Nikola Tesla

Inventor austríaco nos campos de engenharia mecânica e eletrotécnica

Nikola Tesla foi um inventor austro-húngaro que desempenhou ao longo da vida o papel de cientista e engenheiro mecânico.

As produções que Tesla desenvolveu ajudaram no avanço da tecnologia e os estudos por ele desempenhados fizeram com que acontecessem revoluções em áreas como a ciência da computação, física teórica e física nuclear.

Muitas foram as contribuições tecnológicas que ele deixou, em sua grande maioria, todas ainda são utilizadas atualmente.

Suas ideias tiveram tamanha relevância que Tesla é lembrado nos dias atuais com homenagens. A exemplo de Nova York e  alguns outros lugares dos Estados Unidos em que no dia 10 de julho, comemora-se o aniversário de Nikola Tesla.

Nikola Tesla é considerado como um dos maiores gênios do mundo por tudo que desenvolveu na sua época. Além disso, é reconhecido como um dos homens mais visionários do seu tempo, ao lado de Albert Einstein e Isaac Newton.

Nikola Tesla estudou boa parte de sua vida e desde pequeno era incentivado por seu pai a aumentar o seu raciocínio lógico.
Nikola Tesla foi um grande estudioso da sua época que contribuiu com várias criações importantes. (Foto: Flickr)

Biografia

Nikola Tesla nasceu no dia 10 de julho de 1856, em Smijan, local que fazia parte do Império Austro-Húngaro e que atualmente é pertencente a Croácia.

O seu pai era um sacerdote ortodoxo e a sua mãe era participante de uma família, na qual a maior parte dos membros tinham o dom de desenvolver algo.

Em sua infância, o seu pai foi a sua maior fonte de inspiração, além disso foi quem mais focou na educação de Nikola Tesla e no aumento do seu raciocínio lógico ao longo do tempo.

Ainda na infância, ele alertava os seus pais para o que costumava ver em vários momentos: flashes de luz que por vezes apareciam próximo aos seus olhos.

Durante o período de escola, Nikola Tesla sempre foi destaque por conta da sua rapidez, inteligência e da grande memória fotográfica que possuía.

Na juventude, ele teve a vontade de iniciar a graduação em engenharia elétrica, então ingressou no Instituto Politécnico de Graz, localizado na Áustria.

Tempos depois mudou-se para a Universidade de Praga, mas não chegou a concluir todo o curso. Foi lá que o seu interesse e fascínio por essa área aumentou exacerbadamente.

Em 1881, Nikolas Tesla se deslocou para Budapeste, onde está localizada a Hungria atualmente. Lá iniciou o trabalho em uma empresa de telefonia e, com a experiência adquirida, em seguida trabalhou com Thomas Edison, em Nova York.

Tesla e Edison desenvolveram uma grande parceria, mas chegou um momento em que eles não conseguiram mais trabalhar juntos. O impasse surgiu devido a divergência teórica que aconteceu em relação às correntes contínuas e alternadas.

Na ocasião, Thomas tinha uma teoria sobre o assunto que ia contra ao que Tesla defendia. Atualmente, o modelo usado e que se tornou mais eficiente para que aconteça a transmissão de energia por longa distância, foi o apresentado por Nikolas Tesla.

Devido a essa divergência, em 1912 Nikolas não aceitou receber o Prêmio Nobel juntamente com Edison, dando abertura para que um outro cientista recebesse o título.

Em 7 de janeiro de 1943, pobre e solitário, o cientista faleceu em Nova York, com 86 anos de idade.

Criações de Nikolas Tesla

Ao longo da sua vida, Nikolas Tesla fez várias pesquisas e muitas descobertas que foram de grande relevância para a eletrotécnica e também para a radioeletricidade. O inventou registrou em torno de 40 patentes nos Estados Unidos e ao longo do mundo um pouco mais de 700.

Tudo o que inventou teve o direcionamento e o foco voltados para a eletricidade e magnetismo e, dentre tudo o que ele conseguiu desenvolver, estão presentes os seguintes objetos:

  • Lâmpada fluorescente
  • Controle remoto
  • Bobina Tesla
  • Transmissão via rádio
  • Corrente alternativa
  • Sistema de ignição
  • Motor de indução

Através de equipamentos desenvolvidos por Nikola Tesla é que foi possível criar o sistema que faz a geração e também o aproveitamento das energias que caem do Niágara. Esse seu desenvolvimento foi responsável em provar para todos, que fazer a utilização da água para obter energia é também um meio prático de avanço.

Com tantas produções eficazes, Nikola também criou algumas invenções que foram estranhas. Dentre elas está a máquina de terremotos, que tinha a função de enviar eletricidade por toda a crosta da terra, para que a partir daí, qualquer pessoa do planeta conseguisse fazer captação de energia através da conexão com a terra.

A invenção não deu muito certo, a usina elétrica queimou e ele foi obrigado a fazer um alto pagamento para pagar a indenização.

Tesla foi o cientista que fez a descoberta da ressonância da terra, mas como ele pensava um pouco mais à frente do seu tempo, esse descobrimento só conseguiu ser confirmado cinquenta anos depois.

Além de tudo o que desenvolveu, existem ainda outras criações, tais como a luz de neon, o wireless, dentre outras que ajudam no dia a dia de toda a população.

Curiosidades sobre o inventor

Por ter sido um homem de grande importância mundial, Nikolas Tesla além de deixar legados com todo o seu trabalho, garantiu também alguns reconhecimentos.

  • Recebeu o título Honoris Causa da Universidade de Yale e Columbia e também foi contemplado com as medalhas Elliot Cresson e John Scott;
  •  A unidade padrão (T) que é utilizada para fazer a medição da densidade do campo magnético, se deu através da utilização do nome do eletricista;
  • Ele foi homenageado por Christopher Nolan com a criação de um filme em 2016 que tem como Nikola Tesla como um dos personagens;
  • Existe na Sérvia, na cidade de Belgrado, o museu Nikola Tesla, que foi criado em 1952 e possui alguns artifícios que fazem lembrar do inventor, como objetos, documentos, fotografias, instrumentos, etc.;
  • Nikola Tesla passou boa parte de seus anos no hotel Waldorf Astoria, que fica localizado em Nova York e o local serviu de residência para o cientista.
  • Nos últimos dez anos em que ainda esteve vivo, o local que o acolheu foi o New Yorker Hotel, e foi lá também onde ele veio a óbito.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Lima, Vinicius. Nikola Tesla; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/nikola-tesla >. Acesso em 05 de dezembro de 2019 às 21:59.

Copiar referência