Poluição

Alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente

Poluição é a mudança indesejada nas características físicas, químicas e biológicas de determinado ambiente, causando diversos prejuízos. Ela ocorre pela ação do homem e causa danos à saúde humana, além de afetar plantas, animais e todos os seres vivos no ecossistema em que estão.

Tipos de poluição

Há diversos tipos de poluição que interferem diretamente no equilíbrio do ambiente, tanto a curto quanto a longo prazo. Esses prejuízos geram problemas nos espaços ocupados pelos seres humanos e no habitat natural de espécies animais, plantas ou outros organismos.

Poluição da água

É a contaminação dos corpos da água por elementos físicos, químicos e biológicos, que podem ser nocivos ou prejudiciais aos organismos, plantas e à atividade humana. Os lençóis freáticos, os mares, os rios, os lagos e os oceanos são o destino final de todo poluente solúvel em água que tenha sido lançado no ar ou no solo.

A poluição hídrica pode ocasionar o fenômeno da “maré vermelha”, causado devido ao acúmulo de algas unicelulares, que acarretam no processo de eutrofização. Em excesso, essas algas produzem componentes químicos na água e podem causar a morte de milhares de peixes.

Poluição do ar

Também chamada de poluição atmosférica, é a contaminação do ar por gases líquidos e partículas sólidas em suspensão, material biológico e até energia. Os poluentes atmosféricos existem em forma de gases ou de partículas provenientes de fontes naturais ou de fontes artificiais.

A poluição do ar é responsável por três principais fenômenos climáticos: chuva ácida, aquecimento global e efeito estufa,  além de afetar também a camada de ozônio.

O aquecimento global é um fenômeno climático que provoca o aumento da temperatura média da Terra, causado principalmente pelo acúmulo de gases de efeito estufa na atmosfera, que retém o calor na atmosfera.

Como exemplo, o dióxido de enxofre lançado no ar por veículos ou instalações industriais, que pode também provocar ou agravar problemas respiratórios ao serem inalados, além de contribuir para a formação da chuva ácida.

Além disso, a camada de ozônio vem sendo afetada, porque os gases sobem para a estratosfera e sofrem a ação dos raios ultravioletas, o que resulta na liberação de cloro.

Poluição
A poluição do ar tem se intensificado desde a primeira metade do século XX, com o aumento crescente das indústrias. (Foto: Pixabay)

Poluição do solo

Causada pela introdução de químicos ou por alteração do ambiente do solo pela ação do homem, a poluição do solo pode afetar também a água e o ar. Entre os principais poluentes estão: hidrocarboneto de petróleo, metais pesados, pesticidas e solventes.

A presença dos elementos químicos, como o lixo, afetam diretamente os seres vivos e interferem na cadeia alimentar. A origem da poluição do solo pode ser:

  • Urbana: aterros e outras instalações de tratamento e disposição de resíduos, além de utilização de técnicas rudimentares de produção (queima de vegetação antes do plantio);
  • Agrícola: uso indevido de agrotóxicos e fertilizantes;
  • Mineradora: lançamentos de produtos tóxicos no solo como mercúrio, tornando-o estéril e sujeito a ação de agentes físicos.

Poluição radioativa

Também conhecida como poluição nuclear, é considerada o tipo mais perigoso de poluição devido aos seus grandes efeitos negativos. É proveniente da radiação, efeito químico derivado de ondas de energia seja de calor, luz ou outras formas.

A radiação existe naturalmente no meio ambiente, mas devido à ação humana ela vem sendo liberada em excesso, o que pode causar mutações nas células e originar doenças como o câncer.

Não existe nenhum processo para a limpeza desses poluentes. Assim, o local contaminado não pode ser "purificado", pois os átomos radioativos têm uma durabilidade extremamente longa.

Poluição térmica

Ocorre quando a temperatura de um meio de suporte de algum ecossistema, como por exemplo de um rio, é aumentada ou diminuída causando um impacto direto ou indireto na população desse ecossistema.

Poluição visual

É o excesso de elementos visuais criados pelo homem e que estão espalhados em grandes cidades, o que acaba promovendo certo desconforto visual e espacial. Pode ser causada por anúncios, propagandas, placas, postes, fios elétricos, lixos, torres de telefone, entre outros.

Poluição luminosa

Trata-se do excesso de luz artificial emitida pelos grandes centros urbanos. Pode ser lançada por luzes externas, anúncios publicitários e, principalmente, pela iluminação pública. A poluição luminosa também é prejudicial à saúde, pois altera o sono e muda o ciclo circadiano, além de ser também um problema para muitos ecossistemas;

Poluição sonora

Ocorre quando o som altera a condição normal de audição de um determinado ambiente. Embora não se acumule no meio ambiente como outros tipos de poluição, ela causa vários danos ao corpo e à qualidade de vida das pessoas, e por isso, é considerada um problema de saúde pública mundial.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Mendes, Elaine. Poluição; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/poluicao >. Acesso em 12 de dezembro de 2019 às 05:04.

Copiar referência

Outros Artigos de Biologia

Catalase

A Catalase é uma enzima intracelular que normalmente é detectada […]

O carvão mineral é uma fonte de energia não renovável.

Carvão Mineral

O Carvão Mineral é um tipo de combustível fóssil e […]

O corpo humano possui muitos pontos com cartilagem.

Cartilagem

A Cartilagem também chamada de tecido cartilaginoso, é um tecido […]

A carta da Terra tem o objetivo de socorrer e salvar o planeta Terra.

Carta da Terra

A Carta da Terra é um documento de declaração dos […]