Poliedros

Sólido geométrico espacial

Os poliedros são sólidos geométricos que têm a superfície formada por um número finito de faces. Cada uma dessas faces é um polígono. Portanto, ele é um sólido geométrico e cada superfície desse sólido é composta por uma figura plana.

Esse assunto faz parte da geometria espacial que tem como objetivo estudar figuras no espaço. Essas têm como característica a composição de mais de duas dimensões.

Exemplos de poliedro são as figuras: pirâmide pentagonal, tronco da pirâmide pentagonal, tronco da pirâmide quadrangular, cubo, paralelepípedo retângulo, tetraedro, tetraedro truncado, icosaedro, dodecaedro, dentre outros.

A classificação dos poliedros

Os poliedros são classificados a partir do número de sua base, a inclinação das arestas e ainda pelo polígono das bases. Existem dois tipos de poliedros. São eles: os côncavos e os convexos. Veja abaixo a diferença de cada um.  

Poliedros côncavos

Eles são classificados assim quando apresentam “pontas para fora” do poliedro. Ou seja, quando um seguimento sair do poliedro e tiver pontos fora, ele é côncavo.

Poliedros convexos

São classificados assim quando apresentam segmentos dentro do poliedro. Ou seja, o segmento permanece no interior. A imagem abaixo do cubo representa um exemplo de um poliedro convexo.

o cubo é um poliedro convexo
O cubo é um exemplo de poliedro convexo. (Foto: Pixabay)

Nomenclatura

Os nomes dos poliedros são atribuídos de acordo com o número de faces que essa figura geométrica apresenta. Portanto, o número de superfícies que as compõe são:

4 faces Tetraedro
5 faces Pentaedro
6 faces Hexaedro
7 faces Heptaedro
(…) 20 faces Icosaedro

Obs.: Esse tipo de sólido geométrico precisa apresentar quadro faces, no mínimo.

Os elementos de um poliedro

Esse sólido possui vários elementos como: faces, arestas e vértices.

  • Faces: são os polígonos que compõe cada uma das superfícies do poliedro;
  • Arestas: são os lados dos polígonos, ou seja, as quinas;
  • Vértices: são as pontas.

Poliedros de Platão

Os poliedros podem ser classificados como de Platão quando todas as fases são formadas por polígonos que tem o mesmo número de lados.

Poliedros regulares

Esses sólidos são formados por polígonos regulares, ou seja, todos os lados são iguais e os ângulos internos são congruentes. Eles são denominados também de “Os Sólidos Platônicos”. Confira abaixo quais são:

Tetraedro: é formado por 4 vértices, 6 arestas e 4 faces.
Hexaedro: esse sólido tem 8 hexaedro, 12 arestas e 6 faces.
Octaedro: sólido que possui 6 vértices, 12 arestas e 8 faces
Dodecaedro: tem 20 vértices, 30 arestas e 12 faces
Icosaedro: é composto por 12 vértices, 30 arestas e 20 faces

Obs.: Todo poliedro que é regular é de Platão.

Poliedros de Arquimedes

Eles são os convexos cuja fases são polígonos regulares de mais de um tipo. Um exemplo é a bola de futebol. Existem treze desses “sólidos arquimedianos”. Confira a lista abaixo:

  • Tetraedro truncado
  • Cuboctaedro
  • Cubo truncado
  • Octaedro truncado
  • Rombicuboctaedro
  • Cuboctaedro truncado
  • Icosidodecaedro
  • Dodecaedro truncado
  • Icosaedro truncado
  • Icosidodecaedro truncado
  • Cubo snub
  • Icosidodecaedro snub

Poliedros não regulares

Os poliedros não regulares são os sólidos geométricos que apresentarem como características faces compostas por polígonos irregulares e regulares. São exemplos: prismas, antiprisma e pirâmide.

A pirâmide faz parte do grupo de polígonos
A pirâmide é uma figura geométrica do grupo de poliedros (Foto: Pixabay)
  • Pirâmides: ela é uma figura geométrica composta por base, face, aresta, altura, apótemas, raio inscrito e raio circunscrito. As laterais das pirâmides são formadas por um triângulo.
  • Prismas: sólido geométrico composto por suas bases poligonais (paralelas e congruentes) e por faces laterais que são todas um paralelogramo. As faces laterais do prisma são retângulos. Os primas são classificados a partir do número de lados de sua base, por isso eles podem ser: primas triangular, quadrangular, pentagonal e, assim em diante.
  • Antiprismas: são formados por duas faces poligonais equivalentes e paralelos denominadas de diretrizes, unidas por triângulos. O antiprisma é definido de acordo com o número de lados do polígono. Três lados nas faces, formam um antiprisma triangular.

Para revisar o assunto e fixar mais detalhes confira abaixo o vídeo com mais informações.

Teorema de Euler

O Teorema de Euler (elaborado pelo cientista matemático Leonhard Euler) é um cálculo que tem como objetivo relacionar os vértices, arestas e as faces de um poliedro convexo. Portanto, “V” corresponde ao número de vértices, “A” é o número de arestas e “F” diz respeito a faces. Dessa forma, chegamos a seguinte expressão:

V – A + F = 2

Legenda:

V: vértices
A: arestas
F: faces

É importante entender que essa relação é válida para o poliedro convexo. No entanto, alguns não convexos (côncavo), esse cálculo também usado. 

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

ALVES, Jéssica. Poliedros; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/poliedros >. Acesso em 29 de janeiro de 2020 às 23:02.

Copiar referência

Outros Artigos de Matemática

O sistema da Blockchain possibilita o uso de Bitcoins no mundo todo.

Bitcoin

Bitcoin é uma criptomoeda utilizada em transações financeiras virtuais sem […]

Engenho de açúcar

Sistema Plantation

Sistema plantation é um sistema descendente do período colonial europeu […]

Colheita de plantação

Sistemas agrícolas

Os sistemas agrícolas formam o conjunto de atividades técnicas, econômicas […]

Setores da economia

Os setores da economia existem para medir o desenvolvimento econômico […]