivo de socorrer e salvar o planeta Terra.

Carta da Terra

A Carta da Terra é um documento de declaração dos […]

Pseudoceros Dimidiatus é um dos platelmintos.

Platelmintos

Os Platelmintos são animais invertebrados, que possuem o corpo achatado […]