Michael Jackson

Considerado o "Rei do Pop"

Michael Jackson foi um cantor, compositor, empresário e dançarino norte-americano. Nasceu em 29 de agosto de 1958, na cidade de Gary, na Indiana e faleceu em 25 de junho de 2009, em Los Angeles, na Califórnia. É considerado um dos maiores artistas do mundo. Também conhecido como o “Rei do Pop”, Michael Jackson revolucionou o mundo da música, de uma maneira única. 

Além dos grandes feitos na música, Michael Jackson também foi envolvido em diversas polêmicas durante sua carreira, sendo as acusações de pedofilia as que tiveram maior destaque. Michael começou a cantar e dançar ainda muito pequeno no grupo musical “The Jackson 5”, formado por ele e seus irmãos.

Michael Jackson, o “Rei do Pop”
Michael Jackson é considerado um dos maiores artistas do século XX. (Foto: Wikipedia)

Início da Carreira de Michael Jackson

Michael Joseph Jackson veio de uma família muito humilde. Era o sétimo de nove filhos do casal Joseph Walter Jackson (mais conhecido como Joe Jackson) e Katherine Scruse Jackson. Rebbie, Jackie, Tito, Jermaine, LaToya e Marlon eram os irmãos mais velhos de Michael e Randy e Janet eram os mais novos.

Quando Michael era pequeno, Joe trabalhava em uma usina siderúrgica e Katherine era dona de casa, porém eles também eram ligados a música. O pai, tocava guitarra e também era empresário musical e a mãe tocava piano na igreja. A família vivia em uma casa muito pequena e havia apenas duas camas que acomodava todos os Jackson’s.

Michael começou a cantar ainda com 5 anos, juntos com seus irmãos Jackie, Tito, Jermaine e Marlon, no grupo “Jackson Brothers”.  Em 1964 fez a sua primeira aparição pública com seus irmãos, ganhando destaque pela sua voz, talento e desenvoltura no palco. Na época, Michael Jackson ficou conhecido como “little Michael”, porque era o caçula.

Em pouco tempo, o grupo musical foi ganhando destaque e logo conseguiram um contrato com a gravadora Motown Records. Nesta época, os “Jackson Brothers” já haviam mudado de nome para “The Jackson 5”. O grupo fez grandes performances e conseguiram diversos feitos, a exemplo do desenho animado chamado “Jackson 5” – o primeiro desenho animado com protagonistas negros da história da televisão.

As aparições dos “The Jackson 5” rendiam grandes audiências as emissoras de televisão. Michael Jackson se tornou o vocalista e dançarino principal do conjunto no ano de 1966. A música “I Want You Back”, de 1969, foi o primeiro grande sucesso do grupo, seguida de “I’ll Be There”, de 1970 e “ABC”, também de 1970.

O grupo chegou a gravar 15 discos de estúdio, até que decidiram mudar de gravadora, para obter mais autonomia criativa. Na troca de gravadora, o irmão Jermaine resolveu ficar na antiga gravadora e tentar a carreira solo. Assim, em 1970 os “The Jackson 5” se tornaram apenas “The Jacksons”.

É importante destacar que Michael Jackson sempre se destacou entre seus irmãos, em todos os aspectos. Ainda como integrante do grupo, chegou a lançar músicas de sua autoria. Todas elas tiveram grande destaque na mídia e grande aclamação com o público. “Ben” (1972), “Got To Be There” (1972) e “Forever Michael” foram as canções de destaque.

The Jackson Five
Michael Jackson e seus irmãos. (Foto: Wikimedia Commons)

Carreira Solo do “Rei do Pop”

Michael Jackson deixou o grupo “The Jacksons” em 1979 e no mesmo ano, lançou o seu primeiro disco solo, intitulado “Off The Wall”. O disco foi um sucesso e vendeu cerca de 7 milhões de cópias. As músicas “Don’t Stop ‘Til You Get Enough”, “Rock With You” e “Off The Wall” foram as de maior destaque.

Em 1982, Michael Jackson lançou o seu segundo álbum em carreira solo, intitulado “Thriller”. O álbum foi um sucesso de vendas e de críticas e consagrou Michael como um dos grandes nomes da música mundial. O disco também se tornou o disco mais vendido da história. As músicas “Thriller”, “Billie Jean” e “Beat It” foram as de maior destaque.

O álbum “Thriller” influenciou intensamente e influencia a música pop até os dias atuais. Os clipes do disco foram considerados os melhores clipes de todos os tempos. Michael Jackson investiu em produção e divulgação, o que tornou o álbum o de maior destaque na sua carreira. O clipe de “Billie Jean” foi o primeiro clipe musical de um artista negro a passar na MTV.

Cinco anos mais tarde, Michael Jackson lançou seu terceiro disco, intitulado “Bad” que seguiu a tendência de “Thriller”, com clipes mega produzidos, que fizeram o álbum alcançar um enorme sucesso. As músicas “Bad”, “Man In Mirror” e “Smooth Criminal” foram as de maior destaque. Em 1988 Michael lançou “Moonwalker” sua autobiografia.

O quarto álbum de Michael Jackson foi lançado em 1991, intitulado “Dangerous”, com mais de 29 milhões de cópias vendidas. As músicas “Black or White”, “Remember The Time” e “Heal The World” foram as de maior destaque. Em 1995, Michael lançou seu quarto álbum, intitulado “HIStoryPastPresent and FutureBook 1”.

As músicas “Scream”, “You Are Not Alone” e “Earth Song” foram as de maior destaque. A música “They Don’t Care About Us” também merece destaque pelo grande sucesso. Michael gravou um dos clipes da música, no Brasil, mais precisamente no Pelourinho, em Salvador-Bahia, com o grupo musical Olodum.

O álbum “Invincible” foi lançado em 2001, mas não repetiu o mesmo sucesso dos outros, o que fez Michael ficar um tempo sem lançar discos. Em 2009, Michael Jackson preparava uma turnê mundial para marcar o seu retorno ao cenário musical. O show se chamado de “This Is It” e contaria com mais de 50 apresentações espalhadas pelo mundo.

Michael Jackson faleceu em 25 de junho de 2009, em Los Angeles, Califórnia, EUA, interrompendo assim a preparação da turnê. O cantor teve uma parada cardíaca em consequência de uma overdose de remédios.

Para saber mais detalhes sobre a carreira e vida pessoal de Michael Jackson, assista o vídeo abaixo:

Vida Pessoal e Polêmicas

Quando pequeno, Michael sofreu muitos abusos psicológicos do seu pai, que proibia o garoto de levar uma vida normal. Michael era obrigado a focar na sua carreira, o que o impediu de levar uma infância comum. Em 1988, construiu um enorme parque de diversões com diversos brinquedos chamado de “Neverland” com o desejo de viver a infância que não teve.

Michael levava crianças que eram suas amigas para o parque. Mais tarde, duas, das diversas crianças que frequentavam “Neverland”, acusaram Michael Jackson de pedofilia. Os dois casos abalaram muito o cantor, sua imagem e sua carreira. Nada foi realmente comprovado, mas o cantor chegou a ser detido e precisou fechar acordos milionários com as famílias dos garotos, para que o caso fosse encerrado.

Durante a sua ascensão, Michael fez diversas cirurgias plásticas que mudaram completamente o seu rosto e principalmente o seu nariz. A cor da pele do cantor também foi alterada, segundo ele, em razão de uma doença rara chamada vitiligo, que é responsável por alterar a pigmentação da pele, deixando manchas.  

Michael Jackson também dizia que as plásticas no nariz foram feitas para ajudá-lo a alcançar notas altas e melhorar sua respiração. As cirurgias de Michael, a vida em “Neverland” e as acusações de pedofilia foram algumas das maiores polêmicas da sua vida. O cantor passou a ser seriamente perseguido pela mídia, a cada nova polêmica que surgia.

Michael Jackson casou-se pela primeira vez em 1994, com a filha de Elvis Presley, Lisa Marie Presley. Divorciou-se de Lisa 2 anos depois. Casou pela segunda vez em 1996, com uma enfermeira da clínica do seu dermatologista, Debbie Rowe. O casal teve dois filhos, Prince Michael Jackson que nasceu em 1997 e Paris Michael Katherine Jackson que nasceu em 1998.

Em 1999 o casal se separou e Michael ficou com a guarda das crianças. O terceiro filho de Michael, Prince Michael Jackson II, nasceu em 2002, fruto de inseminação artificial. Até os dias atuais não se sabe o nome da mãe do garoto, já que foi feito um acordo judicial onde foi estabelecido que a mãe da criança ficaria no anonimato.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Maria Azevedo, Amanda. Michael Jackson; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/michael-jackson >. Acesso em 21 de novembro de 2019 às 08:57.

Copiar referência