Ondas eletromagnéticas

São ondas capazes de se propagar no espaço com a velocidade da luz

A maioria das ondas eletromagnéticas não é percebida pelos sentidos humanos, mas estão presentes no cotidiano das pessoas. Elas são responsáveis por transportar energia pela superfície terrestre com velocidade igual a da luz (aproximadamente 300 mil km/s). É por causa dessas ondas que possível assistir TV, ouvir rádio e conversar com as pessoas via celular.

Formada pelos campos elétricos e magnéticos que são perpendiculares entre si, essas ondas se propagam também de maneira perpendicular em ralação aos campos. O físico escocês James C. Maxwell foi o primeiro a comprovar que o movimento da carga elétrica forma o campo magnético.

Propagação das ondas eletromagnéticas

As ondas eletromagnéticas são formadas pela interação dos campos elétricos e magnéticos. James Clerk Maxwell descreveu matematicamente essas ondas e apresentou a ligação delas com a corrente elétrica e voltagem. Para Maxwell, quando o campo magnético varia duas posições em relação ao espaço produz uma carga elétrica que também se propaga em relação ao tempo e espaço.

Observe na imagem abaixo como o campo elétrico (E) se propaga perpendicularmente em relação ao campo magnético (B) e a onda magnética (C) se movimenta perpendicularmente aos dois campos.

Ondas eletromagnéticas representadas graficamente
Campo elétrico e campo magnético se propagam perpendicularmente. (Imagem: Guia de Estudo)

Maxwell ainda demonstrou que as ondas eletromagnéticas se movimentam pelo vácuo com uma velocidade 300.000 km/s e nos meios materiais a uma velocidade menor. Por essa velocidade ser a mesma da luz, os físicos da época começaram a se perguntar se era um tipo de onda eletromagnética.

Características

Além de se propagarem de forma perpendicular em relação aos campos, as ondas eletromagnéticas possuem as características seguintes:

  • A oscilação dos campos pode ser calculada pelo equação senoidal;
  • Por ser formada por dois tipos de campo, as ondas eletromagnéticas conseguem se propagar no vácuo;
  • Os campos variam na mesma frequência e fase;
  • A velocidade de propagação depende do meio;
  • As ondas de alta frequência têm curto comprimento e as de baixa têm os maiores comprimentos.
  • Essas ondas contêm uma frequência (f), comprimento de onda (λ), velocidade de propagação (v) e amplitude.

Espectro eletromagnético

O espectro eletromagnético é a representação que organiza os tipos de ondas eletromagnéticas a partir de suas faixas de frequências e comprimento de ondas. Próximo ao meio do espectro fica localizada a radiação visível, que são as ondas que os olhos humanos são capazes de enxergar.

As ondas de rádio possuem os maiores comprimentos de onda e os raios gama têm o menor comprimento. Todas elas se propagam a mesma velocidade no vácuo, ou seja, 300 mil km/s.

Representação gráfica do espectro eletromagnético.
A luz visível fica próximo do centro do espectro eletromagnético. (Imagem: wikimedia)

Tipos de ondas eletromagnéticas

Existem ao todo sete tipos distintos de ondas eletromagnéticas. Apesar da maioria não poder ser observada a olho nu, estão presentes no dia a dia das pessoas e são capazes de promover a comunicação via satélite ou por celular, assistir TV ou ouvir rádio.

Conheça agora os sete tipos de ondas eletromagnéticas, suas frequências e como são apresentadas no cotidiano.

Ondas de rádio

As ondas de rádio são aquelas capazes de transmitir sinais de TV e rádio. São geradas a partir da aceleração de elétrons de antena transmissora. Sua frequência é de até 108 Hertz (Hz), menor que a infravermelha. Também podem ser produzidas por objetos astronômicos e raios.

Micro-ondas

Além do próprio forno de micro-ondas, esse tipo de onda serve para as transmissões via satélite ou pelas redes locais sem fio como Wi-Fi e Bluetooth. São formadas por transistores de efeito de campo ou transístores bipolares. Tem frequência maior do que a de rádio, em torno de 108 Hz e 10¹² Hz.

Radiação infravermelha

A radiação infravermelha é utilizada, principalmente, para transmitir informações em aparelhos de comunicação como o celular, mas também em aparelhos remotos. É liberada pelos átomos aquecidos, ou seja, todos os corpos que liberam calor. Estão entre as frequências de 10¹¹ Hz até 10¹4 Hz e recebe esse nome pois estão localizados depois do vermelho da radiação visível.

Luz visível

A radiação visível ou luz visível é a parte do espectro que pode ser observado pelos olhos humanos e que são apresentados através das cores. Suas frequências estão compreendidas entre 4,6 . 10¹4 hertz e 6,7 . 10¹4 hertz. As frequências mais baixas aparecem com a cor vermelha e a mais alta como violeta.

Radiação ultravioleta

A radiação ultravioleta é principalmente emitida pelo sol. Sua frequência fica entre 10¹6 e 10¹8 hertz e a denominação vem do fato de que está localizada antes da cor violeta no espectro visível. A exposição a esse tipo de radiação pode causar problemas nos olhos e câncer de pele.

Raios x

Descoberto pelo físico alemão Wilhelm Conrad Röntgen, os raios x têm grande aplicação na área da saúde através da radiografia. São ondas eletromagnéticas com frequência entre 10¹8 hertz e 10²º hertz.

Raios gama

Os raios gama são utilizados para esterilizar equipamentos médicos. É emitido por meio da desintegração de elementos químicos radioativos. Tem frequência de entre 10²º hertz e 10²² hertz.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Rosa, Joseane. Ondas eletromagnéticas; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/ondas-eletromagneticas >. Acesso em 18 de novembro de 2019 às 18:18.

Copiar referência

Outros Artigos de Física

Alicate feito com isolantes e condutores de energia.

Condutores e isolantes

Os materiais condutores e isolantes fazem parte do estudo da […]

Panela no fogão

Condução térmica

A condução térmica é o processo de transferência de calor […]

Modelo atômico.

Carga Elétrica

A carga elétrica é uma propriedade das partículas que estabelece […]

Capacitores

Associação de capacitores

A associação de capacitores é a combinação de vários capacitores […]