Orações subordinadas substantivas

Essas orações podem assumir funções sintáticas

As orações subordinadas substantivas desempenham o papel de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, predicado nominal e aposto, possuindo o mesmo papel que um substantivo na estrutura frásica.

Na maioria das vezes as orações subordinadas substantivas são iniciadas pelas conjunções integrantes.

Tipos de Orações subordinadas substantivas

Veja a seguir os tipos de orações subordinadas substantivas e alguns exemplos:

Oração subordinada substantiva subjetiva

Desempenha a função de sujeito do verbo da oração principal.

  • É necessário que você se apresente na empresa amanhã.
  • Foi anunciado que Leandro é o vencedor da competição.

Orações subordinadas substantivas objetiva direta

Desempenham o papel de objeto direto do verbo da oração principal.

  • Quero que você seja minha esposa.
  • Os presos não sabiam que era dia de depoimentos.

Orações subordinadas substantivas objetiva indireta

Exercem a função de objeto indireto do verbo da oração principal, começando sempre com uma preposição.

  • O diretor do colégio necessita de que todos os alunos estejam presentes na reunião.
  • A professora insistiu muito em que os alunos tivessem aulas no sábado.

Oração subordinada substantiva completiva nominal

Cumpre o papel de complemento nominal, acrescentando o sentido do nome que pertence à oração principal. Começa sempre com uma preposição.

  • Todos nós temos esperança de que a humanidade pare de destruir o planeta.
  • Sinto necessidade de que você me deixe em paz por um momento.

Orações subordinadas substantivas predicativa

Desempenham o papel de predicativo do sujeito do verbo da oração principal. Aparece sempre depois do verbo “ser”.

  • O bom é que ele sempre foi bem organizado.
  • A dúvida era se seriam necessárias mais contratações.

Oração subordinada substantiva apositiva

Exercem a função de aposto de qualquer termo pertencente à oração principal.

  • Maria apenas solicitava uma coisa: que fosse muito feliz no seu casamento.
  • Pedi um favor a meus amigos: que rezem por mim.

Orações desenvolvidas e reduzidas

As orações subordinadas substantivas usadas como exemplos são orações desenvolvidas, começadas com pronomes, conjunções ou locuções conjuntivas. Elas também possuem um verbo conjugado no modo indicativo ou subjuntivo.

Diferente das orações desenvolvidas, as reduzidas não são iniciadas por conjunções ou pronomes. Apresentam verbos conjugados em uma das formas nominais.

Exemplos de orações subordinadas substantivas reduzidas:

  • É necessário entender a questão. (subjetiva)
  • O importante é ser o melhor. (predicativa)
  • A médica insistiu em trabalharmos com mais afinco. (objetiva indireta)
orações subordinadas substantivas
As orações subordinadas substantivas podem ser reduzidas ou desenvolvidas. (Foto: Shutterstock)

Outras orações subordinadas

Além das orações subordinadas substantivas, existem as orações subordinadas adjetivas, que exercem a mesma função de um adjetivo. Já as orações subordinadas adverbiais possuem as mesmas atribuições dos advérbios.

Orações subordinadas adjetivas

Essas orações têm a finalidade de adjunto adnominal do termo pertencente a oração principal, possuindo a mesma caraterística de uma adjetivo na frase.

Normalmente, as orações subordinadas adjetivas são iniciadas pelo pronome relativo "que". Elas são classificadas de acordo com a capacidade de ampliar ou reduzir o sentido do nome a que se refere.

Oração subordinada adjetiva restritiva

As orações restritivas limitam o significado a um ser único. Não existe vírgula entre esse tipo de oração e a principal.

  • Juliano é um dos poucos gestores que é apreciado por todos os funcionários.
  • Toda fruta que é fresca é mais saborosa.

Oração subordinada adjetiva explicativa

Essa categoria de oração aparece separada por vírgulas e caso seja retirada da frase não altera o seu sentido.

  • O leão, que é um animal selvagem, é considerado o rei da floresta.
  • A professora Ana Luísa, que é a professora do ensino médio, não veio trabalhar hoje.

Orações subordinadas adverbiais

As orações subordinadas adverbiais desempenham a função de advérbio e funcionam como adjunto adverbial, sendo classificadas em: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, temporais, proporcionais.

Oração subordinada adverbial causal

Traz a causa do acontecimento da oração principal. Pode começar com as conjunções e locuções causais: porque, que, porquanto, visto que, uma vez que, já que, pois que, por isso que, como, como que, visto como, dentre outras.

  • Não vou à praia hoje porque vou ao dentista.
  • Já que está calor, vamos tomar um sorvete.

Oração subordinada adverbial consecutiva

Aborda a consequência do acontecimento da oração principal. Pode ser iniciada pelas conjunções e locuções consecutivas: que, tanto que, tão que, tal que, tamanho que, de forma que, de modo que, de sorte que, de tal forma que,…

  • Integrantes da torcida do Vitória gritaram tanto que ficaram roucos.
  • Ingrid desistiu de ser perfeita, de modo que acabou sendo feliz.

Oração subordinada adverbial final

Traz a finalidade do acontecimento da oração principal. Pode começar com conjunções e locuções finais: a fim de que, para que, que,…

  • Os jogadores se esforçaram para que tudo desse certo.
  • A aluna estudou intensamente a fim de que não reprovasse.

Oração subordinada adverbial temporal

Esclarece em que momento ocorreu o fato da oração principal. Pode começar com as conjunções e locuções temporais: quando, enquanto, agora que, logo que, desde que, assim que, tanto que, apenas, antes que, até que, sempre que, depois que, cada vez que, mal,…

  • Quando ouço esta música, tenho vontade de chorar.
  • Mal entrei no banho, e Leonardo chegou.

Oração subordinada adverbial condicional

Mostra a condição para a realização ou não do fato da oração principal. Pode começar com as conjunções e locuções condicionais: se, salvo se, desde que, exceto se, caso, desde, contando que, sem que, a menos que, uma vez que, sempre que, a não ser que,…

  • Se ele cumprir sua parte do planejado, poderemos seguir conforme planejado.
  • Caso saia cedo do trabalho, passo por lá para te ver.…

Oração subordinada adverbial concessiva

Aponta uma autorização a ocorrência da oração principal, isto é, traz uma ideia de contradição. Pode começar com as conjunções e locuções concessivas: embora, conquanto, ainda que, mesmo que, se bem que, posto que, apesar de que, por mais que, por pouco que, por muito que,…

  • Embora seja de risco, concordo com a realização do projeto.
  • Farei o que for preciso, mesmo que você seja contra.

Oração subordinada adverbial comparativa

Mostra uma comparação com o fato da oração principal. Pode começar com as conjunções e locuções comparativas: como, mais do que, menos do que, assim como, bem como, que nem, tanto quanto,…

  • É tão cansativo correr atrás como ficar esperando.
  • Meu irmão age como já agia meu avô.

Oração subordinada adverbial conformativa

Transmite a ideia de conformidade, concordância em relação ao fato da oração principal. Pode ser introduzida pelas conjunções e locuções conformativas: conforme, como, consoante, segundo,…

  • Faço empadas conforme minha mãe me ensinou.
  • O campeonato será decidido segundo as normas estabelecidas pelo comitê.

Oração subordinada adverbial proporcional

Expressa uma concepção de proporcionalidade com o fato da oração principal. Pode começar com as conjunções e locuções proporcionais: à proporção que, à medida que, ao passo que, quanto mais… mais, quanto menos… menos, quanto maior… maior, quanto maior… menor,…

  • Quanto maior a filha ficava, mais sozinha a mãe se sentia.
  • Ele melhorava seu rendimento à medida que treinava.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Oliveira, Filipe. Orações subordinadas substantivas; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/oracoes-subordinadas-substantivas >. Acesso em 30 de janeiro de 2020 às 01:50.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]