Platelmintos

Animais de estrutura corporal simples

Os Platelmintos são animais invertebrados, que possuem o corpo achatado em formato dorsoventral, são triblásticos, acelomados, com simetria bilateral.

O grupo de animais invertebrados são chamados de Filo dos Platelmintos, ou Filo Platyhelminthes, “platy” significa “chato” e “helminthes” significa “verme”. Esses animais podem ter vida livre, em ambientes aquáticos ou terrestres, a exemplo das planárias, ou então, parasitária, em outros animais e até no ser humano.

Prostheceraeus Vittatus é uma das espécies de platelmintos.
Espécie de verme Prostheceraeus Vittatus. (Foto: Wikipédia)

Características Gerais dos Platelmintos

Trata-se de animais que podem ser terrestres ou aquáticos, podendo viver tanto em água doce quanto água salgada. Existem cerca de vinte mil espécies de platelmintos, sendo que, as mais conhecidas são as planárias, as tênias e os esquistossomos.

A estrutura corporal dos platelmintos possui a simetria bilateral, ou seja, os dois lados do corpo são similares. Eles são acelomados, pois não há cavidade corporal, o espaço que existe entre os órgãos é preenchido pelo tecido conjuntivo.

As principais características são:

  • Sistema Circulatório – é inexistente, o alimento é distribuído através do intestino ramificado para todas as células do corpo. Trata-se da cavidade gastrovascular que tem uma ramificação intensa, por isso, leva os nutrientes diretamente para as células.
  • Sistema Digestivo – é incompleto, a digestão é intracelular e também extracelular, o intestino é muito ramificado. O alimento é introduzido pela boca e pelas enzimas digestórias, que são desenvolvidas nas células especializadas das paredes da cavidade gastrovascular e que agem sobre ele, o restante é eliminado pela boca.
  • Sistema Excretor – existe uma rede de protonefrídeos, que são túbulos ramificados que possuem células especializadas na absorção dos excrementos que ficam acumulados entre os tecidos. Os protonefrídeos se unem com a células-flamas (multiflageladas) ou com os solenócitos (uno flagelo), eles se comunicam entre si, por meio dos poros excretores que ficam na superfície dorsal do corpo, eliminando os detritos.
  • Sistema Nervoso – existem um par de gânglios ou glândulas cerebrais, que estão conectados à dois cordões nervosos longitudinais, de onde distribuem nervos para todo o corpo e encaminha os estímulos que são captados pelas células sensoriais.
  • Sistema Reprodutor – algumas planárias possuem a reprodução assexuada por fragmentação, ou podem ter a reprodução sexuada. Outras espécies de planárias e tênias são monoicas, ou seja, hermafroditas, com desenvolvimento direto, sem o estágio larval. Ainda existem as dioicas como os esquistossomos, que possuem vários platelmintos parasitas que têm estágios larvais. As planárias possuem uma fecundação interna e o seu desenvolvimento é direto, as outras espécies costumam passar por fases larvais em seu processo de evolução.
  • Sistema Respiratório – é inexistente, as trocas gasosas acontecem diretamente entre as células do corpo e o meio ambiente.
  • Sistema Sensorial – existe um órgão específico para a captação dos estímulos luminosos, químicos e mecânicos, cujo nome é ocelos.
Pseudoceros Dimidiatus é uma das espécies de platelmintos.
Espécie de verme Pseudoceros Dimidiatus. (Foto: Wikipédia)

Classificação dos Platelmintos

Uma das características gerais dos platelmintos é que se dividem em três diferentes classes, são elas:

Classe Cestoda – Astoides

É a classe dos platelmintos cestóides, trata-se dos parasitas intestinais de animais vertebrados. Elas são totalmente parasitárias.

As taênias são os principais exemplos dessa classe, elas também são chamadas de solitárias, são animais que possuem a cabeça (escólex) repleta de ventosas, em algumas outras espécies, há ganchos e o corpo constituído por uma cadeia de proglótides, ou seja, partes do corpo da taênia, que têm no interior, tanto órgãos reprodutores femininos quanto masculinos.

Classe Trematoda – Trematódeos

É a classe dos platelmintos trematódeos ou schistossoma, elas podem ser endoparasitas como as ectoparasitas, ou ventosas que contorna a boca e na região ventral, usadas na fixação do parasita ao hospedeiro. Elas também são totalmente parasitárias.

Existem ainda as espécies que são hermafroditas, a exemplo da Fasciola Hepatica, trata-se de um parasita do fígado de carneiro e até do ser humano. Há também as espécies de sexos separados, a exemplo da Schistosoma Mansoni, trata-se de um parasita dos vasos intestinais e das veias do fígado do ser humano, é o causador da esquistossomose.

Classe Turbellaria – Turbelários

É a classe dos platelmintos turbelários ou planárias, é composta por organismos que possuem vida livre e ainda são hermafroditas e geralmente, a sua autofecundação é muito rara. São indivíduos de vida livre.

A maior parte das espécies dessa classe é marinha, mas existem os exemplares de água doce e terrestre úmido. São animais pequenos, em sua maioria, predadores e escavadores. As planárias se movimentam usando os cílios existentes em sua superfície ventral, elas têm ocelos, que são estruturas sensíveis à luz e não conseguem criar imagem.

No momento da cópula, esses animais costumam parear os seus poros genitais e trocam suas células espermáticas para fecundar cada óvulo e formar muitos zigotos. Então, se sintetiza uma cápsula em volta de cada zigoto, dando proteção, para que a partir desse momento, ali sejam depositados próximo do substrato onde copulam.

Doenças Causadas por Platelmintos

Os platelmintos provocam algumas doenças e verminoses, entre elas é possível citar:

  • Cisticercose
  • Esquistossomose
  • Fasciolose
  • Hidatidose
  • Teníase ou solitária
  • Doenças no sangue e no fígado

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Macedo, Márcia. Platelmintos; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/platelmintos >. Acesso em 18 de outubro de 2019 às 15:28.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

A carta da Terra tem o objetivo de socorrer e salvar o planeta Terra.

Carta da Terra

A Carta da Terra é um documento de declaração dos […]

O canibalismo acontecia com mais frequência na antiguidade.

Canibalismo

O Canibalismo é um tipo de relação ecológica que são […]

Brucella ssp.

Brucelose

A brucelose é uma doença que pode ser transmitida para […]

Brônquios um dos componentes do sistema respiratório

Brônquios

Os brônquios são originados a partir da traqueia que se […]