Predicado

Um dos termos essenciais da oração

O predicado é tudo aquilo que se refere ao sujeito de uma frase, inclusive o verbo. Ele pode ser classificado de três formatos diferentes: verbal, nominal e verbo-nominal.

Predicado

Como foi dito anteriormente, o predicado é tudo o que há na frase que não é o sujeito, podendo ser classificado como:

Verbal

No predicado verbal obrigatoriamente há um verbo, que é o núcleo do predicado. Vale ressaltar que o verbo é o núcleo do predicado quando ele indica uma ação.

Exemplo:

Os alunos estudam todos os dias para o concurso.

Nesse caso, percebe-se que o verbo “estudam” indica uma ação, que se refere ao sujeito “os alunos”, servindo também como complemento do restante da frase “todos os dias para o concurso”, que é o predicado. Portanto, o núcleo do predicado é o verbo, chamado de predicado verbal.

Nominal

Diferente do predicado verbal, no predicado nominal o nome é o núcleo do predicado, que funciona como predicativo do sujeito. Ele dá significado ao sujeito, sendo conectados através de um verbo de ligação.

Exemplos

Ela está cansada.

As taxas de juros continuam elevadas.

No primeiro exemplo, pode-se identificar que a palavra “cansada” faz referência ao sujeito “Ela”, portanto ele é o predicado nominal, que está interligado pelo verbo de ligação “está”.

No segundo exemplo, acontece o mesmo caso do exemplo anterior. A palavra “elevadas” é o predicado nominal, pois é o que dá sentido à frase, com o complemento do verbo de ligação.

Verbo-nominal

O predicado verbo-nominal possui dois núcleos: um verbo que indica ação, como vimos no predicado verbal, e um predicativo, que pode referir-se tanto ao sujeito quanto ao verbo.

Exemplos

Os alunos estudaram cautelosos para o simulado.

Pode-se observar que nessa frase é possível encontrar dois núcleos. O verbo “estudaram” dá ação ao sujeito e a palavra “cautelosos” dá uma qualidade ao sujeito, portanto é um predicativo do sujeito.

Percebe-se também que se pode desdobrar a oração em duas partes:

Os alunos estudaram para o simulado. Eles foram cautelosos.

Na primeira oração há um predicado verbal “estudaram para o simulado”, no qual o núcleo é o verbo que indica ação “estudaram”. Já na segunda oração, o núcleo do predicado é um nome “cautelosos” conectado por um verbo de ligação (foram) ao sujeito (Eles) e, portanto, é um predicado nominal.

Porém, antes de analisar as classificações do predicado, é necessário entender acerca da análise sintática.

Predicado
Na gramática, o predicado é um dos termos essenciais da oração; é tudo aquilo que se diz ou o que se declara sobre o sujeito. (Imagem: Guia Estudo)

Análise Sintática

A análise sintática é a área gramatical que estuda a função e ligação dos elementos na formação dos períodos. Ela permite analisar detalhadamente cada elemento da frase, permitindo observar como as palavras se relacionam com as outras através da concordância e da regência.

Os períodos podem ser classificados como:

  • Declarativos
  • Interrogativos
  • Imperativos
  • Exclamativos
  • Optativos

Na análise sintática os itens estudados são:

Oração: Consiste na frase ou membro de frase que se organiza ao redor de um verbo ou de uma locução verbal.

Período: Trata-se da frase constituída por uma ou mais orações. O período pode ser classificado em simples (formado por uma única oração) ou composto (formado por mais de uma oração).

Sujeito: É o elemento a respeito do qual se informa algo, sendo que o sujeito geralmente pode ser substituído por um pronome pessoal. O sujeito pode ser dividido como: simples, composto, determinado e indeterminado.

Predicado: Ele refere-se à informação propriamente dita sobre o sujeito, podendo ser classificado como predicado verbal, nominal e verbo-nominal.

Exemplos

Hoje, o professor emprestou um dicionário ao Lucas.

Sujeito: o professor

Predicado: emprestou um dicionário ao Lucas

Objeto direto: um dicionário

Objeto indireto: ao Lucas

Adjunto adverbial: hoje

Adjunto adnominal: o, um

Minha avó fez pamonha.

Sujeito: minha avó

Predicado: fez pamonha

Objeto direto: pamonha

Adjunto adnominal: minha

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

, . Predicado; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/predicado >. Acesso em 23 de setembro de 2020 às 18:54.

Copiar referência

Outros Artigos de Língua Portuguesa

Trovadores apresentando em forma de cantiga o que foi escrito em seus textos com seus instrumentos.

Características do Trovadorismo

As características do Trovadorismo estão relacionadas com todas as particularidades […]

Chegada dos portugueses.

Características do Quinhentismo

As características do Quinhentismo, primeira manifestação literária do Brasil, estão […]

Características do Classicismo

As características do Classicismo eram baseadas na representação de elementos […]

Características do Arcadismo

As características do Arcadismo surgiram em meio ao período que […]