Misturas homogêneas e heterogêneas

São aquelas que apresentam aspecto uniforme ou mais de uma fase, respectivamente

As misturas homogêneas e heterogêneas são aquelas caracterizadas por apresentarem em seu aspecto visual composições diferenciadas.

Uma mistura considerada homogênea é aquela composição sólida, líquida ou, ainda, gasosa em que todos os componentes apresentam apenas uma fase em qualquer ponto da mistura.

Exatamente o que ocorre ao contrário de uma mistura heterogênea, em que seus componentes são apresentados de maneira desproporcional ao longo da distribuição dos compostos. 

A nível de conhecimento e importante também para exemplificar, uma grande quantidade de rochas são características de misturas heterogêneas, assim como também ocorre nos casos da mistura de açúcar e areia ou também água e areia.

O leite, apesar de apresentar um aspecto visual uniforme, é também uma mistura heterogênea. Isso pode ser explicado pois quando observado em aparelho microscópio é possível diferenciar cada um dos elementos de gordura que o constitui, a exemplo dos glóbulos de gordura. 

Misturas homogêneas, por apresentarem fases únicas de apresentação, também são chamadas, em química, de solução.

Assim como citados exemplos de misturas heterogêneas, abaixo estão algumas misturas homogêneas, dentre elas estão: melado (mistura de açúcar em água), a cachaça (etanol decomposto em água) e algumas ligas metálicas tais como latão e bronze.

Portanto, foram citados exemplos de misturas homogêneas e heterogêneas na explicação acima.

Misturas homogêneas e heterogêneas: entenda a diferença

De maneira geral, as misturas são composições formadas por duas ou mais substâncias puras. Essas misturas homogêneas e heterogêneas dependem do modo como se apresentam. A principal diferença entre elas é que a mistura homogênea é uma solução de compostos com uma única fase.

Já a mistura pode apresentar duas ou mais fases. Uma mistura muito comum utilizada em muitas cozinhas, além dos experimentos químicos, é a adição da água com óleo.

Por mais que sejam misturados, esses compostos podem ser vistos em duas fases com muita facilidade. Portanto, a água e óleo é um exemplo de mistura heterogênea com duas fases. 

Importante perceber que existe diferença marcante entre solução e composto. As soluções não possuem composição (elementos) fixa. No caso dos compostos, as quantidades de cada elemento integrantes nas soluções podem variar e estar em proporções diferenciadas.

Veja outros exemplos de misturas homogêneas e heterogêneas:

Exemplos de misturas homogêneas: água com sal, ar, soro fisiológico, álcool hidratado, aço, dentre outras. O ar é uma mistura de nitrogênio e oxigênio que apresenta aspecto homogêneo. 

Exemplos de misturas heterogêneas: água com óleo,  granito, gelo e água, água com ferro, mistura de água com areia, dentre uma infinidade de misturas. 

Apesar da água com sal ser considerada uma mistura homogênea e todos os exemplos indicarem isso, a mistura do sal que não foi devidamente dissolvido em água é heterogênea. 

 Diferente dos compostos,as misturas são materiais com propriedades físicas inconstantes, que podem variar de acordo com certa temperatura e pressão.

Nesse caso, é preciso verificar as propriedades físicas, como o ponto de fusão, ponto de ebulição e a densidade, caso sejam constantes e bem definidas, trata-se de uma substância pura. Mas, em casos que apresentarem variações, trata-se de uma mistura.

Interessante! Se uma mistura de água com sal for aquecida para verificar o ponto de ebulição, será observado que durante a mudança do estado líquido para o gasoso, a temperatura irá oscilar. Como acontece também com a água destilada, que se mantém em 100 °C até que todo líquido se transforme em vapor.

Misturas coloidais: o que são

As misturas coloidais são aquelas que apresentam características de misturas homogêneas e heterogêneas, simultaneamente.

Em algumas misturas as partículas dos compostos de uma fase dispersa apresenta determinadas características peculiares: as suas dimensões podem variar entre 1 nm (1×10−9 m) e 1 µm (1×10−6 m); podendo ser compostas por grupos de átomos, íons ou moléculas.

Nas misturas coloidais, portanto, os componentes dessa mistura não podem ser observados em fases diferentes a olho nu, entretanto, ao utilizar um instrumento de ampliação, como um microscópio, as diversas fases da misturas podem ser observadas.

O sangue é um exemplo de mistura coloidal. Ao ser observado sem uso de equipamentos parece ser uma mistura que apresenta apenas uma fase.

Entretanto, com uso de lentes de microscópios, inclusive na realização de exames com coleta de sangue, é possível perceber os diversos componentes que integram o sangue humano, dentre eles estão as plaquetas, os glóbulos brancos, glóbulos vermelhos, e outros componentes.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Neves, Juliete. Misturas homogêneas e heterogêneas; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/misturas-homogeneas-e-heterogeneas >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 22:23.

Copiar referência

Outros Artigos de Química

formula estrutural condensada linear

Fórmula Estrutural

A fórmula estrutural é uma das fórmulas da química orgânica […]

Forças intermoleculares

Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares é um dos assuntos que mais caem […]

Filtração

Filtração

Filtração é um dos métodos da química utilizada para fazer […]

Explosão causada por elementos radioativos

Fissão Nuclear

A fissão nuclear é o processo de divisão de núcleos […]