Reações Químicas

Processos químicos que desencadeiam novas substâncias

Reações Químicas são as manifestações de substâncias que, ao serem estimuladas, formam outros elementos. Esse fenômeno está presente no dia a dia de diversas formas e a oxidação é um exemplo.

Para que ocorram as Reações Químicas é necessário que as substâncias estimuladas entrem em contato para que haja a quebra de ligações e, então, deem origem a novas substâncias e compostos. Nesse processo, pelo menos uma ligação química é desfeita ou criada.

A velocidade com que uma reação química ocorre é variável de acordo com três fatores, sendo: condição de temperatura, concentração de substâncias e contato entre os elementos químicos.

Das Reações Químicas resultam novas moléculas, mas os átomos das substâncias permanecem inalterados. Contudo, a massa, os átomos e íons permanecem conservados sob a Lei de Lavoisier, Lei de Proust e um dos modelos atômicos: de Dalton.

As Reações Químicas podem ocorrer de forma endotérmica, quando absorvem energia, e exotérmicas, quando liberam energia. Para esse processo, é importante saber que a energia química dos reagentes é menor que a dos produtos e a energia química dos reagentes é maior que a dos produtos.

Antes de dar início à parte mais complexa do assunto, que tal conferir como ocorrem algumas Reações Químicas na prática? Assista ao vídeo abaixo!

Classificações das Reações Químicas

  • Síntese ou Adição (A+B → AB): essa reação ocorre quando duas substâncias reagentes formam uma mais complexa.
  • Análise ou Decomposição (AB → A+B): é a reação em que uma substância reagente se divide em duas ou mais substâncias simples. Pode ocorrer por três maneiras de decomposição: por calor (pirólise), pela luz (fotólise) e pela eletricidade (eletrólise).
  • Deslocamento, Substituição ou Simples Troca (AB+C → AC+B ou AB+C → CB+A): essa reação ocorre entre uma substância simples e outra composta, levando à transformação da substância composta em simples.
  • Dupla-Troca ou Dupla Substituição (AB+CD → AD+CB): quando ocorre esse tipo de reação, as duas substâncias compostas trocam entre si os elementos químicos e geram duas novas substâncias compostas.
Reações Químicas
Reações Químicas ocorrem quando substâncias reagem formando novos produtos. (Foto: Wikimedia)

Equação das Reações Químicas

As Reações Químicas são apresentadas por meio de uma equação, que é a representação gráfica que dispõe os elementos envolvidos na reação de forma abreviada e com símbolos padronizados.

Na equação das Reações Químicas as substâncias são classificadas como produtos ou reagentes. Os elementos que ficam no início da reação são aqueles que sofrem a transformação e recebem o nome de reagentes. Já as substâncias que aparecem no segundo membro da equação são os resultados da reação e chamam-se produtos.

Um exemplo fácil para entender melhor esse assunto é a molécula de água. Sabe-se que a solução H2O é o resultado da reação química entre duas moléculas de gás hidrogênio (H2) e uma molécula de gás oxigênio (O2). Desse processo, tem-se a substância (produto) H2O.

Para representar a reação química, utiliza-se uma seta apontando para o lado direito, indicando a transformação.

Símbolos da equação

Para descrever uma equação química alguns símbolos são necessários, por isso é importante ter conhecimentos sobre cada um deles.

São usados os seguintes ícones:
∆ – calor
aq – aquoso (em água)
cat – catalisador
λ – energia luminosa

Em cada substância pode haver, ainda, os seguintes símbolos:

↑ – desprendimento de gás
↓ – precipitação de um sólido

Nas equações químicas as substâncias podem aparecer com seus estados físicos representados pelas suas iniciais:

(s) – sólido
(l) – líquido
(g) – gasoso

Exemplo

C (s) + O2 (g) → CO2 (g)

Legenda: carbono sólido mais oxigênio gasoso forma um dióxido de carbono em estado gasoso.

Balanceamento das equações químicas

Nas Reações Químicas o número de átomos dos reagentes deve ser igual ao número de átomos dos produtos. Assim, quando isso acontecer, diz-se que a equação está balanceada.

Para entender melhor, têm-se os exemplos abaixo:

C + O2 → CO2 (equação balanceada)

Na equação acima há um carbono no reagente, um carbono no produto, dois oxigênios no reagente e dois oxigênios no produto.

H2 + O2 → H2O (equação não balanceada)

Nesse exemplo há dois hidrogênios no reagente, dois hidrogênios no produto, dois oxigênios no reagente e um oxigênio no produto.

Conclusão do balanceamento: para equilibrar a segunda equação deve-se colocar o número 2 na frente do H2 e o número 2 na frente de H2O, assim: 2 H2 + O2 → 2 H2O.

Faça a referência deste conteúdo seguindo as normas da ABNT:

Chérolet, Brenda. Reações Químicas; Guia Estudo. Disponível em

< https://www.guiaestudo.com.br/reacoes-quimicas >. Acesso em 19 de novembro de 2019 às 04:51.

Copiar referência

Outros Artigos de Química

formula estrutural condensada linear

Fórmula Estrutural

A fórmula estrutural é uma das fórmulas da química orgânica […]

Forças intermoleculares

Forças Intermoleculares

As forças intermoleculares é um dos assuntos que mais caem […]

Filtração

Filtração

Filtração é um dos métodos da química utilizada para fazer […]

Explosão causada por elementos radioativos

Fissão Nuclear

A fissão nuclear é o processo de divisão de núcleos […]